Turbine sua memória com os alimentos certos!

Desafio: sem pensar mais de 5 segundos você consegue lembrar o que almoçou hoje? Ou onde largou o óculos de sol, a chave de casa ou do carro? Calma, você não está sozinho nesse barco. A quantidade de informação que consumimos diariamente faz com que a mente não guarde certas informações como deveria. Mas antes de ficar se lamentando sobre as atividades que seu cérebro não dá conta, foque no que você pode fazer por ele. Alguns alimentos são capazes de turbinar a memória e ajudar também na concentração.

Gema de ovo – Contém colina, precursor do neurotransmissor acetilcolina, que pode melhorar a memória. Sua deficiência parece estar associada à doença de Alzheimer, causa comum de demência.

Peixes – Principalmente os de água fria (salmão, anchova, sardinha, atum, arenque), são fontes de ácidos graxos ômega 3, poderoso antioxidante.

Frutas e vegetais amarelos – Mamão, manga, pêssego, cenoura, abóbora. São alimentos fontes de betacaroteno, antioxidante que combate o envelhecimento celular.

Frutas vermelhas – Morango, cereja, framboesa, amora, pitanga, melancia e tomate, também possuem pigmentos antioxidantes que combate os radicais livres e ajudam a memória.

Oleaginosas – castanhas, nozes, amêndoas, avelãs, amendoim. Ricas em vitamina E e selênio, também fontes de antioxidantes.

Carnes, aves, grãos integrais, leguminosas, leite e derivados são fontes de vitaminas do complexo B. Ajudam a regular a transmissão entre os neurônios. Na carne vermelha você encontra também o ferro que pode colaborar com a boa memória.

Ensino de qualidade e gratuito. Conheça as gratuidades do Senac!

Quem deseja se qualificar profissionalmente e está atrás de boas oportunidades para estudar, precisa ficar atento aos programas que oferecem bolsas de estudo e chances de obter formação sem pagar nada. Aqui no Senac nós temos algumas opções. Conheça!

Programa Senac Gratuidade – O PSG tem como objetivo promover a inclusão social oferecendo vagas gratuitas em cursos de Formação Incial e Continuada (Aprendizagem, Capacitação, Aperfeiçoamento), e de Educação Profissional Técnica de Nível Médio (Qualificação e Habilitação Técnica). O Programa foi criado para atender a demanda da população de baixa renda, cuja renda familiar mensal, por pessoa, não ultrapasse dois salários mínimos. Para participar do Programa existem alguns aspectos a ser considerados e uma seleção baseada em critérios que atendem a legislação da educação profissional e aos requisitos de acesso exigidos pelo Senac. Tais como: a ordem de classificação no Índice PSG, a quantidade de vagas oferecidas para o curso em questão e a apresentação dos documentos exigidos para matrícula. Poderão ainda ser considerados outros mecanismos de seleção, como análise do histórico escolar e/ou a realização de provas seletivas, em atendimento às necessidades distintas dos Departamentos Regionais do Senac em cada estado. Veja mais detalhes clicando aqui.

Pronatec – em parceria com o Governo Federal, o Senac oferece cursos gratuitos em todo o país. Esse programa foi criado 2011, com o objetivo de ampliar a oferta e o acesso a cursos de educação profissional e tecnológica no país. Não existe um sistema unificado de inscrições. Cada instituição possui critérios próprios para seleção de participantes no Pronatec.

Artigo 170 – Esta é uma iniciativa do governo de Santa Catarina para proporcionar oportunidade de estudo para pessoas que tenham renda per capta familar menor que três salários mínimos. Para ter direito a esta bolsa, o estudante deve prestar no mínimo 20 horas semestrais de trabalhos em projetos sociais com visão educativa, de acordo com as normas de cada instituição e não ter diploma de graduação superior.

Bolsa PICSenac – É uma modalidade de Bolsa de Pesquisa de Iniciação Científica, oferecida aos alunos ingressantes dos Cursos Superiores de Tecnologia. O processo de seleção acontece semestralmente e a bolsa é integral, garantindo a isenção da mensalidade até o final do curso. Para informações e inscrição no programa, o aluno deve procurar a secretaria acadêmica da faculdade.

Jovem Aprendiz: oportunidade para aprender e se inserir no mercado de trabalho

O programa Jovem Aprendiz é uma iniciativa do Governo Federal baseado em leis que determinam que empresas de médio e grande porte contratem jovens entre 14 e 24 anos, para capacitação profissional (prática e teórica), cumprindo as cotas que variam de 5% a 15% – dependendo do número de funcionários efetivos qualificados na instituição. Este programa é uma boa oportunidade para jovens que buscam entrar no mercado de trabalho e adquirir qualificação profissional.

Grandes empresas como Eletrobrás, Petrobrás, Santander, Caixa Econômica Federal e Gerdau já selecionam estudantes a partir do programa e oferecem comprovante em carteira, remuneração e todos os direitos trabalhistas. Apesar de os salários não serem compatíveis com o mercado, a experiência no currículo conta muito quando o tempo do programa acabar, já que muitas faculdades não oferecem o conhecimento prático em sua grade de ensino.

As inscrições para o programa variam para cada empresa, que escolhe a melhor época para selecionar seus aprendizes. Procure sua instituição de ensino para obter informações sobre o período de inscrições no programa Jovem Aprendiz ou acesse o site do Ministério do Trabalho. Outra fonte de informação é o DRT da sua região ou a Coordenadoria Geral de Preparação e Intermediação de Mão de Obra Juvenil.

Reciclagem foi a palavra de ordem do carnaval 2013

Enquanto muitos se divertem durante os dias de carnaval, outros aproveitam para fazer dinheiro com aquilo que ninguém mais quer, o lixo. O Brasil é campeão mundial em reciclagem de latas de alumínio – a cada 100 latas produzidas no país, 98 são recicladas – e durante o período de festas a quantidade desse material aumenta muito, assim como plástico, vidro e papel também.

Em diversos locais onde a folia ocorre de forma organizada, como nos sambódromos, festivais e blocos de rua, cooperativas de reciclagem montam estações de recolhimento para estimular que os frequentadores da festa contribuam para a coleta depositando o material nos lugares devidos. Mas ainda assim, se isso não ocorrer, equipes treinadas recolhem e separam essa matéria prima.

Este ano, no sambódromo de São Paulo, foram recolhidas  pelo menos 10 toneladas de material reciclável durante os quatro dias de festa. No Rio de Janeiro, a Coca-Cola, em parceria com a Cooperativa Doe Seu Lixo, montou postos de coleta na Marquês de Sapucaí e em locais onde ocorrem os desfiles de blocos de rua. Cerca de 200 pessoas estiveram envolvidas com o projeto, entre coletores e equipes de triagem.

E não apenas os materiais recicláveis tiveram um destino digno neste carnaval. Algumas escolas de samba do Rio e de São Paulo, optaram por uma política de recolhimento de fantasias depois dos desfiles. Pela primeira vez, a Vila Isabel teve seu desfile monitorado por uma empresa especializada e compensará as emissões de carbono feitas durante o carnaval. É como se a escola rastreasse todo o processo produtivo do desfile da Sapucaí. Já a São Clemente disponibilizou caminhões para recolher as fantasias após o desfile. Das 3.200 fantasias que a agremiação levou à Sapucaí, a escola pediu a devolução de 2.500. Se recuperar mil fantasias, a escola pode ter um retorno de até R$ 200 mil.

Fonte: O Globo.

Hidrate-se para recuperar o organismo

Terça-feira, feriado de carnaval, e é hoje que muitos percebem os estragos que os excessos cometidos durante a folia causaram no corpo. Uma verdadeira maratona é feita durante os dias de festa: é dança de cá, canta de lá, pula pra frente e pra trás, e quem não está acostumado a praticar exercícios físicos sente as consequências somente quando é hora do descanso. Somado a tudo isso, ainda há a grande quantidade de bebida alcoólica ingerida, e aí temos um organismo pedindo socorro.

Para aqueles que estão se sentindo nessas condições no dia de hoje, separamos algumas dicas que serão preciosas para você se recuperar de todo agito e voltar com tudo amanhã para os estudos e trabalho.

– Beba muita água – ingerir água entre as doses de bebida alcoólica é a melhor forma de evitar a ressaca. Mas se você já está de ressaca tome água de coco, ela é rica em sais minerais e vai repor rapidamente aqueles nutrientes que você perdeu.

– Dê preferência a alimentos ricos em fibras e água. Saladas leves e sanduíches de pão integral vão ajudar a hidratar e limpar o organismo.

– Se está com dor muscular descanse bastante. A dor, nos pés e nas pernas, pode ser amenizada mantendo-os pra cima, apoiados sobre uma almofada.

– Se você estiver com os pés inchados encha uma bacia com água e acrescente algumas pedras de gelo. A água fria ajuda a contrair os vasos dilatados e aliviam o inchaço.

– No mais, aproveite para dormir. A semana já começa na metade e com certeza você terá mil coisas para resolver nos próximos 3 dias.

Bom descanso, pessoal!

Osgemeos: grafite do Brasil que conquistou o mundo

O grafite brasileiro ganhou o mundo. Com diversos expoentes já consagrados, a arte de rua, antes marginalizada e desvalorizada hoje já circula por museus e grifes famosas. Um dos nomes mais importantes do cenário nacional é dos irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo, mais conhecidos como osgemeos.

Desde pequenos os irmãos já inventavam suas próprias brincadeiras e mostravam muita criatividade ao desmanchar os presentes que ganhavam para transformá-los em outros objetos. O grafite entrou na vida de Gustavo e Otávio em 1986, quando a cultura hip hop começou a ser difundida no Brasil. Naquela época, com apenas 12 anos, tudo era novidade e sem muitas referências, o que deu a eles criatividade para desenvolver sua própria linguagem e estilo.

Os desenhos de homens e mulheres amarelos espalhados por todo o mundo são facilmente identificados, uma marca registrada da dupla. Recentemente a grife Louis Vuitton fez uma parceria com os irmãos e lançou um lenço estampado com seus desenhos.

Veja na galeria as imagens dos grafites da dupla.

Off folia: conheça roteiros para fugir do carnaval

Quem não gosta de carnaval sofre nesta época do ano. Para onde quer que se olhe há referências à festa e praticamente todas as cidades comemoram a data de alguma forma. Mas, para a sorte da fatia da população que não quer saber de marchinhas e folia, Santa Catarina oferece diversas opções de locais onde, não fosse pelo feriado prolongado, nem se saberia que é carnaval. Confira três opções que selecionamos para quem deseja fugir do agito e curtir o feriado numa boa.

Acolhida na colônia – A proposta é ser acolhido nas casas de família agricultoras do interior do estado. O objetivo é compartilhar com os turistas o modo de vida que eles levam diariamente e também as histórias e a cultura. Quem quiser se aventurar por esse caminho irá encontrar hospedagens simples e aconchegantes com direito a conversas na beira do fogão a lenha, a tradicional fartura das mesas mesas e passeios pelo campo. Entre os destinos no estado estão as cidade de Urubici, Grão-Pará, Presidente Getúlio entre outras.

Água termais – Santa Catarina é um dos estados com maior número de fontes hidrotermais. Catorze estâncias turísticas estão preparadas para receber turistas e visitantes que desejam aproveitar as propriedades terapêuticas e relaxantes das águas. A qualidade das substâncias encontradas nas águas, aliada ao potencial turístico das regiões próximas às nascentes permitem que os visitantes desfrutem de momentos de lazer, relaxamento e paz durante a estadia. Praticamente todas as regiões do estado possuem um polo de água termal. Clique e veja qual está mais próximo de você.

Roteiro da Cerveja – Nosso estado é bastante famoso por sua tradiconal festa da cerveja, a Oktober Fest. Então, nada mais justo do que ter um roteiro organizado em função do dessa bebida. O Roteiro da Cerveja conta com 11 cervejarias artesanais e se estende por cidades como Blumenau, Brusque, Gaspar, Indaial, Pomerode, Jaraguá do Sul, Joinville, Treze Tílias, Lontras, Forquilhinhas e Timbó. Em Blumenau também é possível visitar o Museu da Cerveja e conhecer um pouco mais sobre a história da bebida no mundo e no estado.

Agora é com você! Escolha seu destino e conheça outras belezas e sabores do nosso lindo estado! :)

Campus Party: tecnologia e empreendorismo

Teve início no dia de ontem, 28, a Campus Party. O evento que é voltado para a área de tecnologia e inovação é um grande encontro de geeks, nerds, gamers e cientistas, que se reúnem para trocar informações, experiências e compartilhar conhecimento. Criada há 16 anos na Espanha, a Campus Party é o ponto de encontro das mais importantes comunidades digitais do país.

O evento já está em sua 6ª edição no Brasil, e a cada ano cresce mais. Para este ano são esperados 8.000 campuseiros – como são chamados os participantes do encontro – no Anhembi Parque, em São Paulo.  “Nosso papel é promover um ambiente real de networking para os empreendedores digitais, desde fomentar a concepção de trabalhos até conectar aceleradoras e investidores”, afirma Mario Teza, diretor-geral do evento, em matéria publicada no Portal Folha.

Nesta edição o foco está, mais do que nunca, no empreendedorismo digital. A programação contempla mais de 500 horas de palestras e oficinas com empreededores de diversas áreas. O destaque fica para Nolan Bushnell, criador do Atari, Pete Lomas, co-fundador da Raspberry Pi, e Mark Surman, diretor executivo da Mozilla.

Seja sustentável e corte os gastos em casa

Atitudes simples e sustentáveis, que para muitas pessoas já estão inseridas no dia a dia, ainda parecem um desafio para tantas outras. Iniciativas como desligar a água da torneira enquanto escova os dentes ou tomar banho de maneira consciente, infelizmente, ainda não fazem parte da rotina de muitos brasileiros. Vale lembrar que atos sustentáveis ajudam não só o meio ambiente, mas também o bolso dos consumidores, que podem ter uma economia significativa nas contas de água e energia. Confira as dicas!

1. Ligue a tomada na hora certa

Tirar equipamentos eletrônicos da tomada é uma atitude simples e que pode fazer grande diferença. Estima-se que cerca de 15% da conta de energia de uma casa vem do consumo de aparelhos em stand-by.

2. Ilumine melhor seu espaço

Troque as lâmpadas. As fluorescentes consomem menos energia que as convencionais e duram mais tempo. Isso faz com que você gaste menos – e a sua conta de luz agradece. É sempre importante lembrar que na hora do descarte elas merecem uma atenção especial, pois contêm substâncias tóxicas como mercúrio e chumbo.

3. Dente limpo, consciência também

A economia de água na hora de escovar dentes é uma das mais simples. Basta fechar a torneira enquanto escova, que o gasto fica em torno de 1 ou 2 litros. Caso contrário, você pode chegar a gastar até 12 litros de uma vez só.

4. Jogue menos água pela descarga

Alguns modelos de descarga podem chegar consumir até 15 litros de água, mais do que o dobro determinado pelas normas técnicas, que são 6 litros. O ideal é dar preferência às caixas de descarga no lugar das válvulas.

5. Ar condicionado: amenize o uso

Evite usá-lo por muitas horas seguidas. O uso ininterrupto muitas vezes é apenas um hábito que pode ser mudado sem grandes esforços. Se você dorme com ele ligado a noite inteira, experimente ajustar o timer, que programa o desligamento após algum tempo.

6. Tome banho consciente

Procure tomar banhos mais curtos. Ao sair do banho um minuto antes do normal, você poupa de 3 a 6 litros de água, o que representa um grande volume somando o gasto de um período longo, como um ano inteiro.

7. Acumule menos louça

Em casa não faz sentido usar copos, pratos ou talheres descartáveis. Mesmo usando copos de vidro, evite pegar um limpo cada vez que for beber alguma coisa. Isso também ajuda a economizar na conta de água.

8. Óleo e pia não combinam

Um litro de óleo descartado incorretamente polui até 25 mil litros de água, pode entupir tubulações e encarece os processos de tratamento de água. Procure armazená-lo em garrafas e fazer a destinação correta.

9. Faça a sua coleta

Mantenha duas lixeiras na sua casa: uma para o lixo orgânico e outra para os recicláveis. Reciclar e reaproveitar são sempre boas ideias e ajudam você a repensar prioridades e práticas de consumo.


Fonte: Revista Super Interessante

Você sabe usar o LinkedIn?

O LinkedIn está se firmando como a principal rede social para recrutamento e seleção de candidatos. Sendo ela uma rede voltada para network e relacionamento profissional, é preciso ter alguns cuidados na hora de enviar mensagens, completar seu perfil e atualizar informações. Confira as dicas que o portal Exame.com divulgou e que serão preciosas se você usa a rede como ferramenta para a busca de novas oportunidades de trabalho.

1. Enviar mensagens genéricas – Ao entrar em contato, enviando uma solicitação, para perguntar sobre uma oportunidade, adeque a mensagem ao perfil da pessoa e descreva porque você está interessado na conexão.

2. Não prestar atenção aos detalhes do perfil do recrutador – Lembre-se de ler atentamente o perfil do recrutador antes de entrar em contato com ele. Muitas vezes você pode encontrar trechos interessantes que vão ajudá-lo a se destacar na entrevista de emprego.

3. Apostar em networking apenas quando precisa dele – Muita gente vai perdendo contatos com profissionais e recrutadores e só se lembra disso quando está de volta ao mercado. Oportunidades surgem quando você se reconecta a pessoas com as quais perdeu contato. Essa dica vale para a carreira profissional toda e não apenas para uso do LinkedIn.

4. Exposição pessoal – Fotos inadequadas e informações que tragam uma exposição pessoal muito forte minam o poder de atração do perfil no LinkedIn. Lembre-se sempre: LinkedIn não é Facebook. Tenha atenção especial às postagens e escolha uma foto adequada ao seu perfil profissional.

5. Mentiras ou informações supervalorizadas no perfil – Seja o mais sincero possível a respeito da sua trajetória. Um perfil verdadeiro sem experiências espetaculares é muito mais valorizado do que um perfil recheado de fantasias. O profissional que mente pode até se destacar em um primeiro momento, mas assim que for descoberto será descartado do processo seletivo.

6. Divulgação de informações confidenciais – Tenha cuidado na hora de divulgar informações sobre as empresas para as quais você já trabalhou. Certifique-se de que não está tornando públicas informações estratégicas. Se o recrutador entender que você fez isso com um empresa para a qual trabalhou vai imaginar que você fará o mesmo se for contratado por outra.

Fonte: Exame.com