A leitura é para o intelecto o que o exercício é para o corpo. Com certeza você já ouviu essa frase do poeta e ensaísta Joseph Addison. E não é para menos: os livros nos transportam para diferentes ambientes, épocas e contextos sociais. Além disso, aumentam a capacidade de concentração, estimulam a memória e a criatividade – independente da idade.

Dessa forma, se você gosta de ler ou quer implementar esse hábito na sua rotina, prepare uma xícara de chá, vá para um ambiente silencioso e confira as 20 sugestões selecionadas pelos bibliotecários do Senac SC para cada faixa etária, dos 20 aos 50 anos.

Livros para ler aos 20 anos

Livros para ler aos 20 anos

1984 – George Orwell

Por meio de televisores espalhados em espaços públicos e dentro dos próprios lares, a população é espionada por uma entidade chamada de Grande Irmão (Big Brother), líder que persegue o individualismo e a liberdade de expressão.

Aliás, qualquer semelhança não é uma mera coincidência: o famoso reality show que acompanhamos no Brasil e no mundo tem seu nome inspirado neste livro.

O conto da Aia – Margaret Atwood

Assim como no livro anterior, a distopia ocorre em níveis extremos. Em Gilead, as mulheres não possuem direitos, sendo divididas em categorias específicas para servir ao governo.

Então, na classe das aias, o único objetivo das mulheres é a procriação, sendo ofertadas aos comandantes da alta cúpula do governo. Embora seja uma história ficcional, se assemelha com o mundo contemporâneo ao abordar a opressão feminina e o fundamentalismo religioso.

Os segredos da mente milionária: Aprenda a enriquecer mudando seus conceitos sobre dinheiro e adotando os hábitos das pessoas bem-sucedidas – T. Harv Eker

Lançado em 1992, o livro ensina 17 princípios fundamentais para colocar as finanças em dia, mencionando desde o controle com gastos excessivos até o aumento do patrimônio líquido.

Nele, surpreendentemente, o autor fala sobre “o seu modelo de dinheiro”, conjunto de crenças alimentadas desde a infância que moldam a forma como cada pessoa interage com recursos financeiros.

Diário de Anne Frank – Anne Frank

Certamente você já se emocionou com essa história, seja por meio das aulas de história ou de seu filme disponível em diversas plataformas de streaming.

O livro, lançado em 1947, narra o cotidiano e os sentimentos da pequena Anne durante o Holocausto. Suas anotações revelam como a família lutou para sobreviver escondida em Amsterdã e as atrocidades cometidas contra os judeus, sendo uma das obras mais importantes do século XX.

Mindset: A nova psicologia do sucesso – Carol S. Dweck

Você vê as coisas ao seu redor de maneira positiva ou negativa? Para Dweck, doutora, professora de psicologia e especialista internacional em sucesso e motivação, a forma como enxergamos a vida é crucial para o sucesso.

O “mindset” define nossa relação interpessoal em diversos círculos, e pode ser considerado um fator decisivo para que nosso potencial seja explorado.

Livros para ler aos 30 anos

Livros para ler aos 30 anos

Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes – Stephen R. Covey

Autodomínio, relações interpessoais e renovação contínua: esses são alguns pilares indicados por Covey para garantir o equilíbrio entre produção e tempo. Mesmo 30 anos após seu lançamento, as dicas continuam atuais e auxiliando diversas pessoas em busca da eficácia.

Pai rico, pai pobre – Robert Kiyosaki

Como tomar boas decisões para garantir um futuro financeiro estável? A resposta para essa pergunta merece um prêmio! Talvez seja por isso que o livro Pai rico, pai pobre seja o best seller número um em finanças pessoais.

Nele, Kiyosaki traz diversas lições sobre como lidar com o dinheiro e enriquecer. Assim, um dos conceitos mais marcantes é o “corrida dos ratos”, definido como um comportamento autodestrutivo que nos impulsiona a sempre gastar mais, independente do salário. Ou seja, quanto mais se ganha, mais se gasta.

O mundo de Sofia: romance da história da filosofia – Jostein Gaarder

Com mais de 1 milhão de exemplares vendidos no Brasil, o leitor é convidado a percorrer toda a história da filosofia ocidental juntamente com Sofia.

No livro, grandes nomes como Jean-Paul Sartre, Simone de Beauvoir, Sócrates, Aristóteles e Platão são apresentados, dessa forma a obra pode ser vista como a porta de entrada para o pensamento filosófico.

A sutil arte de ligar o f*da-se: uma estratégia inusitada para uma vida melhor – Mark Manson

Como o próprio nome já diz, o livro fala sobre desenvolvimento pessoal e autoajuda, porém, não da forma como estamos acostumados. Em outras palavras, o autor usa títulos criativos e frases estimulantes – dependendo do ponto de vista – para alertar sobre a importância do autoconhecimento, mostrando a importância dos pontos positivos e negativos para evolução pessoal e profissional.

Por que os homens amam as mulheres poderosas? – Sherry Argov

Repleto de lembretes sobre confiança, independência e amor próprio, o livro é dividido em dez capítulos leves e descontraídos. Portanto, acaba funcionando como um guia para quem busca construir uma relação saudável e dinâmica.

Livros para ler aos 40 anos

Livros para ler aos 40 anos

O poder da China: o que você deve saber sobre o país que mais cresce em bilionários e unicórnios – Ricardo Geromel

Gosta de política, economia e quer ampliar seus horizontes sobre um dos países que mais cresce no mundo? Então esse é o livro ideal para você!

Repleto de informações e quebra de preconceitos, o livro retrata acima de tudo a China como uma superpotência mundial, em ascensão tecnológica, econômica e corporativa.

Sapiens: uma breve história da humanidade – Yuval N. Harari

Passado, presente e futuro em uma obra só. Muito além dos conceitos aprendidos durante o ensino básico, Harari reúne diversos aspectos científicos, históricos e antropológicos sobre a evolução do ser humano, despertando uma visão analítica sobre o motivo pelo qual as coisas são como são.

Ensaio sobre a Cegueira – José Saramago

Imagine a seguinte situação: você está parado no trânsito, impaciente olhando para o sinal vermelho. No entanto, um segundo depois você não enxerga mais nada, está subitamente cego, sem nenhuma explicação. Uma péssima situação, não é mesmo?

Agora imagine uma cegueira que não acomete apenas uma pessoa, mas sim, uma cidade inteira. Essa é a proposta do autor, provocando reflexões sobre afeto, convivência e outros elementos essenciais para a vida humana.

Pais brilhantes, professores fascinantes – Augusto Cury

Em uma sociedade cada vez mais conectada e com sentimentos rasos, formar crianças e adolescentes se torna um desafio. A proposta de Cury é mostrar como alguns hábitos fazem a diferença na vida de filhos e alunos, mostrando técnicas e dicas para uma relação de proximidade e sabedoria.

Eu sou Malala: a história da garota que defendeu o direito à educação e foi baleada pelo Talibã – Malala Yousafzai e Christina Lamb

Mais jovem ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, Malala se tornou conhecida em 2012 após ser baleada por lutar pelo direito à educação de meninas paquistanesas. Suas lições contribuem a cada dia para a educação e empoderamento feminino no mundo todo.

Livros para ler aos 50 anos

Livros para ler aos 50 anos

Um homem chamado Ove – Fredrik Backman

Implicante, malvado e rabugento. Esses são os adjetivos que melhor definem Ove, um viúvo solitário que adora importunar os vizinhos.

Tudo é motivo para sua insatisfação, principalmente a falta de competência das pessoas, que não sabem mais escrever uma carta, usar ferramentas ou ler avisos. De forma divertida e emocionante, sua vida é transformada com a chegada de uma nova família no bairro.

Comer, Rezar e Amar – Elizabeth Gilbert

Esse título soa familiar para você? E não é para menos. Além de um filme estrelado por Julia Roberts, foram mais de 8 milhões de exemplares vendidos desde sua primeira publicação em 2006.

Com uma história leve e emocionante, a autobiografia conta a aventura de Elizabeth, que após uma série de frustrações decidiu largar o emprego, livrar-se de todos os bens materiais e partir sozinha em busca de novas culturas, autoconhecimento e equilíbrio.

Pequeno segredo: a lição de vida de Kat para a família Schurmann – Heloisa Schurmann

Uma história real repleta de lições sobre altruísmo, generosidade e respeito. Escrito por Heloisa, o livro mostra como a família Schurmann quebrou preconceitos e se empenhou ao máximo para fornecer qualidade de vida à filha adotiva Kat, portadora do vírus HIV. Uma das partes mais comoventes da obra é o relato da própria Kat, revelando suas angústias e alegrias em meio a grande aventura em alto mar.

Cem anos de solidão – Gabriel García Márquez

Crianças com rabo de porco, revoluções perdidas, 17 filhos com 17 mulheres diferentes, mortes por causa de formiga. Essas são algumas das situações que acontecem em Cem anos de solidão, um dos maiores clássicos da literatura.

Mesclando revoluções, corrupção e assombrações com naturalidade, através do realismo mágico, o livro conta a história dos Buendía, família em ascensão na cidade de Macondo.

Melhores Contos de João Guimarães Rosa – João Guimarães Rosa

E claro, não poderia faltar a indicação de um dos maiores escritores brasileiros do século XX. Neste livro, os contos são divididos em partes interligadas, repletas de fabulação, novos vocábulos e linguagem poética.

Gostou das indicações? Clique aqui e consulte os mais de 9 mil títulos disponíveis no acervo virtual e físico de cada unidade. Vale lembrar que todas as bibliotecas da Rede Senac SC são públicas, com espaço para leitura e estudos de forma gratuita. Entre em contato com a unidade mais próxima e saiba mais.

Publicações Relacionadas