Não é novidade que o machine learning está entre as principais tendências no varejo, quando o assunto é tecnologia. Dessa forma, o aprendizado de máquina ou aprendizagem de máquina, em tradução livre, tem cada vez mais impacto no setor. Tanto nas empresas de e-commerce quanto em lojas físicas, que apostam em inteligência artificial como diferencial nos negócios e na otimização de todo o ciclo de vendas, o machine learning já é uma realidade.

Assim, não importa o ramo de atuação. De roupas a peças de decoração e utensílios domésticos, são inúmeras as possibilidades de uso do machine learning no varejo. O especialista do Senac SC, Juliano Vieira, explica que a tecnologia usa poder computacional para analisar e entender grandes montantes de dados para encontrar padrões.

Então, utiliza algoritmos previamente programados para criar cenários e prever situações baseadas nestas informações coletadas. “Quanto mais o sistema tem acesso a dados, mais ele é capaz de antecipar tendências, identificar as necessidades do consumidor e prospectar oportunidade”, esclarece o analista estadual do eixo de tecnologia da informação e comunicação do Senac SC.

Machine learning x inteligência artificial

Primeiramente, os dois conceitos estão intimamente ligados. Ou seja, a inteligência artificial contempla um leque muito mais amplo. Então, o machine learning é um dos recursos aplicáveis a esta tecnologia.

 “A aprendizagem de máquina está diretamente ligada a inteligência artificial, uma vez que esta aprenderá a tomar as melhores decisões pautadas pela repetitividade assertiva do processo, ou seja, o sistema pode modificar autonomamente suas decisões de acordo com suas experiências”, analisa Juliano.

Desse modo, com o aumento de dados gerados pelas mais diversas tecnologias criou-se a necessidade de organizar todo este volume com agilidade que vai além da ação humana. O aprendizado de máquina entra em cena justamente para integrar dados de diversas fontes. E apresentar um cenário mais completo para a tomada de decisão. 

Motivos para adotar o machine learning

Com ferramentas de machine learning, é possível prever tendências e comportamentos, trazendo uma economia de tempo e dinheiro. Essa tecnologia é de grande ajuda também no planejamento de compras, estoque e vendas, levando em contas características que nem sempre estão em pauta, como sazonalidade e regionalidade, por exemplo.

Como resultado, permite que as empresas apostem cada vez mais em produtos e serviços mais personalizados, levando em conta o real perfil de compra, particularidades e carências de cada cliente. Consequentemente, existe maior agilidade nos processos internos – tais como investimentos em outras áreas, como criatividade e inovação.

Machine learning no varejo

Em um mercado cada vez mais competitivo e acirrado, encontrar boas oportunidades pode fazer toda a diferença. Dessa maneira, os varejistas podem integrar a tecnologia de machine learning para se destacar no mercado, à frente dos concorrentes e, principalmente, aumentando as vendas e reduzindo os custos. De que forma? Confira abaixo alguns insights:

  • Alavancar os lucros – com o machine learning, é possível prever aumentos sazonais de vendas e até reter mais clientes.
  • Otimizar equipes de vendas – com base na análise de desempenho dos vendedores, é possível desenhar o perfil ideal para cada produto e ou cliente, aumentando consideravelmente a conversão no momento da venda.
  • Novas oportunidades – quando aplicado corretamente, o machine learning poderá definir quais são os produtos mais rentáveis, melhor época do ano para a oferta, assim como outras oportunidades crescentes em um determinado segmento.
  • Estratégia de preços – um algoritmo de aprendizado de máquina pode considerar as principais variáveis de precificação para definir estratégias automáticas de valores dinâmicos, em tempo real. Além disso, pode rastrear a web procurando informações sobre os preços dos concorrentes para produtos iguais ou semelhantes.
  • Segmentação de clientes – analisa indicadores que ajudam a identificar o melhor público-alvo, reconhecendo os segmentos de mercado mais promissores para os bens ou serviços que a sua empresa oferece.

Clique aqui e saiba mais sobre os cursos da área de tecnologia com inscrições abertas no Senac SC.

Publicações Relacionadas