Autor: blogsenac

Você fala outro idioma? Está na hora de aprender

Falar um segundo idioma é imprescindível para conseguir uma melhor colocação no mercado de trabalho. Considerado um diferencial na hora da escolha do candidato, ele ajuda a alavancar a carreira e também dá um up grade no currículo. O inglês é a língua mais recorrente em cursinhos e escolas de idiomas, mas outras línguas como o espanhol e, recentemente o mandarim, tem ajudado a lotar as salas de estudantes.

O mandarim, língua falada na China, entrou para o rol das línguas mais faladas no mundo devido a sua enorme população – são mais de 1 bilhão de pessoas – e também por conta da necessidade de gestores e empresários em conseguir negociar, sem intermediários, com os comerciantes chineses. É sabido que a China fabrica boa parte de tudo o que é consumido no mundo, e conseguir comunicar-se diretamente com eles é um diferencial para quem deseja ter competitividade no mercado.

Abaixo seguem 15 motivos por que você deve aprender um novo idioma

1. Salário maior
Quanto melhores suas habilidades e competências, maior sua remuneração no mercado de trabalho.

2. Consciente do mundo ao seu redor
Falar outros idiomas ajuda você a se manter consciente do mundo ao seu redor, pois você tem acesso a mais informações do que normalmente teria.

3. Torne-se indispensável
Quando você tem algo que é difícil de encontrar, como fluência em idiomas mais complicados como o russo ou mandarim, é muito mais fácil de tornar-se indispensável e requisitado no mercado de trabalho.

4. Intérprete
O fato de ter alguém na empresa que fala idiomas não tão comuns como o inglês e espanhol ajuda a cortar as despesas e burocracias de um intérprete.

5. Competências estrangeiras
Se seu objetivo é trabalhar para grandes empresas, então é essencial que você fale, pelo menos, dois idiomas além do português.

6. Ganhe independência
Ao falar mais de uma língua você se sentirá mais confiante e autossuficiente para lidar com situações desafiadoras como um intercâmbio ou conferência internacional.

7. Aprimora a memória
Além da leitura, você também melhora sua capacidade de memorização e mantém seu cérebro ativo e saudável.

8. Fazer novos amigos
Viajar é uma ótima oportunidade de conhecer novos amigos e fazer amizades ao redor do mundo, mas para isso você precisa saber se comunicar com essas pessoas.

9. Conheça os habitantes locais
É comum que os países com alta atividade turística “escondam” a vida real dos visitantes, com roteiros turísticos em locais mais bonitos e apresentáveis. Mas se você fala a língua local então conseguirá explorar o país em todas as suas vertentes e verdades.

10. Entender músicas estrangeiras
Grande parte dos brasileiros gosta de músicas estrangeiras em inglês ou espanhol. Falar um desses idiomas ajuda você a entender as letras e apreciar as músicas ainda mais.

11. Família
Se você possui parentes que moram em outros países pode aproveitar essa oportunidade para aprender a língua desse local.

12. Conectar-se com várias pessoas
Encontre mais amigos com interesses e hobbies parecidos com os seus e comunique-se com eles de maneira eficiente e correta.

13. Impressione os pretendentes
Você pode impressionar os pretendentes ou outra pessoa querida com um poema em um idioma romântico como o francês ou italiano.

14. Faça intercâmbios
Mesmo que você tenha perdido a oportunidade de fazer um intercâmbio no ensino médio, pode experimentar essa experiência no curso superior ou durante o mês de férias do trabalho.

15. Quanto mais idiomas, mais fácil
Quanto mais idiomas você souber, mais fácil será de aprender novas línguas, principalmente se a origem das línguas for similar, como o latim.

Então, que tal aprender uma nova língua? O Senac Idiomas possui mais de 20 idiomas para você aprender! Seja Alemão, Russo, Italiano, Francês, Mandarim, Inglês, Espanhol, Turco ou Sueco, você terminará o curso falando fluentemente. O Senac Idiomas possui uma parceria com o Rosetta Stone, sendo assim, o método de estudo todo a distância. As aulas são intuitivas e focadas na conversação. Você aprende como pronunciar, os sotaques e até mesmo a gramática. Conheça mais sobre o curso aqui! Ou se preferir, você pode entrar em contato conosco via telefone: 48 3357.4197.

Are you ready?

Você se deixa dominar pela ansiedade?

Qual a influência da ansiedade na sua vida? Ela não é considerada um problema pelos especialistas, mas sim uma reação normal do organismo. Em algumas pessoas esse pode ser um problema crônico, que origina transtornos psicológicos como síndrome do pânico, fobia social, transtorno obsessivo compulsivo e até depressão. Felizmente, para a maioria da população a ansiedade não tem resultados patológicos, é apenas um sentimento que antecede algum acontecimento especial.

Os sintomas vão desde sudorese exagerada, tremores, dor de barriga, palpitações, tensão muscular e, nos casos mais graves, falta de ar. Mas calma, não há motivo para ficar ansioso agora pensando que você pode desenvolver uma doença por causa disso! Algumas atitudes conscientes e alimentos podem te ajudar a evitar os sintomas e proporcionar uma vida com mais qualidade e mais tranquila.

1. Pare de reclamar. Em um mundo de chefes malas, vizinhos mal-educados e despesas infinitas, não faltam motivos para reclamar, mas passar a semana resmungando só fará você se sentir pior. Pesquisas mostram que 10 minutos de reclamações turbinam a produção de cortisol, o hormônio que causa estresse no organismo, deixando-nos mais irritadiços.

2. Coma amêndoas ou castanhas de caju. Essas oleaginosas contêm magnésio, mineral importante para o bom funcionamento do corpo. Não gosta de nenhuma das duas? Então, asse uma batata e tempere com sal, o efeito é o mesmo. Chamado de “mineral relaxante”, o magnésio acaba com o estresse.

3. Feche o dia com seu vinho preferido – se você for maior de idade. Uma taça ajudará você a se soltar rapidinho depois de toda a correria com a casa, as crianças e o trabalho. Álcool contém betaendorfina, um neurotransmissor que aumenta a sensação de bem-estar. Mas nada de exagero, o álcool em excesso pode causar depressão.

4. Respire fundo. Você talvez tenha percebido que quando o seu corpo está tenso isso influencia a maneira como você respira. O inverso também e verdadeiro: focar na sua respiração é uma técnica comum e eficiente para acalmar os nervos. Deixe a sua respiração e o seu pensamento alinhados, escute os movimentos da sua respiração e isso vai ajudá-lo a se acalmar.

5. Não deixe que as suas preocupações dominem sua vida. Pode parecer difícil fazer isso, mas você não pode deixar as suas ansiedades tomarem conta de quem você é e da maneira como vive. Saiba como separar as coisas importantes do que é desnecessário e, mais que isso, decida pelo que vale a pena se preocupar. Tomando esse tipo de atitude você será capaz de fazer melhores decisões na sua vida e manter a ansiedade longe.

6. Reconheça as verdadeiras emergências. Quando você é uma pessoa ansiosa, qualquer tarefa pode parecer uma emergência, o que coloca você para trabalhar com ainda mais preocupações. Esqueça esse tipo de pensamento e foque-se no que é urgente de verdade, só assim você aprenderá a se manter calmo quando tiver de priorizar alguma coisa.

Fonte: Universia e M de Mulher

Estou formado, e agora?

Quem concluiu um curso de graduação sabe que vários questionamentos vem à tona quando finalmente o diploma está em mãos. Fica a dúvida sobre onde trabalhar, como procurar um emprego, qual área seguir, etc. A responsabilidade que o conhecimento traz e a pressão por uma colocação profissional podem tornar as coisas ainda mais complicadas. Mas com organização e algumas dicas esse período pode ser um pouco menos turbulento.

Confira as dicas!

1. A iniciativa é sua. O primeiro passo deve ser seu. Muitas pessoas falam que é necessário esperar as oportunidades, mas a verdade é que a responsável por encontrá-las, e muitas vezes criá-las, é você.

2. Seja seu próprio representante. Ninguém sabe quem você é, o que fez, quais são suas habilidades e por que você seria a pessoa certa para a empresa. As únicas informações que os recrutadores sabem são aquelas colocadas em seu currículo. Por isso, muita atenção aos detalhes e informações.

3. Vai dar tudo certo. Mesmo com toda a ansiedade que essa fase pode trazer é importante que você não tenha uma visão fechada sobre as circunstâncias a sua volta ou pense que esses problemas só acontecem com você. Entenda que mesmo que você sinta todas as portas fechadas, cada erro e dificuldade contribuem com o seu desenvolvimento e amadurecimento.

4. Não aceite o não das pessoas como a resposta definitiva. Insista, mostre seu esforço, força de vontade e determinação. Eles podem falar mais alto do que qualquer currículo.

5. Converse com todo mundo. Talvez você esteja acostumado a conversar apenas com seu grupinho de amigos na faculdade, mas se está atrás de oportunidades essa é a postura errada. Não importa quem sejam as pessoas, converse com todas. Elas podem, de forma inconsciente, dar ideias e servir de inspiração para os próximos passos que você irá tomar.

6. Faça alguma coisa. Se você percebe que as coisas não estão evoluindo, não espere em casa para que sua vida de recém-formado vá para frente. Seja voluntário, faça um intercâmbio ou curso e mantenha-se ativo.

7. Não se compare com os outros. Assim como as personalidades são diferentes, os caminhos das pessoas também. Só porque o bagunceiro da classe está em uma multinacional não quer dizer que você deve jogar tudo para o alto e mudar de profissão.

8. NUNCA desista. Não importa por quantos problemas você esteja passando, sejam eles profissionais ou pessoais, não desista jamais. O tempo passa, as situações mudam e novas oportunidades aparecem todos os dias para transformar o cenário a sua frente e ao seu redor.

Fonte: Universia Brasil

Empregos temporários: qualificação faz a diferença!

O verão já está se aproximando e para muitas pessoas aqui no estado, essa é época de oportunidades. Diversas vagas temporárias de emprego são abertas possibilitando a chance do primeiro emprego. Para quem ainda está estudando e quer ganhar um dinheiro durante as férias ou para quem pretende aprender uma nova profissão agora é a hora.

Somente na Grande Florianópolis 12 mil vagas estão projetadas para a temporada do verão 2013, e estar preparado para preenchê-las é um diferencial na hora da contratação. Os setores de hotelaria e bares e restaurantes absorvem grande parte dessa mão de obra e por ser um segmento que lida diretamente com o público precisa de profissionais capacitados e aptos a atender bem os clientes. Os principais requisitos para conquistar uma vaga de emprego nesses setores é a disponibilidade e a vontade de aprender.

O Senac está com inscrições abertas para cursos de agente de informações turísticas, recepcionista de eventos, recepcionista em meios de hospedagem e garçom básico. Todos são gratuitos, presenciais ou a distância. Para se inscrever os candidatos devem cumprir os requisitos abaixo:

* Ser maior de 16 ou 18 anos (dependendo do curso escolhido)
* Ter renda familiar de até 3 salários mínimos (R$ 1.866,00)
* Estar incluido no CadÚnico do Governo Federal
* Se não estiver no CadÚnico procuraro Centro de Referência de Assistência Social para cadastrar-se.

Cursos presenciais:

* Agente de informações turísticas
* Recepcionista de eventos
* Recepcionista em meios de hospedagem
* Garçom básico

Onde se inscrever: No Cras mais próximo. Confira abaixo os telefones.

Em Florianópolis

::: Centro: (48) 3222-0148.
::: Trindade: (48) 3338-1076.
::: Itacorubi: (48) 3338-1068.
::: Estreito: (48) 3348-3150.
::: Capoeiras: (48) 3348-6237.
::: Jardim Atlântico: (48) 3244-0683.
::: Saco dos Limões: (48) 3222-9165.
::: Tapera: (48) 3338-1042.
::: Rio Tavares: (48) 3337-4028.
::: Canasvieiras e Ingleses: (48) 3369-0840.
::: Saco Grande: (48) 3338-2610.

Em São José

::: Areias: (48) 3346-0257.
::: Forquilhinha: (48) 3247-3483.
::: Jardim Zanellato: (48) 3343-9175.
::: Colônia Santana: (48) 3278-2075.

Em Palhoça

::: Barra do Aririú: (48) 3341-6208.
::: Brejaru: (48) 3286-3441.
::: Caminho Novo: (48) 3242-5279.
Em Biguaçu

(48) 3243-2800.
Cursos a distância (gratuitos)

Inscrições: site Senac.

Requisitos: os mesmos dos presenciais, além de conhecimento em informática e ensino fundamental completo. É de responsabilidade do aluno ter acesso a um computador com internet.

* Camareira em meios de hospedagem.
* Garçom básico.
* Recepcionista em meios de hospedagem.
* Governança em meios de hospedagem (precisa certificado de curso de camareira e experiência de um ano na função)
* Maître (certificado de curso de garçom e experiência de um ano)
*Vendedor
*Operador de caixa.

 

 

Empresas na internet: A receita para um bom relacionamento digital!

Todo artigo, texto, palestra, seminário, seja o que for que fale sobre internet, sempre começa com números e dados. Dados repetitivos, sobre o “tal e espantoso crescimento da super tendência chamada internet”, que convenhamos, todo mundo já sabe. Mas muitos ainda insistem em não querer enxergar e acordar para a nova realidade digital.

Então para ser bem breve e apenas reafirmar, dois dados que gosto sempre de mencionar: 90,8% dos usuários que acessam a internet, estão em pelo menos uma rede social e no Brasil, 48% da população tem acesso a internet. (Fonte: comScore e Ibope 2011). O que isso nos mostra? O Brasil ainda tem muito o que crescer, e proporcionalmente o número de usuários nas plataformas digitais irá aumentar.

As empresas hoje não devem optar por se inserir ou não nas mídias digitais, elas simplesmente devem estar lá. E com a entrada de diversas empresas nessas redes, os usuários passaram a ser mais exigentes. Não adianta estar nas redes só para jogar conteúdo e vender seus produtos. As relações de confiança do offline, devem migrar para o online! Nós usuários, queremos relacionamento! Queremos ser ouvidos, queremos ter problemas solucionados, queremos atenção e queremos poder contar com a marca sempre que precisarmos. Queremos ser amigos da marca! Sim, é isso mesmo!

O resultado dessa “amizade” será um usuário curtindo sua empresa e falando bem da sua marca para toda sua rede de contatos. A receita para criar esta amizade? Relacionamento, bom conteúdo e engajamento. Ninguém gosta de empresas egocêntricas. Portanto não fale só da sua empresa ou marca. Entenda e conheça as necessidades do seu público e crie soluções a partir delas! Fale os que seus fãs ou seguidores querem ouvir! Esteja presente, não force a barra, crie conteúdo de qualidade, interaja! Não censure os usuários, não exclua opiniões e comentários, posiciona-se, tenha um diferencial, responda em tempo real, promova experiências, crie engajamento e se destaque!

Texto por Carolina Lima, Analista de Comunicação Digital do Senac/SC e autora do livro Como acabar com sua #empresa em apenas 140 caracteres.

Se você tem interesse em se aprofundar no meio digital, o Senac/SC está preparando um evento de Lançamento da sua Pós-Graduação em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais! No dia 05 de setembro às 19h, no auditório da Fecomércio no centro de Florianópolis, a autora do best seller “Marketing na Era Digital”, Martha Gabriel fará uma palestra sobre Estratégias de Marketing nas Novas Mídias Digitais. Martha foi apontada pela Revista ProXXXIma em 2011 com um dos 10 profissionais mais inovadores em Marketing Digital. Ela também é palestrante internacional e autora de diversos artigos em congressos na área de tecnologia, marketing e artes. As inscrições encerram ainda hoje, então corre, pois temos pouquíssimas vagas. Faça a sua inscrição aqui!

E para quem tem interesse saber mais sobre sobre nossa Pós-Graduação em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais, deixe seu interesse registrado aqui!

Sul do país é a região com mais consciência ambiental

A consciência ambiental dos brasileiros quadruplicou nos últimos 20 anos. Segundo dados divulgados em junho, a pesquisa O Que o Brasileiro Pensa do Meio Ambiente e do Consumo Sustentável mostrou que a população está mais familiarizada com o assunto e com as atitudes necessárias para preservar o meio ambiente.

Os resultados apontaram que na média nacional, 34% sabem o que é consumo sustentável atualmente. A população da região sul – Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná – foi a que teve o maior índice de engajamento ambiental. Mais da metade dos sulistas sabem o que é consumo sustentável. “A diferença do Sul é impressionante em termos dos mais altos índices não só de acertos, mas de atitudes corretamente ambientais”, disse a secretária de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Samyra Brollo de Serpa Crespo.

De acordo com a consulta, a população está mais disposta a levar uma vida com hábitos de consumo mais ambientalmente corretos e com maior apelo sustentável. A questão relacionada ao lixo, por exemplo, é um dos problemas que mais ganhou posições no ranking dos desafios ambientais montado pelos brasileiros. O destino, seleção, coleta e outros processos relativos aos resíduos que preocupavam 4% das pessoas entrevistadas em 1992, agora são alvos da atenção de 28% das pessoas. Este ano, 48% dos entrevistados, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, afirmaram que fazem a separação dos resíduos nas residências. “Muitas vezes a disposição da população não encontra acolhimento de politicas públicas. Muitas vezes o cidadão separa em casa e a coleta do lixo vai e mistura os resíduos”, disse a secretária. Na análise geral do país, os índices ainda são baixos, sendo que menos de 500 municípios têm coleta seletiva implantada. Enquanto a separação do lixo é um habito de quase 80% das pessoas que vivem na Região Sul atualmente e de mais da metade dos moradores de cidades do Sudeste. No Norte e Nordeste, mais de 60% não separam resíduos.

Ainda de acordo com a secretária, a questão do lixo deve ter uma mudança maior em breve, pois a educação ambiental está sendo implantada nas escolas, o que deverá refletir a medida que essa população for envelhecendo. A pesquisa mostrou que enquanto na primeira edição, que ocorreu durante a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, a Rio 92, 47% dos entrevistados não sabiam identificar os problemas ambientais. Este ano, apenas 10% ignoravam a questão.

Fonte: Portal Revista Exame

Delineadores coloridos: Como usar essa nova tendência?

O post de hoje conta com a participação e super dicas do nosso orientador do curso de Maquiador, Rafael Valentini! Preparada para as dicas?

-“Menina, você viu que os delineadores coloridos estão vindo com tudo no próximo verão??!!”
-“Ví sim! Mas jura que vou usar isso no meu dia-a-dia né, amiga??!!”

Você já deve ter se perguntado como usar aquilo que você vê de make de passarela na sua vida, não é mesmo?! E eu vou mostrar pra você como usar esta tendência super divertida sem parecer que você vai direto pra balada!

Os desfiles de passarela servem pra nos transmitir um conceito, ou seja, cores, formas e texturas. O que vemos lá é o conceito nu e cru da coleção em questão, é preciso sintetizar o que gostamos e aplicar de forma coerente em nossas vidas.

Veja a imagem à seguir:

Foto: Magno Bottrel
Modelo/Acessório: Juliana Karl
Beleza: Rafael Valentini

Como nosso foco está no azul nos olhos, temos que fazer com que todo o resto seja sutil. Observe que nessa boca em questão também segue uma tendência atual, que é o coral, mas de forma bem suave, não necessariamente uma coisa precisa aparecer com a vibração de cor total para que esteja ali presente. O Blush “saúde” vem um pouquinho mais escuro que a cor da própria pele, puxando de leve para o rosado. A única coisa que não abrimos mão nunca é da máscara para cílios, abuse!

Uma coisa que sempre insisto em repetir: Uma pele leve não quer dizer uma pele sem nada. Uma base em pouca quantidade e muito bem espalhada faz toda a diferença! Marque os contornos do rosto com um pó ou até mesmo uma base um pouco mais escura que seu tom de pele, mas atenção, não devemos enxergar o limite entre o claro e o escuro, senão acabaremos com um visual de “sujeira”.

Parece difícil, né?! Mas não é não. À partir do momento que conhecemos bem nossos traços, sabemos evidenciá-los e claro, praticamos bastante, tudo fica mais fácil!

Confira as famosas que já aderiram a moda:

Rihanna

Beyoncé



 Katy Perry

Agora me diz que você não usaria?

E para quem curte essa área de maquiagem e quer aprender se maquiar ou ser um maquiador, vamos ao momento #ficadica! Se liga nos dois cursos que o Senac Saúde e Beleza de Florianópolis está oferecendo:

Automaquiagem
Período: 13 de setembro à 18 de outubro de 2012
Horário: 18h30 às 22h
Dias das aulas: Quintas
Investimento: R$ 275,00 ou 1+2 de R$ 91,66
Pode também ser parcelado no cartão de crédito em até 3X.

Maquiador
Período: 17 de setembro à 13 de dezembro de 2012
Horário: 8h30 às 12h
Dias das aulas: Segunda a Quinta
Investimento: R$ 2.155,00 ou 1+4 R$ 431,00
Pode também ser parcelado no cartão de crédito em até 5X.

Mais informações no Senac Saúde e Beleza: (48) 3330-9600.

 

O doce de festinha que virou negócio lucrativo

O brigadeiro, doce genuinamente brasileiro e velho conhecido das festinhas infantis, ganhou status de guloseima sofisticada. Por todo o país empreendedores perceberam o potencial financeiro que o docinho poderia render ao sair do universo unicamente festivo para ganhar grife com outros ingredientes.

A tradicional receita que leva leite condensado, manteiga e chocolate ganhou novos sabores. Desde diferentes tipos de chocolates até ingredientes tradicionalmente salgados como gergelim, wasabi e funghi. O doce se reinventou com a criatividade dos empresários brasileiros, que não se cansam de inovar. São novos formatos, novas maneiras de servir e novos locais para degustar.

Os consumidores, potencialmente todos os que um dia já comeram brigadeiro, adoraram a novidade e ajudam a engordar o cofrinho das docerias especializadas. A Brigaderia, mesmo com pouco tempo de vida, já tem faturamento na casa dos milhões. De acordo com a criadora da marca, Taciana Kalili, uma das explicações para o sucesso foi a escolha dos pontos comerciais. Todas as dez unidades de venda estão localizadas em shoppings e aeroportos de grande fluxo de pessoas, com predominância do público das classes A e B. “Foi uma estratégia muito bem pensada. Optamos por trabalhar com ingredientes importados, o que aumenta custo do produto final”, diz. Somente em 2011, a empresa faturou R$ 10 milhões.

Para quem ficou com água na boca ao ler a matéria segue uma receita de brigadeiro gourmet. Vale também pra quem estiver pensando em investir nesse segmento. Quem sabe você também não se torna um milionário dos doces? :)

Brigadeiro de Nutella

Ingredientes

1 lata de leite condensado
50 ml de leite
1 colher de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de Nutella
1 xícara de chá de avelãs trituradas

Modo de preparo

1. Em uma panela, misture o leite condensado, o leite, a Nutella e a manteiga. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre até desprender do fundo.
2. Retire do fogo e salpique 1 colher de sopa da avelã triturada sobre a mistura.
3. Transfira a massa para um prato fundo untado com manteiga, espalhe bem e deixe esfriar.
4. Enrole as bolinhas com as mãos (que também precisam ser untadas!) e passe-as sobre a avelã triturada para confeitar.

Fonte: UOL

Mercado procura profissionais de Design Gráfico

A evolução tecnológica ocorrida nos últimos anos transformou radicalmente o processo de produção gráfica. No mercado surgem constantemente novas tecnologias que desfavorecem a visão do sistema como um todo e formam-se profissionais focados somente em especificidades. Mas além disso, a necessidade é de pessoas que atuem de maneira geral e tenham a visão completa do processo. O Brasil hoje possui uma economia fortalecida, o que favorece o crescimento e o surgimento de novos negócios. Isso acaba gerando uma grande procura por profissionais capacitados para desenvolver e gerenciar projetos em design gráfico desde a tomada do briefing até a entrega final do serviço, atendendo as necessidades deste novo mercado.

Você sabia que foi uma designer brasileira que criou a logo do site mais valioso do mundo, o Google? Sim, Ruth Kedar, nascida em Campinas-SP, mudou-se com a família para Israel em 1971 e formou-se em arquitetura naquele país. Mais tarde concluiu sua pós-graduação na Universidade de  Stanford, nos Estados Unidos. A designer tem entre seus clientes mais notórios marcas como Adobe, Alliance Francaise e OpenSource. Além disso ela tem seu próprio estúdio de design, o Kedar Design e um site de arte, Art.net. Ruth já recebeu vários prêmios em design e a suas obras de arte são exibidas nos Estados Unidos e internacionalmente.

Os profissionais egressos das áreas de Design Gráfico, Comunicação Social, Arquitetura, Artes Visuais, Artes Gráficas e afins encontram pouca oferta em nível de pós-graduação que possam dar continuidade aos seus conhecimentos adquiridos, preparando-os para tornarem-se gestores competentes nesta área. É por isso que o Senac lança a pós graduação em Gestão de Projetos de Design Gráfico. Um curso que objetiva preparar profissionais não para atuarem como técnicos em processos isolados mas, como gestores no desenvolvimento de projetos em design gráfico, com a competência e domínio de todas as etapas do processo. Um profissional especialista nesta área poderá atuar em estúdios de design, agências de publicidade, editoras, empresas jornalísticas, fornecedores gráficos, entre outros.

O curso inicia no dia 31 de agosto com aulas quinzenais, sempre as sextas à noite e sábado durante o dia. A carga horária é de 456 horas/aula. Mais informações podem ser obtidas através do site: sc.senac.br ou pelo telefone: (48) 3229.3200.

Você tem pensamento de empreendedor?

É como diz a imagem aí em cima, o emprego dos seus sonhos não existe, você precisa criá-lo. Para quem tem o espírito empreendedor é fácil pensar dessa maneira, mas para aqueles que não nasceram com essa iniciativa, e se veem obrigados a assumir negócios de família, há algumas habilidades indispensáveis para disciplinar o pensamento. Ron Burley, colunista da Revista Inc, listou três delas que são diferenciais competitivos importantes na hora de administrar o seu negócio.

Perseverança

Quando se vê um futuro incerto à frente é normal ter medo. Existem algumas pessoas, que, quando se veem diante daquilo que é duvidoso, escolhem não fazer nada. Nos negócios, perseverança significa olhar sempre em frente, dando um passo de cada vez e enfrentando as dificuldades conforme elas aparecem. Muitas pessoas fracassam durante esse percurso porque desistem logo no primeiro obstáculo. “Toda grande história de empreendedorismo conta com pelo menos um episódio em que a pessoa precisou ser perseverante para superar um desafio”, diz Burley.

Dica: Todos os dias faça pelo menos uma coisa que te coloque mais perto do seu objetivo. Se conseguir cumprir isso, no final do ano, você terá dado quase 400 passos em direção ao seu destino.

Respeito

Existem muitas ideias de negócios que podem ser mudadas ou melhoradas. Mas isso não significa que todas sejam assim. “A roda já foi inventada e funciona muito bem exatamente do jeito que está”, diz Burley. Toda indústria, todo segmento tem uma história. Estude-a. Entenda e respeite o que foi feito antes da sua empresa. Só assim você será capaz de reconhecer novas oportunidades e as deficiências do setor. Além disso, poderá também evitar tomar decisões ou medidas que não deram certo no longo prazo.

Dica: Procure conversar com pessoas que trabalham há mais tempo no ramo em que você deseja atuar. Leve-os para tomar um café e anote tudo o que dizem. O objetivo aqui não é copiá-los, mas sim aprender com suas experiências, erros e sucessos.

Inovação

É claro que você precisa estar pronto quando uma oportunidade “bater à sua porta”. Mas, em tempos econômicos difíceis, você pode estar perdendo tempo esperando. Você devia estar fazendo. Crie a sua própria oportunidade, com um pouco de inovação pessoal.
Para  Burley, inovação é uma forma especializada da criatividade, em que se cria algo novo e, principalmente, útil. “Mandar um bolo de aniversário para o CEO da empresa com a qual você quer fechar negócio pode ser criativo, mas dificilmente será útil. Para ser produtivo e inovador nessa situação, você precisa pensar em uma ideia ou método que te dará todas as chances de alcançar seu objetivo”, diz o colunista.

Dica: Pergunte a você mesmo quais sãos as necessidades dessa pessoa e descubra como você pode solucioná-las de um jeito criativo e inovador.

Fonte: Papo de Empreendedor

Não deixe seu cérebro ficar preguiçoso!

As novas tecnologias que tanto facilitam nossa vida também estão contribuindo para deixar nosso cérebro mais preguiçoso. Tudo está ao alcance de um clique e na hora de usar o raciocínio muitas tarefas simples parecem complicadas. Para não deixar que esse precioso órgão fique destreinado, existem alguns exercícios e hábitos que podem facilmente ser incorporados no dia-a-dia. Treinando-o é possível melhorar o raciocínio, evitar problemas de memória, de concentração e aprimorar suas capacidades naturais.

1. Estimule sua memória
Quantas vezes sua memória já deixou você na mão? Talvez na hora da prova ocorreu o famoso “branco”. Se você desenvolver a disciplina de memorizar os principais números de sua lista de contatos, por exemplo, já é uma ótima maneira de treinar sua memória.

2. Faça coisas novas
Quando você aprende ou experimenta coisas novas está estimulando seu cérebro. Essa atividade cria novas conexões neurais, aumentando seu conhecimento e capacidade cognitiva.

3. Mexa-se
Já é provado cientificamente que exercícios físicos aumentam as capacidades cerebrais e saúde geral de seu cérebro.

4. Pesquise
Ao invés de aceitar passivamente todas as informações, desenvolva o hábito da curiosidade. Pesquise, questione e investigue coisas que te interessam. Tenha um caderninho de dúvidas para pesquisar mais tarde sobre algo que te deixou interessado.

5. Pensamento positivo
O estresse e ansiedade são péssimos para saúde do seu cérebro. A tensão atrapalha o raciocínio e não ajuda você a pensar clara e objetivamente. Ficar calculando sobre o que pode não dar certo não é bom pra ninguém.

6. Alimente-se bem
Dietas saudáveis e equilibradas são essenciais para a saúde de seu corpo e mente, da mesma forma como os exercícios físicos. Algumas sugestões são frutas frescas, vegetais,peixes e outros alimentos com Omega-3.

7. Leia mais
Ler é uma ótima maneira de estimular a imaginação, melhorar o vocabulário e se informar. Além de ajudar você a aliviar a tensão e estresse. Ler dentro do ônibus também ajuda a passar o tempo.

8. Durma bem
Pense no descanso como uma desintoxicação do cérebro. Ele ajuda esse órgão a regenerar as células, remover toxinas e preparar-se para as tarefas do dia seguinte. No momento em que for pra cama lembre-se de desligar-se de todos os problemas.

9. Evite o GPS
Com a popularização do GPS, muitas pessoas ignoram a importância dos mapas. Esse tipo de hábito ajuda você a treinar sua capacidade de noção espacial e raciocínio.

10. Não use a calculadora
Tenha a mesma disciplina dos tempos de escola e evite usar calculadoras durante o dia a dia, pois esse hábito pode deixar seu cérebro “enferrujado”. Além disso, é uma ótima forma de manter o cérebro ativo e pronto para exigências cognitivas diárias.