Empresa ecoeficiente: Os benefícios dessa responsabilidade para o seu negócio

Você já ouviu falar em empresa ecoeficiente? Esse termo é utilizado para definir práticas de produção e consumo mais sustentáveis dentro das empresas, promovendo a redução de impactos ambientais e de consumo dos recursos naturais.

A empresa ecoeficiente virou referência de evolução industrial e a garantia para conquistar mais espaço no mercado atual. O processo de desenvolvimento mais sustentável busca atender as necessidades das gerações atuais sem comprometer as futuras. 

Esse modelo de negócio alia responsabilidades socioambientais e manutenção dos fins lucrativos, ou seja, praticar um preço competitivo, satisfazer as necessidades de consumo e proporcionar qualidade de vida, enquanto reduz o uso de recursos naturais.

Produção e consumo consciente

Nos últimos tempos, o conceito de ecoeficiência tornou-se um tema relevante no mundo empresarial. O comportamento e atuação de empresas podem e devem fazer parte de mudanças sustentáveis, com o uso mais eficaz de materiais e energia a fim de reduzir custos econômicos e impactos ambientais.

O consumo consciente é voltado à construção da sustentabilidade no planeta. Portanto, nesse novo cenário é imprescindível que a produção sustentável incorpore as melhores alternativas para minimizar danos ambientais e sociais, e preocupe-se com os limites de recursos naturais e impactos da produção.

Nesse contexto, é super importante o papel das empresas para implementação dessas práticas em seus negócios, que podem criar, inovar e produzir respeitando normas mais sustentáveis.

Algumas práticas que podem ser aplicadas nas empresas são:

Reduzir o impacto ambiental

Reduzir o impacto ambiental é uma das estratégias mais utilizadas pelas empresas e pode ser feito com o uso de produtos que visam menos poluição e recursos para a sua fabricação, redução dos materiais perigosos utilizados e lançados no meio ambiente e a separação de resíduos.

Educação ambiental

As empresas podem apostar em educação ambiental destinada aos funcionários e fornecedores, como treinamentos e cursos sobre práticas sustentáveis dentro da empresa.

Políticas de reflorestamento

O reflorestamento consiste na reposição da vegetação em locais que foram anteriormente desmatados. Essa prática colabora para a proteção da superfície do solo, proteção das bacias hidrográficas em que a atividade se localiza, produção de oxigênio e diminuição da pressão sobre as florestas nativas.

Energia

Para reduzir o consumo de energia dentro de uma empresa podem ser adotados equipamentos mais modernos, uso de lâmpadas econômicas e a geração de energia alternativa, tais como: eólica, solar, geotérmica e biogás.

Equipamentos não sustentáveis

A produção é responsável por boa parte de problemas ambientais. Para reduzir os danos é importante substituir os equipamentos ultrapassados ou pouco eficientes, que resultam em menos agressão ambiental, e apostar na manutenção periódica das máquinas.

Como ser ecoeficiente?

As inovações sustentáveis podem ser implementadas tanto em um novo negócio, quanto em negócios já existentes, visando atingir objetivos sociais, ambientais e econômicos. 

Para ser ecoeficiente é necessário focar no gerenciamento ambiental da sua empresa. Quando se reduz o consumo de água, energia e matérias-primas, reduz-se a pressão sobre os recursos naturais. Mas, também motivar as pessoas envolvidas a se engajarem nas questões ambientais.

As empresas têm um papel importante para ações práticas de conscientização. Essas ações podem ser promovidas pelos departamentos de Recursos Humanos, de Responsabilidade Social Corporativa ou de Sustentabilidade. 

A vontade que uma empresa tem de causar impacto positivo no meio ambiente deve ser repassada aos trabalhadores, acionistas, consumidores e fornecedores. Com a educação ambiental e comprometimento da sua equipe em pequenas iniciativas, é possível transformar paradigmas e gerar maior conscientização nas empresas. 

Um programa de educação ambiental dentro da sua empresa pode gerar bons resultados com práticas simples de hábitos diários, como a mudança de copos plásticos por canecas, a separação de produtos para reciclagem, a promoção de campanhas sobre consumo consciente e programações audiovisuais para promover reflexões sobre o tema.

Quando mostra-se compromisso e responsabilidade social ao público interno e externo, as pessoas sentem-se mais confiantes para consumir ou firmar negócios. São as ações que você promove que indicarão a imagem do seu negócio. 

Ser ecoeficiente desafia os empreendedores a agregarem mais valor aos seus produtos e serviços. Com criatividade e inovação, tendem a ser vistos como exemplo para o desenvolvimento de novos mercados. 

Além dos benefícios voltados ao meio ambiente e em questões econômicas, ser uma empresa ecoeficiente, atrai novos clientes e a lealdade daqueles já existentes, gera maior produtividade e motivação de emprego.

O seu negócio passa a reduzir custos de conflitos socioambientais e custos associados, e ainda constrói uma imagem mais positiva e tende a fortalecer a marca por sua preocupação com o meio ambiente.

Pense novo! Seja ecoeficiente e esteja alinhado a essa nova realidade do mundo dos negócios.

O que muda com o fim das curtidas no Instagram?

 

Números, números e números. O que a quantidade de curtidas no Instagram já significou na sua vida online? O jogo de popularidade e a competição por likes na rede social, exclusivamente voltada ao compartilhamento de fotos e vídeos, motivou o fim das curtidas na plataforma.

Pensando no usuário, no dia 17 de julho o Instagram iniciou testes no Brasil que tornam a contagem de curtidas privada, para evitar que as pessoas sintam-se em uma competição. Ou seja, essa experimentação é sobre ocultar o número de likes das postagens, tornando-os privados aos seguidores e exibindo-os apenas ao autor da publicação.

A relação da saúde mental e do comportamento humano nas redes sociais está cada vez mais associado. Em um mundo competitivo, a quantidade de likes acabou impulsionando a busca por aprovação e despertando sentimentos negativos de ansiedade e rejeição. 

A transformação pretende priorizar o interesse dos usuários pela qualidade do conteúdo e o compartilhamento de experiências e  histórias, e não o número de reações que elas recebem.

Ainda que não agrade a todos, a plataforma gera um movimento em que pretende-se criar um ambiente menos tóxico para quem usa a rede social.

O que muda para o influenciador digital?

Por se tornar famoso no meio digital e mobilizar inúmeros seguidores em seu perfil, o influenciador digital ganha credibilidade em áreas do mercado e monetiza a influência em ganhos financeiros. Mas é claro que com essa mudança na exibição dos likes a forma de trabalho e a exigência pelo conteúdo será diferente.

É fato que o número nas publicações chama atenção das empresas e marcas para saber o engajamento do criador de conteúdo. O que acontece é que a mudança se deu nos números e não em alcance. Portanto, eles precisam estar mais focados na qualidade do conteúdo que compartilham e oferecem do que na quantidade de curtidas que recebem.

O administrador do perfil continuará tendo acesso aos números particulares de curtidas e visualizações em vídeos, a mudança é apenas para o público que lhe segue. As alterações também podem inibir os bots (robôs) de interação e a compra de seguidores, tornando a plataforma mais real e menos poluída de mensagens automáticas.

Mudança para usuários

Seu post não “bombou” na rede social? Demorou para ter a quantidade de curtidas que você esperava? Algumas pessoas manifestam transtornos de ansiedade, tristeza e frustração por não serem “aceitos” por esta comunidade virtual. E o fim dessa obsessão por like tende a modificar a forma do usuário relacionar-se com a rede e com a cobrança excessiva por aceitação no meio.

Com essas mudanças, o usuário poderá navegar sem preocupar-se com curtidas e sem comparar suas postagens com a dos outros. E também, concentrar-se em conteúdos que acha realmente relevante e compatível com a sua personalidade e gostos.

Apenas algumas semanas depois de começar o teste é possível perceber mudanças nas redes. De fato o número de likes diminuiu nas publicações, porém, as interações médias tiveram um aumento de 20%, segundo uma pesquisa da Zeeng, empresa de Big Data Analytics. Será que começa uma nova era das redes sociais? Vamos acompanhar essa transformação de comportamento e experiência da geração digital!  

7 passos para um plano de estudos de sucesso

As férias já acabaram, e no dia 11 de agosto comemoramos o dia do Estudante. Aproveitou o recesso das aulas? Passeou? Viajou? Assistiu séries? Descansou? Agora é hora de fazer um bom plano de estudos e organizar todas as suas tarefas para melhorar seu aprendizado.

Ensino fundamental ou médio, faculdade, pós-graduação, mestrado, doutorado, aula de idiomas, aula de música, concurso, seja o que você estiver estudando no momento, um plano de estudos pode te ajudar em vários aspectos. 

Mas, para que ele traga benefícios e resultados você precisa adotar um método de organização que esteja de acordo com a sua realidade. Não adianta planejar mil coisas, e não poder cumpri-las. É preciso um plano realista, que você consiga seguir conforme a sua disponibilidade e rotina.

Mas como ele pode ser feito?

Metas

As metas nos ajudam a não perder o foco e nos impulsionam a cumpri-las! É importante ter programado no seu plano de estudos metas de horários, quais disciplinas estudar e a quantidade de exercícios para realizar por dia.

Cronograma

Em primeiro lugar, quantas horas para estudar você tem disponível no seu dia a dia? Você precisa conhecer a sua rotina, porque os seus estudos devem ser planejados de acordo com a sua disponibilidade.

Para organizar melhor os conteúdos que precisam ser estudados durante a semana, anote em um caderno ou faça um quadro-horário. A partir disso, ficará mais fácil identificar horários disponíveis e definir o tempo que você irá dedicar para cada um dos temas a serem estudados.

Provavelmente você descobrirá horas inutilizadas no seu dia a dia, mas que podem ser muito úteis nos estudos. Uma dica importante: Não importa se você tem apenas 10 minutos livre, eles são muito valiosos! Depois do almoço, no trânsito ou no intervalo do trabalho, estude 5, 10 ou, 5 minutos na semana, e no final do mês você terá horas de estudo acumulado!

Muitas pessoas acreditam que o estudo só valerá a pena se dedicar muitas horas do seu tempo. Mas, qualquer tempinho pode ser aproveitado. 

O ambiente de estudos

Não são todas as pessoas que conseguem estudar com barulho, não é mesmo? Escolha um local que você se sinta confortável. Se você não consegue se concentrar em casa e tiver acesso a alguma biblioteca da sua cidade, aposte nisso!

O silêncio e um lugar organizado são grandes aliados na hora dos estudos. Aqui já demos dicas para um cantinho eficiente de estudos.

Matérias difíceis

É comum termos mais afinidade em algumas áreas de conhecimento. Exatas, humanas ou biológicas? Qual você gosta mais de estudar?

Mesmo que você ache mais prazeroso estudar apenas uma das áreas de conhecimento, é preciso conhecer todos os assuntos. Dedique-se às matérias que você tem afinidade, mas não esqueça que as outras também são importantes. 

Reserve um tempo maior para assuntos que você não tem tanto conhecimento e, ao longo do caminho, você terá mais domínio, se tornará mais fácil e você se sentirá mais confiante com o tema.

Revisar o conteúdo

Além de estudar conteúdos novos, é importante ter em seu cronograma um tempo para a revisão de conteúdos. Não basta aprender, e depois não fixar o que foi revisado. Alguns aplicativos e ferramentas de organização também podem te ajudar nisso.

Sono

Você é do tipo que prefere estudar de manhã, à tarde ou à noite? Não importa o horário, desde que seja um momento produtivo para você, há quem funcione melhor à noite ou que esteja mais disposto logo pela manhã, por exemplo. No entanto, é importante manter o sono em dia para que a sua saúde aguente firme até o final dos estudos. 

Lazer

Tire um tempinho para você também! Não pense que é uma máquina e não merece descanso. Mesmo com metas e as matérias que precisam ser estudadas, os conteúdos não serão fixados se você estiver cansado ou com a mente saturada. O descanso e lazer são essenciais para que você continue absorvendo aprendizados. 

Então, estabeleça horários para fazer uma atividade que você goste e observe como seu rendimento e disposição nos estudos também irão melhorar!

Esperamos ter ajudado a planejar melhor seus estudos! Agora, coloque em prática nossas dicas com modelo de plano de estudos que disponibilizamos para você organizar sua rotina e sucesso com os resultados!

TABELA_Plano de estudos_Prancheta 1

Como um intercâmbio executivo pode enriquecer sua carreira profissional

Viajar proporciona inúmeras experiências, como conhecer culturas diferentes e compartilhar momentos. As Missões Técnicas do Senac SC possibilitam intercâmbios executivos, experiências internacionais voltadas ao conhecimento aprofundado e que ampliam a  percepção sobre o mercado global.

São momentos que proporcionam o networking entre os participantes e os representantes das empresas visitadas, o que possibilita estabelecer redes de relacionamentos durante as viagens e trocas de experiências e soluções entre indivíduos ou grupos que têm interesses comuns.

Além de passar por vivências que potencializam o aprendizado, os intercâmbios executivos podem ser uma experiência decisiva para o sucesso da sua carreira ou negócio. É um momento para troca de conhecimento e orientação capacitada por uma equipe técnica. Você conhece outra cultura, e ainda volta trazendo na bagagem uma visão de mundo e de mercado mais abrangente. 

Atualmente, os programas internacionais oferecidos têm objetivos específicos e focados em modelos de negócios distintos, são eles: a Missão Técnica Orlando com foco em Turismo;  a Missão Técnica Vale do Silício que é voltada para o mercado de inovação nos negócios; o Programa Executivo Internacional Ingolstadt com objetivo de apresentar os modelos de gestão do mercado alemão; e a Missão Técnica New York que é focada no setor varejista.

Conheça os intercâmbios executivos oferecidos pelo Senac SC

Orlando:

Recorde em turismo, Orlando, na Flórida, é uma das principais referências de passeios turísticos do mundo, principalmente por brasileiros. A cidade faz sucesso pelos seus grandiosos parques temáticos, mas também chama atenção no setor de compras. É modelo em eventos, entretenimento e lazer. 

A Missão Técnica Orlando é voltada à gestão compartilhada que promove o Turismo Cultural e a experiência artística. Esse intercâmbio executivo é o compromisso com o desenvolvimento profissional de gestores e empresários de organizações e prestadores de serviços do Turismo, e também proporciona oportunidades de benchmarking, que é quando uma empresa examina ações de outra empresa com o intuito de melhorar a mesma função ou semelhante.

Seu objetivo principal é oportunizar vivências, analisar as estratégias e modelos utilizados para a atração e retenção turística e avaliar a participação dos agentes turísticos da região e a relação com o poder público local. 

Vale do Silício: 

É no Vale do Silício, região da Califórnia, que está o motor da inovação mundial, tendências de novas tecnologias e desenvolvimento em nível nacional, envolvendo as maiores empresas de ponta do mundo. Dentre as tendências, estão tecnologias voltadas à saúde, inteligência artificial para o dia a dia e realidade virtual e aumentada.

Essa experiência internancional busca mostrar como são criados os novos negócios, produtos e oportunidades dentro de um mercado já estabelecido, e fazer com que os empresários de Santa Catarina apliquem as inovações no dia a dia das suas empresas.

Durante a Missão são realizadas visitas técnicas orientadas a empresas que atendem os segmentos como: cultura empreendedora, educação empreendedora, negócios internacionais, aceleradoras e incubadoras e empresas de nicho. Esses momentos têm o objetivo de fomentar vínculos comerciais com empresas que atuam em seu segmento de mercado, criar parcerias comerciais, aprendizado via Q&A e agregar valor para os empresários e empreendedores.

Missão New York

A Retail’s Big Show, organizada pela National Retail Federation, acontece todos os anos e é o maior evento de varejo do mundo. A cidade é uma ótima opção para manter-se perto das tendências do setor varejista e das estratégias para o comércio, onde reúnem-se os principais nomes atuantes no segmento para debates, palestras e apresentações. 

No mercado dinâmico e inovador de NY, que é o centro das atenções mundiais quando o assunto é o comércio, a participação no evento permite conhecer o futuro do setor e avaliar quais as tendências são mais aplicáveis à realidade brasileira.

Na Missão Técnica New York, além da participação na Retail’s Big Show, o grupo participa de visitas técnicas com o objetivo de oportunizar conhecimento para aperfeiçoar práticas e estimular novos formatos e meios de gestão para alcançar o sucesso em seus negócios.  Além disso, estimulam novas ideias que podem ser adaptadas e aplicadas no mercado catarinense. 

Programa Executivo Internacional Ingolstadt

A cidade de Ingolstadt, na Alemanha, é um ótimo roteiro para quem deseja visitar empresas de referência no mercado europeu. No mundo empresarial, possui um amplo aprendizado sobre estratégias de mercado, inovação e tendências do comércio para todo o processo dos negócios.

Disciplina é a base da gestão alemã o comprometimento e dedicação são características marcantes desse mercado. Ingolstadt é a cidade onde as empresas investem em inovação e aceleração do comércio, por meio de uma abordagem que visa a melhoria do desempenho de gestão.

O Programa Executivo Internacional, voltado para empresários e gestores do comércio nacional, tem como objetivo fomentar a inovação da gestão de seu negócio e acelerar seus resultados. São realizadas visitas técnicas mediadas dentro da Universidade Technische Hochschule Ingolstadt (THI), e em empresas que recebem suporte consultivo e desenvolvem projetos em parceria com a instituição.  Essa experiência possibilita conhecer cases de sucesso e conversar com os seus  gestores para saber como funciona o processo de desenvolvimento e gestão de projetos executados por essas empresas. 

Ao final do intercâmbio executivo, o grupo participa de um workshop em que é desenvolvido um plano de ação para possibilitar a aplicação de todo conhecimento adquirido e os insights surgidos a partir da vivência do Programa.

E aí, você se interessou por  em alguma dessas opções? Saiba como participar  das  Missões Técnicas do Senac SC e não perca a oportunidade de experimentar novas culturas. 

Dicas de gestão de negócios que você pode aprender com La Casa de Papel

Provavelmente você já assistiu ou ouviu falar na série espanhola La Casa de Papel. Mas, talvez não tenha passado pela sua cabeça o que ela pode nos ensinar sobre questões de negócios

A série rendeu até um livro, “7 Lições De Negócios De La Casa De Papel”, escrito por Fábio Bandeira de Mello, que fala sobre liderança, estratégia, negociação, inovação, vendas, marketing e comunicação.

A série já está na sua terceira temporada e segue arrebatando o público com seu enredo envolvente. Mas, para ir além do fascínio pela ficção, resolvemos trazer alguns aprendizados que os personagens podem nos ensinar sobre os negócios. 

Sobre o que se trata, mas sem spoilers

Vestidos com macacões vermelhos e máscaras, ao som de Bella Ciao – num refrão que não sai da cabeça -, oito ladrões se trancam com reféns na Casa da Moeda da Espanha para um assalto. Tudo é planejado pelo personagem chamado de “Professor”. 

O perfil dos personagens da série é bem característico, eles não têm praticamente nada em comum, a não ser um único objetivo: imprimir e saírem de lá com muito dinheiro!

Afinal, o que os personagens da série nos ensinam sobre os negócios?

Planejamento

O ponto chave é a participação do Professor, responsável por planejar todo o assalto. A série mostra vários desdobramentos, e quando parece  que as coisas não vão dar certo, descobrimos que ele já tinha pensado em tudo!

Apesar de ter planejado o crime minuciosamente durante anos, quando ele reúne as pessoas que vão participar do assalto, todos estudam cada detalhe da operação juntos. Qual a relação disso com a sua equipe de negócios? Tudo! É muito importante que cada membro da sua equipe reconheça o seu papel e o que é necessário para alcançar as metas do negócio ou do grupo. Exatamente como é o caso da série, em que são designadas funções para cada integrante com uma finalidade específica.

Contratempos

As coisas podem sair um pouco do planejamento inicial, aí que entra a questão: E agora, o que fazer?

O Professor previu vários problemas, tanto que em muitos momentos as respostas para os contratempos estavam lá. Não era apenas um plano A ou B, ele tinha o alfabeto inteiro na manga.

Os assaltantes estudaram as mais diversas situações que poderiam colocar tudo a perder. Conforme as coisas iam acontecendo, eles mudavam a rota para chegar no objetivo final. Mesmo com planejamento, todos os planos são suscetíveis a risco. É importante adaptar-se a situações não previstas, administrar conflitos em sua equipe quando as coisas saem do planejado e assumir erros dentro de um negócio. Estratégias e novas alternativas podem ser a solução dos problemas, imaginar o que fazer em determinadas situações resulta numa preparação ainda maior da equipe para eventuais contratempos. 

A equipe

Rio, Berlim, Moscou, Nairóbi, Tóquio, Denver, Helsinque e Oslo, todos chamados por nomes de cidades espalhadas pelo mundo, foram escolhidos de forma minuciosa pelo Professor.

Para a ideia realmente dar certo, foram escolhidos integrantes com habilidades diferentes, ou seja, funções específicas e características distintas que, trabalhadas em conjunto, garantiriam o sucesso do plano. 

Como em qualquer situação, trabalhar em equipe nem sempre é fácil, é preciso aprender a gerir e  lidar com as diferenças entre as pessoas em inúmeros aspectos. Muitas vezes são estas particularidades de cada colaborador, visões e opiniões distintas, que ajudam a gerar bons resultados para o crescimento da sua empresa. Uma lição: O trabalho em equipe importa! Cada função é importante para realizar grandes objetivos.

Liderança

Na série, quando os desentendimentos entre os membros da equipe aparecem, o Professor intervém para que as coisas não saiam do controle. E assim deve atuar o líder de uma empresa, agir com transparência e realizar adequações  quando necessário.

Mesmo do lado de fora da Casa da Moeda, o Professor está sempre atento às necessidades de sua equipe, mantendo-se próximo a eles, observando o seu trabalho e agindo diretamente em determinada situação que julgava pertinente. Como um bom exemplo de  líder, ele procura antever possíveis ações externas ou, até mesmo, internas que implicam na execução das atividades do seu grupo, dessa forma consegue auxiliar de maneira estratégica a equipe e otimizar as ações.

Situações imprevistas são comuns e o líder precisa saber como auxiliar sua equipe, administrar conflitos e estar preparado para as adversidades eventuais.
Conheça seus clientes

Assim como as características de cada integrante, o Professor também planejou quem estaria na Casa da Moeda no dia do assalto. Não foi escolhido um dia qualquer, ele sabia o perfil de cada um que estava lá no momento da ação.

Da mesma forma e com o mesmo nível de detalhamento é importante que você conheça os seus clientes. Isso facilitará na hora de criar projetos, campanhas, propostas e como deve ser a postura do seu negócio em determinadas situações ou com um público específico. Além de deixar mais claro o que o cliente espera da sua empresa. Assim, seu time estará bem preparado para realizar o trabalho, mesmo que você tenha clientes dos mais variados segmentos.

E aí, você estaria preparado para entrar no nosso time? Conheça alguns cursos de pós-graduação do Senac que podem te preparar para os desafios no mundo dos negócios.

Como se organizar para cumprir suas metas no segundo semestre de 2019?

É preciso planejamento para organizar todas as suas metas. Já estamos na metade do ano, e passou voando, não é? Esse é um período em que muitas pessoas colocam na balança os seus planos e objetivos, e aumenta a vontade de realizá-los antes de completar os 365 dias do ano. 

Com planejamento e organização é que concluímos grandes projetos. É normal estar no segundo semestre e pensar nas coisas que ainda não foram realizadas e no que fazer para cumpri-las, ou, pelo menos, (re) organizá-las até o final do ano. Mas nós vamos te ajudar nisso!

Se você traçou alguns objetivos para 2019, já é um grande passo. Agora, basta que você se planeje melhor. Trouxemos algumas ideias que podem te inspirar a terminar o ano com a sensação de dever cumprido.

Defina suas metas

Economizar dinheiro, realizar um intercâmbio, ter uma vida mais saudável, viajar, aumentar a produtividade no trabalho ou organizar eventos. Afinal, quais são as suas prioridades até o final do ano? 

Tenha em mente seus propósitos e sempre faça anotações de tudo que almeja, isso ajuda a deixar os objetivos ainda mais claros, seja no âmbito profissional ou pessoal. Inclua todos os seus projetos, independente de estarem ou não em andamento. Assim, você poderá enxergar os próximos passos com mais nitidez. 

Depois, crie um ranking de importância e estabeleça prazos para cada um dos seus objetivos. Projetos de longo prazo ou que não estão em andamento podem ser mais difíceis de realizar, mas são igualmente importantes e devem estar listados da mesma maneira. 

Como você pode realizar o que ainda não foi feito? 

Traçar planos é importante, mas não é a única coisa necessária. É preciso agir para conquistar o que desejamos. Observe o que cada meta cobra de você, seja tempo, dinheiro ou disposição. Não basta ter tudo bonitinho e organizado se você não estiver disposto a fazer as coisas que são necessárias para atingir seus objetivos.

A administração do tempo é fundamental. Estabeleça períodos na sua agenda para se dedicar e tenha em mente que os prazos servem para te ajudar a não desistir de conquistar o que almeja. Seus objetivos podem cair no esquecimento se você não tiver uma data limite para cumpri-los.

Organização

Você é aquela pessoa que escreve todas as tarefas num caderno e c, ao riscar um dos afazeres, fica com a sensação de dever cumprido? A sua agenda possui planejamento semanal, mensal ou anual? Essa organização é fundamental para enxergar o conjunto dos seus compromissos de forma mais objetiva. P 

Existem inúmeras ferramentas que podem te auxiliar a manter tudo organizado e planejado, como, por exemplo, bullet journal, planners, marca-textos, blocos auto-adesivos e modelos de organização online (planilhas).

Mapa Mental

Uma outra opção para planejar suas metas é o mapa mental, ideal para organizar dados e tornar a nossa compreensão sobre eles visualmente mais fácil.

O modelo do mapa mental foi desenvolvido pelo britânico Tony Buzan, e pensado para facilitar a administração de informações. Sua principal característica é a estrutura baseada em ramificações, além de poder usar recursos como cores e símbolos para planejar ações que visam alcançar objetivos específicos.

Nós criamos um mapa mental para ajudar você a se organizar melhor nesse segundo semestre de 2019. Clique aqui e baixe o seu.

 

Mapa Mental

 

Celebre pequenas conquistas

Provavelmente você já realizou muitas coisas até aqui. Aprenda a celebrar as suas conquistas, mesmo que não sejam seus maiores projetos. Pequenas metas alcançadas são realizações c tão importantes quanto uma que cobre mais de você.

Não se culpe por projetos inacabados

Uma coisa importantíssima a se considerar é que você não pode e nem deve se sentir culpado por metas não cumpridas. Com planejamento, as tarefas que não foram concluídas num determinado período poderão ser finalizadas em outro momento.

A organização nos ajuda a traçar um caminho, e serve justamente para clarear as nossas prioridades e objetivos, mas ele não é imutável. Por isso, permita-se mudar o roteiro quando necessário. 

E você, leitor, independente do que estiver usando para organizar os seus projetos, o planejamento de algumas metas serve para mudarmos os rumos, alterarmos datas, e o mais importante: nunca descartá-las ou esquecê-las, mas auxiliar a executá-las da melhor maneira possível.

Gostou do nosso mapa mental e das ideias para planejar o segundo semestre de 2019? Quer conhecer outros métodos de organização? Confira em nosso blog o método GTD.

6 dicas para ter a sua equipe motivada no ambiente de trabalho

A motivação inspira e gera bons resultados, e prezar pela qualidade no ambiente de trabalho é uma ótima característica para motivar os profissionais dentro da sua empresa.

Um líder ativamente engajado com o que acontece na empresa e disposto a ajudar os profissionais está à frente das necessidades do seu negócio. O conhecimento sobre o trabalho de cada funcionário é essencial para identificar mudanças e extrair de cada um da equipe o que ele tem a oferecer de melhor para os objetivos desejados.

Conheça algumas dicas que devem ser consideradas na hora de manter uma equipe motivada, e, consequentemente, aumentar a produtividade no ambiente de trabalho, a qualidade dos serviços e a satisfação com os clientes:

Planejamento estratégico

Se você tem uma empresa pequena, média ou grande, não importa! Estabelecer estratégias de planejamento é importantíssimo em qualquer porte e segmento.

Onde a sua empresa quer estar em alguns dias, meses ou anos? O planejamento estratégico é o conjunto de ações que visa o alcance de objetivos para o seu negócio. E nesse contexto, é necessário que cada membro reconheça o seu papel e o que é necessário para alcançar as metas. 

Uma equipe planejada e preparada para eventuais mudanças, está pronta para encarar os novos desafios. Com a Era Digital e constantes transformações, a competitividade empresarial está cada vez mais acirrada. Portanto, determine os objetivos junto à equipe! Defina responsabilidades a todos os colaboradores e certifique-se de que eles sabem exatamente quais são os resultados desejados. 

Remuneração

O incentivo financeiro é fundamental para manter a motivação da equipe. Todos precisam pagar suas contas, não é mesmo? Além de refletir no bolso, a motivação aumenta quando o trabalhador se sente recompensado pelos serviços prestados à empresa.

Apesar da remuneração estar associada ao sentimento de reconhecimento e respeito pelo trabalho, a motivação do funcionário não está ligada somente com o dinheiro que ele ganha no final do mês. A preocupação com o bem-estar de seus colaboradores, um ambiente que favoreça o crescimento e a produtividade da sua equipe são fatores fundamentais que podem pesar até mais do que uma remuneração acima da média do mercado. Mas, lembre-se: Também é importante verificar se o salário oferecido está compatível com o mercado.

Gamificação 

Você sabe o que é gamificação, ou gamification? É o auxílio de jogos para engajar pessoas e equipes, resolver problemas e motivar ações e comportamentos em ambientes fora do contexto de games.

Com essa prática, as empresas buscam engajar os participantes a alcançarem os seus objetivos, estimulando a competição saudável e trabalhando uma das principais necessidades humanas: a autorrealização. 

A gamificação é muito utilizada para o setor de vendas, por exemplo, que ajuda os colaboradores a alcançarem metas de forma mais descontraída e resulta na motivação para novos desafios.

Ferramentas auxiliares

Há quem fale mal da Era Digital, há quem faça uso da tecnologia ao máximo. Opinião  unânime mesmo é que o avanço da tecnologia transformou o ambiente de trabalho.

As novas tecnologias modernizaram práticas nas empresas, como os sistemas de gestão online e em tempo real, pagamentos online, emissão de notas fiscais, vendas e atendimentos. Os softwares Enterprise Resource Planning (ERP) e Customer Relationship Management (CRM) são exemplos de sistema de gestão empresarial que contribuem para o trabalho das empresas. 

Hoje, também otimizamos nosso tempo com o correio eletrônico, mais conhecido como e-mail, plataformas digitais e redes sociais. É fundamental que profissionais usem e abusem de ferramentas que aperfeiçoam nosso trabalho e o tornam mais eficiente. Outros exemplos são o Trello, Hangouts, Skype e Dropbox.

Capacitação da sua equipe

Preocupação com o desenvolvimento profissional da sua equipe é sinônimo de que você se preocupa com a sua empresa.

Mais do que trabalho, o seu time também precisa estar capacitado! Em qualquer ambiente profissional, seja ele no ramo de tecnologia, marketing digital, gestão ou vendas, é importante que os seus funcionários estejam em constante aperfeiçoamento, para que a sua empresa esteja atualizada sobre os novos desafios e tendências do mercado de trabalho. A conta é uma só: Mais capacitação é igual a mais e melhores resultados da sua equipe.

Reuniões produtivas

Reuniões são importantíssimas. Elas são amigas indispensáveis para acompanhar atividades, observar se o planejamento estratégico está surtindo efeito e discutir adequações. É o momento de propostas e do feedback! Mas, faça das suas reuniões as mais proveitosas possíveis, ou todos sairão frustrados e com a famosa sensação: Poderia ter sido um e-mail.

Use e abuse do meio digital também! Trabalhe com aplicativos, plataformas e contas que otimizem o tempo das reuniões e resolvam assuntos imediatos. Para as reuniões se tornarem mais rápidas e produtivas, tenha assuntos pré-definidos e duração estabelecida. Você também pode fazer um planejamento de reuniões mensais ou quinzenais, o que melhor se adequar ao seu negócio e com a demanda de assuntos a serem resolvidos. Evite deixar assuntos pendentes para uma próxima reunião e informe aos participantes sobre o tema a ser abordado. 

Não esqueça de valorizar a opinião do seu time, toda crítica construtiva é bem-vinda. Além do mais, quando a equipe é ouvida, sente seu trabalho valorizado e possui mais motivação para desempenhar suas atividades.

Gostou das nossas dicas? Leia também sobre como incentivar o bem-estar na sua empresa para seus colaboradores

Conheça grandes nomes da gastronomia catarinense

A gastronomia ganhou destaque nos últimos anos, especialmente por conta dos muitos programas, competições e séries disponíveis em vários lugares. A alta exposição da profissão contribuiu para a popularização da alta gastronomia e, em Santa Catarina, contamos com talentosos chefs que atuam com diferentes vertentes culinárias. Conheça alguns dos chefs catarinenses que podem inspirar você: 

chef cooking

Daniel André Lopes

Avaliador_Danie-André-Lopes_Cozinha_2

Reconhecido pela ABAGA, Associação Brasileira de Alta Gastronomia, o chef conheceu sua paixão aos 11 anos, cozinhando nos acampamentos do grupo de escoteiro que participava. Seu primeiro contato com a culinária foi em uma cozinha industrial em Joinville, onde começou como lavador e, depois de um ano, recebeu uma promoção para atuar como auxiliar de cozinha. Destacou-se entre os colegas auxiliares e, por fim, ganhou a oportunidade de ser cozinheiro. Trabalhou durante anos em um restaurante em Balneário Camboriú ao lado de um chef francês, onde pôde aprender muito sobre gastronomia e, eventualmente, tornar-se chef. Atualmente, leciona em várias instituições de ensino e é professor especialista no quadro do Senac SC. 

Janete Borges

Começou sua história com a gastronomia ao lado dos pais, em Imbituba, pescando e cozinhando com a família. Entre suas experiências, trabalhou ao lado do chef Alex Atala e até hoje mantém contato com o cozinheiro para levar algumas das influências catarinenses para outros estados. É reconhecida por valorizar a culinária catarinense e utilizar ingredientes de fornecedores locais. Hoje atua na cozinha do IL Campanario Villaggio Resort, em Jurerê Internacional.

Heiko Grabolle

thumbnail_016

Nascido na região de Westfalen, na Alemanha, cresceu em um vilarejo com cerca de mil habitantes. Encantou-se pelos aromas dos temperos de sua região e, inspirado nisso, formou-se na escola profissional para chefs Fischbacherberg. Durante sua carreira, trabalhou em restaurantes na Alemanha, como chef na Otan, Inglaterra, Espanha, mas foi no Brasil, com ajuda do charme de uma brasileira, que estabeleceu residência. Trabalha intensamente para mesclar os sabores da cozinha alemã e brasileira, sem deixar a harmonização de pratos e cervejas de lado. Atualmente, é chef e consultor do Senac Blumengarten, em Blumenau

Leo Abreu 

Com uma história recente, o chef começou vendendo brownies que sua esposa fazia de porta em porta nos centros comerciais de Florianópolis. Aos poucos, o casal foi se dedicando às sobremesas artesanais, abriram uma loja e fizeram um canal no YouTube. Depois de três anos, suas receitas bombaram na internet graças ao um conteúdo de qualidade, bem editado e com receitas deliciosas. Sua cozinha é conhecida por ter um estilo mais rústico e, hoje, atua e é sócio no O Ferro – Rango Sincero, em Florianópolis. 

Esses são apenas alguns dos inúmeros chefs catarinenses que podemos citar. Se você também deseja trabalhar com gastronomia, conheça os cursos disponíveis na área do Senac SC: http://senac.sc/16FzBg

O panorama do mercado de games em Santa Catarina

Nosso estado está sendo cada vez mais reconhecido no mundo dos games. No segundo censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais, Santa Catarina aparece como residência de 5,6% das desenvolvedoras de jogos do país, somos o quarto estado com a maior concentração de empresas do ramo. Além disso, temos muitos profissionais da área em nossa região, cerca de  4,7% dos autônomos desse mercado estão por aqui.

Aos poucos, o setor tem crescido cada vez mais, com as empresas que vem se instalar na região e também com cursos na área de programação de jogos, que formam cada vez mais profissionais para atuar nessa frente. Florianópolis é um dos grandes pólos de concentração dessas empresas e conta com incentivos financeiros para incentivar o desenvolvimento da área. 

Fomento ao mercado de games

O governo estadual incentivou o crescimento desse mercado através do Programa Santa Catarina Games e Entretenimento Digital, mais conhecido como SC Games. O objetivo do programa foi fomentar e desenvolver a área no estado, através da preparação de recursos humanos e divulgação nacional e internacional dos produtos. 

No começo, o projeto era dirigido por uma comissão gestora ligada ao governo, mas em 2011 ele passou a ser administrado pela ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia) e mudou seu nome para Vertical Games e Apps. A partir disso, as empresas começaram a se  associar à ACATE, a fim de desenvolver e comercializar jogos eletrônicos. 

Como aproveitar essa onda e entrar no mercado dos games?

Bom, existem diversos profissionais envolvidos no desenvolvimento de jogos e cada uma de suas expertises e áreas de trabalho têm espaço nesse nicho. Falamos mais sobre essas oportunidades neste blog

Mas, existem outras formas de ingressar nesse mercado, a começar pelos eSports, ou Esportes Eletrônicos, que são os torneios e campeonatos de grandes jogos. A modalidade tem um grande número de adeptos e a competitividade é altíssima, tornando essa indústria poderosíssima. É uma das que mais utiliza novas tecnologias para favorecer a interatividade, tais como realidade aumentada, 3D, inteligência artificial, entre outras.

O mercado geek é composto por um público apaixonado por determinadas referências, seja por filmes, quadrinhos ou jogos. Trazendo para o universo dos games, a comercialização de itens licenciados, como roupas, canecas, quadros, etc, é um nicho que pode ser bastante explorado. 

Temos também a gamificação, uma forma de aplicar técnicas de design e estruturação de jogos em situações reais. Para isso, utilizam mecânicas e pensamentos orientados aos games para enriquecer contextos diversos não necessariamente relacionados a esse universo. Suas aplicações vão desde na educação, em empresas, publicidade e até locais não tão usuais, como hospitais.

O mercado consumidor de games em Santa Catarina 

Hoje o perfil das pessoas que consomem jogos é bem dividido, cerca de 53,6% são do gênero feminino e 46,4% são do gênero masculino. Aproximadamente 40% desse público tem entre 25 e 34 anos e mais da metade se considera um gamer casual. A maioria joga no celular, computador e videogame, respectivamente, e gosta de games com temas de ação e aventura, e estratégia.

Gostou de saber sobre o mercado de games? Faça parte dele com o curso de Desenvolvedor de Jogos Eletrônicos. Inscreva-se: http://senac.sc/09ZR91

 

Como e onde investir para modernizar o seu comércio?

Para quem trabalha no comércio, inovar é sempre um desafio e muitas vezes pode ser o diferencial na escolha do cliente. O crescimento nesse ramo depende muito do seu nicho de mercado e como você o aproveita para se destacar.

Podemos observar algumas tendências de consumo que podem servir de referências, como, por exemplo, a sustentabilidade, que é uma pauta bem atual e discutida. Hoje, o público consumidor se preocupa com o meio ambiente e deseja consumir de uma forma mais responsável, agredindo menos o ecossistema em que vivemos. 

Essa tendência de consumo consciente tem correlação com a outra pauta da atualidade: a defesa pelos direitos dos animais – principalmente na área de saúde e beleza, onde os produtos por muito tempo foram testados em animais. Os produtos veganos, ou com selos “cruelty free, estão ganhando mais espaço nas prateleiras. Mas além de seguir tendências, existem outras formas de melhorar e se destacar no comércio:

1) Entregas

 

Tempo é dinheiro e isso se torna mais real a cada dia. Ter entregas no seu comércio é um diferencial para atender àqueles clientes que não podem se deslocar até sua loja, seja por conta do horário, distância ou disponibilidade. E claro, a rapidez com que as entregas são feitas e a possibilidade de agendamento são outros pontos importantes.

2) Redes Sociais

As mídias sociais são grandes aliados na hora de divulgar e impulsionar as vendas no comércio. Elas podem ser usadas de forma gratuita, ou até patrocinada, para atingir um público maior ainda. A publicidade paga em redes sociais permite que você direcione seus produtos de acordo com gênero, idade, localização e interesses dentro das redes escolhidas.

3) Loja Virtual

A loja online é o acesso na palma da mão de seus clientes. Estar presente dessa forma pode fazer com que seu mercado seja muito mais amplo. A loja online pode ajudar na visibilidade da sua marca, na diminuição de alguns custos e contribuir para um maior lucro com as vendas efetuadas neste canal, que tendem a aumentar graças à visibilidade.

 4) Atendimento (em todas as redes)

Quem não gosta de ser bem atendido? Isso com certeza é uma das qualidades que mais são lembradas quando é bem feito. Mas, que fique claro, isso não é importante somente na loja física, o cuidado com o atendimento online deve ser igualmente grande. Outro ponto importante é que essas redes devem se comunicar: muitas vezes o atendimento pode começar online e se concluir na loja física. As informações devem ser compartilhadas para que o cliente seja bem atendido nos dois ambientes.

Curtiu nossas dicas? Aproveite o tema para implementar mudanças no seu comércio e inovar dentro do seu nicho.

Que tal comemorar o dia da pizza com uma receita de Flammkuchen?

Hoje é comemorado o dia da pizza, um prato da gastronomia italiana que é muito consumido no Brasil. Nosso país produz cerca de 1 milhão de pizzas por dia, mais da metade é consumida somente no estado de São Paulo, segundo a Associação de Pizzarias Unidas de São Paulo. 

Apesar da origem italiana, nossa comemoração terá outra nacionalidade, vamos apresentar a receita da Flammkuchen. Esta receita de pizza alemã foi feita pelo chef do Senac Blumengarten, Heiko Grabolle, como um dos pratos principais da Oktoberfest 2018 e continua fazendo sucesso no cardápio do restaurante. Confira a receita: 

Massa

  • 200 g de farinha de trigo
  • 1 ovo
  • 10 g de açúcar
  • 10g margarina
  • 10 g fermento
  • 120 ml água

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes e adicione a medida de água aos poucos. Sove bem. Depois, abra a massa com a ajuda de um cilindro, para que ela fique bem fininha, e corte no formato retangular (20×25 cm). Asse por quatro minutos no forno a 130 ºC.

 Cobertura tradicional

  •  45 ml de nata
  • 60 g de bacon em cubinhos
  • 50 g de cebola cortada em tiras finas e refogada

Modo de preparo: Espalhe a nata, o bacon e a cebola por cima e leve novamente ao forno. Asse até dourar. 

Você ainda pode inovar nos sabores e testar outros ingredientes, como linguiça Blumenau, palmito, e até experimentar a versão doce, com banana, canela, abacaxi. Já escolheu o sabor? Agora é só colocar a mão na massa ou fazer a sua reserva no Senac Blumengarten. Guten Appetit!