Autor: blogsenac

Inovação direto da Alemanha: conheça o Programa Executivo de Ingolstadt

Nossa equipe retornou do Programa Executivo Internacional de Ingolstadt, na Alemanha, onde foram sete  dias de viagem imersos num universo de inovação, aprendizado e gestão.  Os gestores puderam conhecer e vivenciar experiências dentro do mercado de varejo. Acompanhe um pouco dessa viagem:

IMG_3156
O tour começou pela Universidade Técnica de Ingolstadt (THI) que é uma referência na Alemanha por trabalhar como escola de negócios e engenharia automotiva de eletromobilidade. Dentro da instituição existem diversos laboratórios de realidade virtual voltados para o varejo e a inovação automotiva que trabalham com a experiência do cliente. Esses espaços servem como uma parceria entre a universidade e as grandes empresas, que investem nesse ambiente tendo um retorno para os seus negócios através desses experimentos.

IMG_3264

A comitiva também visitou o grupo Aldi, multinacional alemã que possui uma das maiores cadeias de supermercados do mundo. A empresa é líder do mercado nacional e referência em alguns dos seus processos, oferece salários compatíveis com o nível de exigência e resultado cobrado dos colaboradores. Dentro do seu processo de venda, procuram o menor custo possível para que possam oferecer o produto com o menor preço.

Cerca de 90% dos produtos da loja são de marca própria e os outros 10% são de marcas conhecidas, que são usadas para atrair o cliente e assim levá-los a consumir também itens da Aldi. O fluxo de visitação é um dos maiores da Alemanha e todas as lojas são construídas com uma lógica inteligente de compra, começando, por exemplo, pelas padarias que possuem itens que compõem o café da manhã.

Um ponto bastante reforçado pela equipe é o investimento em seus funcionários, eles entendem que ter colaboradores qualificados só fazem com que a empresa cresça cada vez mais, agregando mais conhecimento e expertise para os negócios. Por isso, a empresa incentiva e investe nisso para se manter como uma das líderes do mercado.

IMG_3280

Outra empresa visitada foi a Media Saturn que é uma cadeia multinacional alemã de lojas de produtos eletrônicos de consumo. A empresa oferece alguns serviços diferenciados, como espaço para teste de produtos com tecnologia holográfica e robótica. Além disso, oferecem serviços de manutenção e suporte em casa para solucionar qualquer problema que o produto possa apresentar.

A comitiva também visitou a cervejaria Hofbräuhaus que é estatal, mas gerenciada por um grupo privado, dessa forma, parte do lucro é destinado ao estado. A marca possui um sistema de franchise que levou ao trabalho forte com a marca e a alavancar sua presença digital, que é um dos principais alicerces da estratégia da empresa.

IMG_3339

Para Marcus Tutui, responsável técnico do Programa, um dos benefícios da viagem para Ingolstadt é a oportunidade de conhecer e conversar com especialistas no mercado de negócios que realmente aplicam e atuam com isso em suas próprias empresas. Durante todas as visitas foi possível conversar com os gestores e saber como funciona o processo de inovação dessas grandes marcas que são referências dentro do mercado alemão. “Todos Todas essas visitas nos permitem conhecer e sistematizar projetos de melhorias que podem ser adaptados para a realidade do Brasil.”

Além disso, a comitiva teve um espaço de conversa com os professores da universidade em uma espécie de consultoria, onde os gestores puderam falar sobre suas empresas e expor suas ideias, recebendo dicas e conselhos dos especialistas sobre como poderiam melhorar seus negócios.

Gostou da experiência? Saiba mais sobre as próximas oportunidades no site: http://senac.sc/Wcjt0y

 

Como planejar seus gastos no fim de ano?

O ano está acabando e com ele vem os diversos eventos: amigo secreto, confraternização no trabalho, ceia de Natal, festa de ano novo, entre outros. Com tanta comemoração sempre tem aquele gasto extra, seja com presentes, ingressos, comida ou bebida,, sendo fácil perder o controle das finanças e gastar mais do que o previsto. Por isso, nós temos algumas dicas para ajudar a controlar a sua carteira neste fim de ano:

Planilha de Finanças

Se você ainda não tem, coloque como nova meta para 2019. Controlar o seu dinheiro é essencial para saber onde e quanto você gasta. Isso ajuda a medir qual área mais custa dentro da sua vida e assim você pode economizar em pequenos itens, como aquele cafézinho da manhã na padaria que ao final do mês pode custar bastante.

Não esqueça de poupar parte do dinheiro extra que entra no fim de ano ou utilize-o para pôr em dia dívidas existentes. Caso haja várias dívidas acumuladas, comece pela mais alta.

Calendário de Eventos

Primeiramente organize todos os eventos que você possui no fim de ano, começando pelas datas e depois contabilizando os gastos com deslocamento, comida, bebida, possíveis presentes. Assim você consegue projetar melhor quanto esses eventos vão custar ao seu bolso. Lembre-se que equilíbrio é a palavrachave. Economize onde for possível, divida a corrida com um colega, compre presentes mais baratos e não exagere nos gastos não planejados, assim você pode comparecer a todos os eventos que for chamado.

Compras

No fim de ano algumas coisas se tornam mais caras por conta do volume de compras nessas época. Programe-se e antecipe as compras que puder, aproveite a época de black friday e garanta os presentes com desconto. Outra dica é, se possível, faça as compras à vista, além de conseguir desconto você ainda não precisa se preocupar com o pagamento futuro.

Faça sempre suas compras com uma lista programada, isso evita aquela dúvida sobre o que  comprar e ajuda a manter o foco no que realmente importa e, assim, você não gasta com supérfluos.

Gostou das nossas dicas? Aproveite e conheça nossos cursos de gestão e finanças para aprofundar ainda mais seus conhecimentos nessa área: http://senac.sc/d38VW8

Tensão pré Enem? Confira algumas dicas para relaxar antes da prova

Neste final de semana acontece a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM. Muitos estudantes se preparam por meses e é comum ocorrer aquela tensão nas vésperas da prova. Esse é um fator que pode prejudicar a concentração e execução das questões, por isso nós temos algumas dicas para você relaxar nesse período anterior ao exame.

Ouça Músicas Relaxantes

Já sabemos que a música pode influenciar em nosso humor e até no paladar. Por isso, ela pode ser um bom recurso para relaxar antes da prova. Procure escutar músicas que provoquem uma sensação de aconchego e ajudem a relaxar sua mente. Ritmos mais agitados são indicados ao acordar, para dar aquele ânimo no dia.

Segundo uma pesquisa do Spotify, escutar músicas com 80 batidas por minuto, como o hit “Happy”, de Pharrell Williams, ou “Sing”, de Ed Sheeran são boas indicações para começar o dia com energia. Os estudos também mostraram que música clássica entre 60 e 70 batimentos por minuto melhoram o humor. Estudantes que se sentem desestimulados podem ouvir peças como “I giorni”, de Ludovico Einaudi, e “Closing act”, de Andrew Bayer, para se reenergizar.

Ao final da prova, para relaxar, uma trilha sonora mais calma é o indicado, algo entre 50 e 80 batidas por minuto, a sugestão é “All of me”, de John Legend. Mas para quem não quer se preocupar com a playlist, pode aproveitar essa para focar nos estudos.

Leia um livro divertido

Ler também é uma forma de descontração, mas não adianta ser aquele resumão da prova, aproveite para tirar aquele livro da estante que está há tempos na sua lista de espera. Procure obras mais leves, com um enredo suave e cativante, assim a história ajudará você a desligar um pouco do nervosismo da prova e você ainda consegue ler aquele livro que estava empoeirado na estante. Os bests sellers são boas indicações nesse momento, porque geralmente possuem um enredo bom e que podem desligar a sua mente do nervosismo.

Assista suas comfort series

Sabe aquele dia que você chega exausto em casa e só quer ver algo para relaxar, rir e descontrair, algo que te faça desconectar da rotina do dia a dia? Essas são as comfort series.

Em geral, são aquelas que você já assistiu diversas vezes, sabe as falas, os episódios, mas mesmo assim ela te anima e ajuda a relaxar. Um dos clássicos mais assistidos e que seguem nessa linha é a série Friends, uma comédia leve com episódios curtos e que cumprem bem esse papel de relaxar. Se você ainda não tem a sua comfort serie, talvez essa seja uma boa hora para descobrir.

Gostou das nossas dicas? Não fique nervoso, relaxe e boa prova!

Perfil de liderança: como reconhecer e incentivar essa habilidade na sua empresa

 

No trabalho em equipe é possível identificar  no dia a dia aquele profissional que exerce um papel de liderança no grupo, pessoas que geralmente assumem o direcionamento e conduzem projetos, conversas e reuniões. Pessoas com essas características são fundamentais no ambiente de trabalho, e cabe ao gestor perceber e incentivar esse colaboradores a desenvolver grande carreiras dentro da sua empresa.

Desempenho

Os desempenhos e resultados de um colaborador em uma empresa são grandes indicadores de sucesso na realização do trabalho. Mas não se atenha somente a números, existem outras habilidades que podem ser identificadas e levadas em consideração nesse processo de análise de desempenho, que são: comprometimento, autodesenvolvimento, excelência. Esses fatores demonstram pessoas engajadas com os princípios da empresa e que buscam crescer dentro do ramo.

Comportamento

Dizem que um bom líder é aquele que consegue motivar a equipe e isso não está restrito aos gestores, profissionais em geral com esse perfil podem inspirar colegas da mesma forma. O objetivo é o mesmo, de transformar o ambiente de trabalho em um local produtivo e colaborativo. Para pessoas que possuem  essa característica, o bom relacionamento interpessoal e proatividade são qualidades comuns. São pessoas que estimulam a inovação e possuem grandes habilidades de negociação.

Como incentivar os perfis de liderança na sua empresa?

O primeiro passo no reconhecimento de um líder é conhecer o perfil dos seus funcionários, isso permitirá que você seja mais assertivo na hora de incentivá-lo. Algumas pessoas são estimuladas de formas diferentes, umas por desafios, outras por metas bem estabelecidas, independente da forma, saber isso é fundamental para dar um gás nos aos líderes da sua equipe.
Você pode começar incentivando esse instinto de liderança, dando responsabilidades maiores para essas pessoas, mas sempre oferecendo suporte, para que eles demonstrem suas habilidades na hora de resolver problemas trazendo soluções inovadoras. Depois, você pode demandar projetos maiores, com equipes estruturadas para que ele possa exercer esse perfil. O mais importante desse processo é dar feedback e acompanhamento, para que você como gestor possa oferecer sua experiência e ajudar nessa formação.
Gostou das dicas? Então melhore seu perfil de gestor e da sua equipe com os cursos de graduação Senac SC nesta área, acesse: vestibular.sc.senac.br

Conheça as melhores séries adaptadas dos livros

 

Para os amantes da leitura, as séries adaptadas para livros podem ser uma grande recriação da sua série (ou uma decepção), mas em geral são apreciadas por traduzirem em imagens aquilo que vários leitores imaginam ao percorrer as páginas. Veja algumas das séries famosas adaptadas de títulos literários:

Game Of Thrones

Uma das séries mais aclamadas dos últimos tempos, Game Of Thrones baseia-se nos livros de George R. R. Martin e conta a história de Westeros, uma região que abriga diversas famílias ricas e poderosas que batalham pelo controle central, o trono de ferro. A obra gira em torno dessas famílias nobres que brigam por terras, poder e dinheiro.

Foi considerado um dos seriados mais caros produzidos para televisão, com média de 6 milhões de dólares por episódio. Além disso, foi muito bem recebido pelo críticos e fãs por ter um elenco muito bom e seguir bem a linha da história dos livros. Inclusive o autor foi roteirista de alguns episódios e a série recebeu diversos prêmios e quebra frequentemente recordes de audiência.

O conto da Aia

O Conto da Aia (The Handmaid’s Tale, no título original) fala sobre uma sociedade que passa de uma democracia para uma ditadura militar teocrática, onde as mulheres perdem os seus direitos. Além disso, elas são divididas entre férteis e inférteis, porque a degradação do meio ambiente causou sérios danos a várias mulheres. Assim, as férteis são abusadas para repovoar o país.

O romance da escritora canadense Margaret Atwood foi lançado em 1985 e adaptado recentemente. A série foi bem recebida pela crítica por trazer à ficção especulativa temas que ainda são relevantes no século 21, como a opressão feminina.

Orange is the New Black: My Year in a Women’s Prison

Adaptada do livro com o mesmo nome, a série foi um sucesso por abordar diversos temas importantes, como empoderamento feminino, a transfobia, a homofobia, o preconceito, entre outros. Com um certo tom de comédia, a autora relata o tempo que passou presa numa penitenciária de segurança mínima. A personagem principal é condenada após um longo tempo por um crime do passado, e agora deverá passar 15 meses na prisão, onde ela descobre um universo diferente, com muita tensão e companheirismo num grupo de detentas.

Uma das atrizes do elenco, Uzo Aduba, ganhou o prêmio do Emmy nas categorias Drama (2015) e Comédia (2014) por seu papel como Crazy Eyes.

Você já assistiu algumas dessas séries? E leu os livros? Se ainda não fez, essa é a oportunidade para atualizar sua lista de leituras e séries.

Exercitando a escrita: dicas para melhorar sua redação

Escrever sob pressão, com tempo determinado e tema definido pode ser um grande desafio para quem não tem o hábito de escrever. Mas, na maioria dos processos seletivos de vestibular e no Enem, a redação possui um peso maior e pode ser o detalhe crucial para ingresso nessas instituições. Acompanhe algumas dicas que podem ajudar nesse momento:

Leia muito

Ler sempre será o melhor exercício para quem gosta de escrever ou quer melhorar sua redação. Isso aumenta o seu conhecimento sobre um assunto, melhora sua argumentação textual e ajuda a construir um bom vocabulário. O ideal é ter uma leitura variada, desde notícias e grandes reportagens até literatura clássica. É preciso estar atento para os assuntos que estão em alta na mídia e aparecem recorrente nos jornais e revistas, buscar a informação  é a melhor forma de preparo nesses casos para contribuir com a argumentação do texto.

Tenha calma e calcule o tempo

Esse deve ser o maior desafio, administrar o tempo disponível para a escrita. Em provas mais longas, como o Enem, você precisa calcular o tempo médio que  leva para responder as questões objetivas, para assim definir o tempo restante para a redação. Por isso, mantenha a calma e coloque as ideias no rascunho para ir aprimorando e melhorando para a redação final.

Faça tópicos e seja objetivo

Após descobrir o tema, você pode estruturar seu texto através de tópicos, sempre atento ao assunto e ao estilo de narrativa que foi solicitado. Organize suas ideias da forma que você acredita ser coerente, para que elas se conectem e tenham uma conclusão clara e argumentativa condizente com a condução do texto. Cuidado para não enrolar muito para dizer algo, seja objetivo, direto e conciso ao expor suas ideias.

Leia em voz alta

Sempre que escrever algo leia em voz alta. Isso ajuda a identificar certas incoerências e até erros de ortografia no texto. Apenas tenha cuidado para não atrapalhar seus colegas de sala durante a prova. Faça uma revisão bem detalhada do texto, pois pequenos erros podem valer muitos pontos descontados.

Exercite

A melhor forma de adquirir naturalidade e identidade na escrita é praticando. Fale sobre assuntos diversos, faça várias argumentações, corrija, leia e releia seus textos. Exercitar isso faz com que a escrita se torne um hábito rotineiro, e você acaba descobrindo como funciona seu processo de produção textual e pode ficar mais tranquilo no dia da prova.

Gostou das dicas? Então, use elas para garantir seu lugar no Vestibular 2019/1 do Senac SC. Inscreva-se em : http://vestibular.sc.senac.br/

Conheça o WhatsApp Business e aprimore a comunicação da sua empresa

Muito similar ao aplicativo de mensagens privadas, o WhatsApp Business tem o objetivo de facilitar a comunicação institucional para empresas de pequeno e médio porte. Hoje, 87% dessas que usam o WhatsApp acreditam que o app ajuda na comunicação com os clientes e 81% acreditam que ele auxilia no crescimento de seus negócios. O download, por enquanto, é gratuito e só existe para a plataforma Android. Veja como ele funciona e como pode auxiliar no seu negócio:

Perfil comercial

É possível criar um perfil dentro da plataforma com informações relevantes como a descrição do negócio, e-mail para contato, endereço, site, horário de funcionamento e outras informações que podem contribuir e facilitar o contato com o seu cliente. Existe também a versão para web, que pode facilitar muito no seu atendimento vinculado a um desktop.

Respostas instantâneas
Outra função do aplicativo são as respostas instantâneas, é possível criar mensagens automáticas para as dúvidas mais comuns dos seus consumidores, elas são enviadas automaticamente depois do primeiro contato. Além disso, existe a programação de notificação de ausência, que facilita a informação de impossibilidade de atendimento no momento.

Etiquetas
O WhatsApp Business também oferece a opção de etiquetas, um recurso que permite colocar status dos clientes, isso pode ajudar a identificar a situação dos seus contatos ou até funcionar como uma estratégia de organização para sua equipe de marketing saber em qual passo de negociação esse contato está.

Relatórios

Na parte de relatórios é possível acompanhar o número de mensagens recebidas, lidas e entregues. Isso ajuda você no monitoramento das ações dentro da rede, além de ser um dado que permite avaliar a eficiência da ferramenta nas suas estratégias de comunicação.

Migração

Para aqueles que já possuíam suas contas antes da criação do app empresarial, é possível fazer a migração das conversas e contatos de forma bem simples, com a garantia de que todas as conversas serão redirecionadas para o perfil comercial.

E você, já experimentou essa ferramenta? Se sim, conte sua experiência para nós.

Dicas de livros de Design para ler ainda este ano

O mercado de trabalho para designers exige estudo e atualização constante. Conhecer novas ferramentas, acompanhar as tendências e procurar referências são alguns requisitos básicos para quem atua nessa área. Por isso, nós fizemos uma lista com cinco livros sobre design para ler este ano:

O Processo do Design Gráfico

Este livro contém 20 estudos de caso que reúnem alguns bons nomes da profissão, como  Ahn Sang-Soo, Philippe Apeloig, Michael Bierut, Ed Fella,James Goggin, Graphic Thought Facility, Johnson Banks, Anette Lenz, Me Company, Ralph Schraivogel e outros. O livro oferece um material rico e vasto com diversos temas que podem servir de inspiração para o seu dia a dia. Além disso, as reflexões dos profissionais também ajudam a compartilhar experiências que podem enriquecer o seu processo criativo.

100 Ideias que mudaram o Design Gráfico

Da invenção de Gutenberg aos tablets, o design já passou por diversas mudanças de estilos, cores, formas e expressão e é sobre isso que fala o livro escrito por Steven Heller e Véronique Vienne. A obra reúne algumas ideias que foram cruciais para a construção atual dessa profissão. O livro também traz uma reflexão sobre o futuro dessa área que não trabalha mais com papel, nem tinta, agora funciona de forma tecnológica e digital, dando foco à imagem em movimento e som.

Design de Logotipos

Quem nunca teve um amigo que pediu aquele Logo baratinho não sabe o que é ser designer! Nessa área, os logos são o cartão de visitas de muitas empresas, a forma como elas se apresentam e representam dentro do mercado de trabalho. Neste livro você encontra algumas análises de grandes projetos, trazendo algumas ideias inspiradoras e detalhamentos que podem ajudar nesse processo de criação. Todos os logotipos apresentados nesta obra são desconstruídos, para mostrar a elaboração de cada elemento para que o design se torne eficiente.

Design Digital

E por último, mas não menos importante, o design digital, que é o predominante em nossa atual sociedade. Seja para internet, celular, computador, redes sociais, tudo isso engloba o design digital. O livro faz uma análise mais profunda sobre as relações entre o público e o consumo deste produto, além de apresentar a questão da usabilidade com as diversas telas nas quais interagimos. A obra ainda traz alguns parâmetros de criação orientado a esse tipo de sistemas trazendo a questão da tipografia, cor, estrutura da informação e entre outros.
Gostou das nossas dicas? Agora você só precisa atualizar a sua lista de leitura, confira as opções de cursos voltados para essa área que o Senac SC oferece: http://senac.sc/24q8fF

Conheça mais sobre o mercado de orgânicos

O mercado de orgânicos vem se mostrando como uma área próspera de investimento. O Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (ORGANIS) realizou uma pesquisa para identificar o perfil do consumidor de orgânicos no Brasil. Os dados foram surpreendentes: 15% consomem produtos orgânicos, sendo o maior índice para a região sul, com 34%.

O Brasil está se consolidando como um grande produtor e exportador de alimentos orgânicos. Por isso, esse nicho de mercado tem aumentado nos últimos anos. Além disso, a busca por uma vida mais saudável também é responsável por esse aumento no consumo. Se você tem interesse entrar nesse mercado, veja algumas dicas que separamos.

Legalização

Para começar, os produtos orgânicos precisam de certificação. Existem três formas de garantir a certificação de orgânicos, mas duas delas exigem selos padronizados, o que eleva os custos. A forma mais barata e de venda direta ao consumidor é a Organização de Controle Social (OCS) que pode ser formada por um grupo, associação, cooperativa ou consórcio, com ou sem personalidade jurídica, de agricultores familiares organizados e cadastrados junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Esse método permite a venda direto ao consumidor, prática que já é comum em feiras de rua. Ter a OCS pode ser a garantia de uma venda segura e com qualidade para o consumidor final.

Sustentabilidade

Não faz sentido vender produtos orgânicos e não se preocupar com os outros processos que existem nessa venda. Por isso, pense em como você irá distribuir, qual o formato e o processo que os produtos passam até chegar ao consumidor. Evite desperdícios durante a etapa de produção. Pense em embalagens que são recicláveis ou reutilizáveis. Isso contribui para o reconhecimento da sua marca e para o meio ambiente.

O mercado

Segundo os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a produção orgânica nacional vem crescendo mais de 20% ao ano. O público de academias, supermercados e lojas de produtos naturais são consumidores em potencial já que produto orgânico está fortemente relacionado a alimentação. No entanto, é possível ir além e pensar em segmentos diferentes, como por exemplo o ramo de saúde e beleza. Maquiagens orgânicas e naturais tem atraído o público pela qualidade e cuidado com o meio ambiente como já falamos um pouco aqui.

Gostou das nossas dicas? Agora basta estudar o mercado para abrir seu próprio negócio e gerir sua empresa no ramo dos orgânicos. Conheça as opções de curso na área de gestão que podem contribuir para o seu negócio: http://senac.sc/KY5n9w

 

Receita alemã de Linguiça com Batata

Outubro é mês de festa e uma das mais tradicionais de Santa Catarina é a Oktoberfest. A festa típica alemã apresenta um grande cardápio de cervejas e pratos típicos com um sabor diferenciado da cultura. Para aguçar o seu paladar, nós trouxemos uma receita feita pelo chef alemão Heiko Grabolle, ele é responsável pelo cardápio do Senac Blumengarten e está presente também no stand do Senac da Oktoberfest. Confira a receita:

026

Créditos das fotos: Heiko Grabolle

Bratkartoffeln: Batata com linguiça, cebola e ervas

Ingredientes:

  • 1 Linguiça Blumenau marca OLHO, sem casca e cortada em cubos
  • 1 cebola cortada em tiras
  • 1 folha de louro
  • 60g de manteiga
  • 800g de batata cozida cortada em cubos
  • 50ml de óleo de canola
  • Sal e pimenta do reino fresca
  • Noz moscada moída na hora
  • Ovo
  • Salsa fresca picada

Método de preparo:

Numa frigideira grande, refogar na manteiga a Linguiça Blumenau OLHO, a cebola e o louro até dourar e ficar bem crocante. Tirar e fritar na mesma frigideira a batata com o óleo de canola até dourar e ficar crocante. Temperar com o sal, a pimenta e a noz moscada e devolver as cebolas à frigideira. Verificar o sabor, polvilhar com a salsa na hora e servir com ovos fritos.

007

Crédito da foto: Heiko Grabolle

Refogar na manteiga a Linguiça Blumenau marca OLHO, a cebola e o louro até dourar e ficar bem crocante.

010

Crédito da foto: Heiko Grabolle

Batata deve ser bem cozida.

031

Crédito da foto: Heiko Grabolle

Ovo frito para completar.

Dica: Podem ser usados outros tipos de carnes ou legumes, ao seu gosto, conforme o que desejar e tiver à disposição.

Aproveite o mês para visitar Blumenau e conheça as delícias do stand do Senac Blumengarten.

Franquia, como montar a sua?

Investir em franquias parece ser um método assertivo de empreender, são empresas já consolidadas e que possuem uma taxa de retorno e sucesso bem alta. Em 2017 o setor faturou R$ 163 bilhões e a estimativa de crescimento é de 10% para este ano. De fato, o mercado é promissor, mas você precisa estar atento e entender alguns conceitos que devem ser considerados antes de abrir uma franquia, confira:

  1. Capital inicial – esse é o valor inicial que você deve ter para começar. Nisso entram os gastos com reformas, móveis, decoração, máquinas e equipamentos, basicamente tudo aquilo que é necessário para a abertura do seu negócio.
  1. Taxa de franquia – essa taxa funciona como uma entrada no negócio. Ela firma o seu contrato com a empresa e é uma taxa inicial do negócio. Geralmente é cobrada somente uma vez e inclui todos os gastos anteriores à inauguração, ou seja, treinamentos, manuais, a escolha do local. Basicamente isso inclui todo o suporte para que sua franquia tenha sucesso.
  1. Taxa de royalties – diferente da taxa anterior, essa é paga mensalmente e serve como uma fidelidade à franquia, garantindo que seu negócio possua sempre o suporte da rede a qual pertence. Essa estratégia oferece suporte para realizar pesquisas, investir em ações para estimular as vendas na loja, acompanhar as inovações de empresa, entre outras ações. A taxa de royalties é cobrada calculando um percentual sobre o faturamento.
  1. Capital de giro – esse é um valor de segurança que todo franqueado deve ter para possíveis emergências e manutenção do negócio. Esse valor deve abranger todas as necessidades da franquia, principalmente enquanto ela ainda não possui um faturamento que pode arcar com todos os custos.

O planejamento financeiro e a gestão dos negócios é essencial para que você possa ter sucesso na sua franquia. Especialize-se na área com os cursos do Senac SC: http://senac.sc/lx6rq7