Tag: carreira

Mercado de games aquecido traz boas oportunidades profissionais

Se você gosta de videogame e procura por uma oportunidade no mercado de trabalho, pode ser uma boa opção buscar por qualificação profissional na área. O ramo de atuação em jogos está aquecido, assim como outras profissões de tecnologia da informação. O momento favorável é resultado de um ciclo positivo: os games foram popularizados, o que exigiu o desenvolvimento de novas plataformas e aumentou a demanda por mão de obra.

O faturamento das empresas de jogos, incluindo os online, também está em alta. Segundo pesquisa da Gartner, deve superar os U$ 97 bilhões este ano. Para 2015, a expectativa é que o montante ultrapasse os U$ 112 bilhões, e Santa Catarina está inclusa nesse crescimento.

Quem deseja aproveitar as oportunidades no mercado de games precisa de qualificação, já que a formação acadêmica reflete diretamente no salário. Segundo um estudo da Catho Online, um profissional de tecnologia da informação no Brasil recebe por mês, em média, R$ 9.300, se possuir mestrado, R$ 8.700 se tiver um MBA, R$ 6 mil caso tenha pós-graduação/especialização, R$ 5.900 se tiver cursado apenas a Universidade e R$ 2.300 se não concluir o ensino superior.

Ainda de acordo com a pesquisa, o salário médio de um Diretor de TI supera os R$ 15 mil, enquanto o Gerente recebe pouco mais de R$ 9 mil e um Supervisor, R$ 5.900,00.

Senac em Santa Catarina entre as 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil

O Senac em Santa Catarina integra, pela segunda vez consecutiva, a lista das 150 melhores empresas para trabalhar, segundo ranking da revista Você/SA. Com uma marca consolidada por 66 anos de trabalho, a instituição expande a sua atuação no estado e investe na gestão de pessoas. O Senac recebeu a nota de 81,2 no Índice de Qualidade no Ambiente de Trabalho, que representa a avaliação dos colaboradores e inclui critérios como identificação com a empresa, satisfação e motivação.

No balanço do ranking de 2013, a publicação constatou a força de boas ferramentas para gestão de recursos humanos. Das empresas classificadas, 42% injetaram de um a dez milhões de reais em educação corporativa no ano passado e 9% ultrapassaram os 10 milhões. Os salários nessas corporações também são melhores – chegam a ser 1200 reais mais altos se comparados à média do mercado. No Senac em Santa Catarina, um dos  diferenciais para os colaboradores é o Projeto Trilha, que ajuda o funcionário a entender o seu espaço na empresa e quais são os passos necessários para chegar a cargos mais altos. A instituição também desenvolve um programa de preparação para a aposentadoria, o Viver Bem.

Além do Senac, outras empresas de Santa Catarina estão presentes na lista das 150 melhores empresas para trabalhar, como Dudalina, Embraco, Fundação Pró-Rim, Intelbras, Selbetti Gestão de Documentos e Tigre.

Metodologia

O Guia Você/SA – As Melhores Empresas para Você Trabalhar deste ano foi dividido em 16 setores de empresas, além das cooperativas e das Melhores Instituições Públicas para Trabalhar.  A metodologia é rigorosa: após as inscrições das instituições que desejam participar da pesquisa, os setores de recursos humanos completam um formulário e preparam um documento em que descrevem as práticas de gestão de pessoas. Os funcionários também participam respondendo um formulário de satisfação.

A próxima etapa, da qual participam apenas empresas pré-classificadas, conta com a visita de um jornalista ao local. A percepção do profissional é um dos fatores analisados para a definição do resultado final, assim como a visão dos funcionários. O resultado é divulgado em ordem alfabética e apenas a melhor de cada setor é classificada em primeiro lugar.

Monitoramento e educação ambiental: conheça a atuação do Técnico em Meio Ambiente

A preocupação com o meio ambiente está cada vez mais pertinente na gestão de indústrias, órgãos públicos e empresas privadas. Nesse contexto, é necessário que sejam contratados profissionais especializados e com conhecimento técnico para analisar e apresentar soluções para problemas ambientais. É aí que entram os Técnicos em Meio Ambiente. Os profissionais com essa formação são responsáveis por promover formas de uso sustentável dos recursos naturais durante o processo produtivo. Isso inclui, por exemplo, técnicas para reutilização de água em fábricas que têm alta demanda desse recurso e também identificação de soluções para o descarte correto de materiais tóxicos e/ou recicláveis.

A carreira para quem decide se tornar um Técnico em Meio Ambiente pode ser promissora. Além do trabalho em grandes empresas, os Técnicos em Meio Ambiente também atuam com controle da poluição, recuperação de zonas degradadas, educação ambiental, formação de equipes multidisciplinares para resolução de problemas ambientais, entre outras. Para atuar nesta área, o profissional precisa gostar e entender sobre alguns aspectos básicos ligados à natureza, biologia, química e legislação ambiental, como a importância do uso consciente dos recursos ambientais e a preservação do meio ambiente. A média salarial em Santa Catarina, de acordo com o site Salariômetro, é de R$ 1600,00.

Se você está interessado em ingressar nessa carreira, o Senac tem disponível o curso de Técnico em Meio Ambiente. Confira abaixo as Unidades que oferecem essa qualificação:

Senac de Jaraguá do Sul – Quem deseja realizar o curso pode entrar em contato com a Unidade para registro de interesse. Telefone: (47) 3275-8400.

Senac Lages – Quem deseja realizar o curso pode entrar em contato com a Unidade para registro de interesse. Telefone: (49) 3223-3855.

Campus Party: tecnologia e empreendorismo

Teve início no dia de ontem, 28, a Campus Party. O evento que é voltado para a área de tecnologia e inovação é um grande encontro de geeks, nerds, gamers e cientistas, que se reúnem para trocar informações, experiências e compartilhar conhecimento. Criada há 16 anos na Espanha, a Campus Party é o ponto de encontro das mais importantes comunidades digitais do país.

O evento já está em sua 6ª edição no Brasil, e a cada ano cresce mais. Para este ano são esperados 8.000 campuseiros – como são chamados os participantes do encontro – no Anhembi Parque, em São Paulo.  “Nosso papel é promover um ambiente real de networking para os empreendedores digitais, desde fomentar a concepção de trabalhos até conectar aceleradoras e investidores”, afirma Mario Teza, diretor-geral do evento, em matéria publicada no Portal Folha.

Nesta edição o foco está, mais do que nunca, no empreendedorismo digital. A programação contempla mais de 500 horas de palestras e oficinas com empreededores de diversas áreas. O destaque fica para Nolan Bushnell, criador do Atari, Pete Lomas, co-fundador da Raspberry Pi, e Mark Surman, diretor executivo da Mozilla.

Você sabe usar o LinkedIn?

O LinkedIn está se firmando como a principal rede social para recrutamento e seleção de candidatos. Sendo ela uma rede voltada para network e relacionamento profissional, é preciso ter alguns cuidados na hora de enviar mensagens, completar seu perfil e atualizar informações. Confira as dicas que o portal Exame.com divulgou e que serão preciosas se você usa a rede como ferramenta para a busca de novas oportunidades de trabalho.

1. Enviar mensagens genéricas – Ao entrar em contato, enviando uma solicitação, para perguntar sobre uma oportunidade, adeque a mensagem ao perfil da pessoa e descreva porque você está interessado na conexão.

2. Não prestar atenção aos detalhes do perfil do recrutador – Lembre-se de ler atentamente o perfil do recrutador antes de entrar em contato com ele. Muitas vezes você pode encontrar trechos interessantes que vão ajudá-lo a se destacar na entrevista de emprego.

3. Apostar em networking apenas quando precisa dele – Muita gente vai perdendo contatos com profissionais e recrutadores e só se lembra disso quando está de volta ao mercado. Oportunidades surgem quando você se reconecta a pessoas com as quais perdeu contato. Essa dica vale para a carreira profissional toda e não apenas para uso do LinkedIn.

4. Exposição pessoal – Fotos inadequadas e informações que tragam uma exposição pessoal muito forte minam o poder de atração do perfil no LinkedIn. Lembre-se sempre: LinkedIn não é Facebook. Tenha atenção especial às postagens e escolha uma foto adequada ao seu perfil profissional.

5. Mentiras ou informações supervalorizadas no perfil – Seja o mais sincero possível a respeito da sua trajetória. Um perfil verdadeiro sem experiências espetaculares é muito mais valorizado do que um perfil recheado de fantasias. O profissional que mente pode até se destacar em um primeiro momento, mas assim que for descoberto será descartado do processo seletivo.

6. Divulgação de informações confidenciais – Tenha cuidado na hora de divulgar informações sobre as empresas para as quais você já trabalhou. Certifique-se de que não está tornando públicas informações estratégicas. Se o recrutador entender que você fez isso com um empresa para a qual trabalhou vai imaginar que você fará o mesmo se for contratado por outra.

Fonte: Exame.com

A importância da atualização profissional

Há algumas décadas, quem se graduava em curso superior considerava que a fase de estudos estava concluída e que, daí em diante, teria início a fase do trabalho e da experiência. Havia ainda, inclusive, aqueles que pulavam parte do estudo e imergiam direto no mundo profissional, sem uma formação específica.

Mas, a velocidade das mudanças, a famosa globalização e o desenvolvimento tecnológico transformam incessantemente o ambiente de trabalho, de forma que hoje não há dúvidas de que “estudo” e “formação” não são apenas uma etapa da vida, mas uma constante ao longo de toda a carreira.

A atualização profissional é bastante importante. Todos os dias são lançadas novas tecnologias e softwares, além de plataformas cada vez mais modernas, o que torna inevitável que o profissional não interrompa nunca sua formação se quiser manter sua empregabilidade.

Por isso, é necessário participar de cursos, mesmo que de curta duração, frequentar congressos na área, pois, além de trazer conhecimento, é uma ótima oportunidade de se fazer novos contatos, e manter a rede profissional bem atualizada.

Falando nisso, ter uma conta no Linkedin, uma das maiores redes sociais para contatos profissionais, é um diferencial para se manter informado sobre oportunidades e vagas de emprego. Diversas empresas já utilizam a rede para conhecer mais sobre o candidato. Se não conhece ainda o Linkedin, clique aqui para acessar o site!

Além disso, é essencial acompanhar o que está acontecendo no mundo. Não precisa ser fissurado e ler todos os jornais e revistas, mas ter uma noção básica do contexto atual, seja na economia, nos esportes, e até na política, pode ser um diferencial. É o chamado “conhecimento geral”. Para finalizar, o conhecimento de português (incluindo a nova reforma ortográfica), e se possível, de uma língua estrangeira.

Diversos profissionais são muito bons tecnicamente, mas conhecem apenas o básico, e tem muitas dificuldade em se comunicar. Falando em comunicação, como anda a sua oratória? Diversos cursos podem ajudar a ser mais comunicativo, seguro, e persuasivo em sua fala, e isso é importante em qualquer carreira.

Viu que a atualização profissional não passa somente pela área técnica, não é mesmo? Qualquer aprendizado que possa ser utilizado na vida profissional é válido para manter a sua empregabilidade em alta. Tem vontade, mas não sabe por onde começar? A dica é avaliar quais são os seus gostos pessoais e com quais áreas você tem mais afinidade. Este já é um bom começo!

Formação Continuada: Administração

Como apresentamos no post anterior, sobre gastronomia, Itinerário Formativo é o percurso que o indivíduo precisa seguir até sua plena formação profissional, embora formação se entenda pela vida afora, num constante e amplo processo de aprendizagem.

Na área de Gestão de Negócios, um exemplo é a formação do Administrador. Esta formação começa com cursos de aprendizagem, que são destinados a jovens maiores de 14 e menores de 20 anos. Esses jovens são empregados no comércio de bens, serviços e turismo, encaminhados as empresas pelo Senac, na condição de aprendizes, em respeito a Lei nº 10.097/2000, para desenvolver as competências necessários para o trabalho.

Neste caso o curso indicado é o de Serviços Administrativos, que qualifica o aprendiz para atuar em rotinas de apoio aos serviços de escritório e desenvolver atividades relacionadas ao atendimento ao cliente em organizações do comércio, entre outros.

Seguindo o percurso, temos o curso de capacitação profissional de Auxiliar Administrativo, que capacita o profissional para atuar nos processos administrativos de organizações, executando atividades de apoio nas áreas de recursos humanos, administrativa e finanças.

Na sequência é possível realizar cursos de aperfeiçoamento, como o de PPCP (Planejamento, Programação e Controle de Produção), que proporciona ao profissional, conhecer os processos produtivos, com foco nas atividades de planejamento, por exemplo.

Há ainda a possibilidade de fazer o curso técnico, de nível médio, em Administração. Neste caso o aluno poderá atuar no apoio administrativo, nos níveis essencialmente táticos e operacionais, além de realizar funções de arquivo e movimento de documentação física e eletrônica, auxiliando nos processos de organizacionais.

Além do Itinerário dentro da esfera da Formação Inicial e Técnica de Nível Médio, o Senac/SC oferece, dentro da mesma lógica, a oportunidade de crescimento com a Educação Superior, por meio das graduações tecnológicas e das pós-graduações.

Essas são algumas das possibilidades de formação o Senac oferece nesta área!

Ficou interessado? Entre em contato com as Unidades do Senac em Santa Catarina e verifique a disponibilidade dos cursos.

Se quiser fazer uma graduação, fique atento!

Até o dia 29 de abril estão sendo realizadas as inscrições para o Processo Seletivo 2012 dos cursos de graduação do Senac, para as Faculdades de Criciúma, Chapecó, Florianópolis e Jaraguá do Sul. Serão oferecidas vagas para Processos Gerenciais (Chapecó, Criciúma e Florianópolis), Gestão Comercial (Florianópolis), Gestão de Recursos Humanos (Chapecó) e, Gestão da Tecnologia da Informação (Florianópolis e Jaraguá do Sul). As inscrições devem ser realizadas pelo site www.sc.senac.br.