O gestor financeiro desempenha papel fundamental dentro de qualquer empresa. Afinal, passam por ele custos, despesas, receitas, investimentos, financiamentos, compras, controle de estoque, entre outras movimentações que devem ser monitoradas e analisadas constantemente pelos gestores. Assim, com tantas responsabilidades, é fácil compreender o motivo de o profissional ser tão requisitado dentro das instituições.  

Além disso, o gestor desempenha função essencial tanto para o crescimento quanto para a estabilidade das empresas. Igualmente, em momentos de crise financeira, é ele quem pode auxiliar como melhor gerir os recursos e até quais investimentos são mais rentáveis diante a situação.  

O que faz um gestor financeiro

Na prática, o gestor financeiro é a pessoa responsável por planejar e também controlar as finanças de uma empresa. Esse profissional tem a qualificação necessária para administrar de maneira eficiente, sem trazer prejuízos para a instituição onde atua. Além disso, o especialista realiza a tomada de decisões que envolvam os custos de uma instituição, como manter a contabilidade em dia e o acompanhamento do fluxo de caixa.  

Assim, quando não há uma pessoa com capacidade para gerir o setor, a saúde financeira da organização pode ser severamente impactada. Em momentos de instabilidade, por exemplo, é o gestor financeiro quem pode desempenhar o papel de consultor, mostrando qual o melhor caminho para a empresa alcançar a estabilidade.  

Gestão e negócios

Formação e carreira 

Os profissionais com formação superior na área possuem amplas possibilidades de atuação no mercado, em empresas de todos os portes e segmentos. Também atuam em instituições especializadas, como bancos e corretoras. Para quem tem interesse no segmento, é possível fazer o curso de Tecnólogo em Gestão Financeira e estar apto, em dois anos e meio, a se candidatar para funções como assistente, analista ou consultor.  

 O mercado de trabalho está cada vez mais concorrido. Por isso, é exigido um aperfeiçoamento constante do profissional e, principalmente, diante das incertezas do futuro. Assim, não é diferente com o profissional da área na Gestão Financeira. Essa área pode englobar desde pequenas empresas familiares até grandes corporações. 

“No entanto, as exigências e expectativas do mercado de trabalho demandam a habilidade em permanecer capacitado com novas tecnologias, descobertas de novos mercados, produtos e necessidades dos clientes, o que torna um profissional diferenciado e com conhecimento em diversas áreas de atuação da gestão financeira”, explica o professor do Senac SC, Rodrigo Rezende.  

Quanto ganha um gestor financeiro

O gestor financeiro pode atuar ainda em diversas áreas. Algumas deças são auditoria e controladoria, gestão de riscos, custos e orçamentos e financiamentos. Segundo a empresa de recrutamento Glassdoor, o salário pode variar entre R$9 mil e R$30 mil. Tudo depende do porte do negócio e do nível do cargo. 

“Dessa forma, algumas empresas contratam consultores independentes atuando junto a seus clientes. Por exemplo: empresas de seguros de automóveis, seguros de vida e planos de aposentadoria programada. Nesse ramo de negócio demandam conhecimentos de mercado de investimentos, captação de recursos, análises das tendências econômicas e políticas, área de vendas, marketing pessoal, dentre outros”, conta o professor.  

Quer saber mais sobreo curso? Veja aqui! 

Publicações Relacionadas