Dicas de escrita criativa para quem busca produzir bons textos

1409

Assim como qualquer atividade, a escrita é uma prática que depende de exercícios e experimentações. Quantos livros você costuma ler num mês? Para quem deseja ser um bom escritor, ler muito deve ser um dos principais hábitos a serem criados. A partir do momento que um leitor aprende a soltar sua imaginação em outros textos, ele passa a reproduzir isso nos seus próprios. A leitura frequente, além de melhorar a gramática, contribui com o desenvolvimento de um amplo vocabulário, outro ingrediente importante na hora de produzir textos atrativos e criativos.

Dicas para quem quer ser um bom escritor:

  1. Leia mais – Como já mencionamos, o primeiro passo para escrever bem é adotar a leitura na rotina. Além de aumentar o vocabulário, esse hábito exercita toda a sua imaginação e criatividade, algo que faz toda diferença ao escrever. Por isso, faça uma lista de obras que sejam do seu interesse e estipule um prazo para leitura delas. Quanto mais livros você ler durante o mês, maior será o aprendizado. Só não esqueça de variar os escritores e gêneros pois diversificar as experiências faz com que novos estilos de escrita sejam acrescentados no seu texto!
  1. Coloque-se no lugar do leitor – Ler um texto e entender com clareza o que ele quer dizer é o primeiro fator que agrada o leitor, por isso é importante lembrar de colocar-se no lugar dele durante a produção. Entre uma palavra simples e algo rebuscado, priorize sempre a primeira opção!
  1. Treine diferentes estilos – Assim como a leitura deve ser diversificada, a sua escrita também pode percorrer novos formatos. Um bom escritor certamente terá preferência por um estilo de texto, no entanto, ele deve saber produzir tanto uma narrativa quanto uma dissertação. Então, não se prive de explorar novas habilidades, tente exercitar uma crônica, ou até mesmo uma poesia. Aos poucos você vai ter uma noção de qual estilo favorece sua técnica.
  1. Crie cenários inesperados – Uma leitura monótona raramente é sugerida como uma boa experiência pelo leitor. Para que seu texto não se enquadre nesse grupo, mude a perspectiva, ouse e explore sua imaginação para criar cenários com diferentes possibilidades. Assim como um filme, que apresenta picos de curiosidade, um bom texto deve passar por variações narrativas e ter frases com significados fortes!
  1. Informação nunca é demais – Para fazer com que o leitor crie um cenário e imagine a história, é preciso fornecer uma boa quantidade de informações. Ao falar de um personagem, por exemplo, cite características físicas e comportamentais que ajudem na sua construção. Além de facilitar o envolvimento com o texto, essa prática pode levar o leitor a imaginar vários finais diferentes antes mesmo da história terminar!

Quais desses tópicos são vistos como uma dificuldade na sua produção? Independente do estilo de texto, a prática deve ser constante e atribuída a diferentes necessidades, desde a leitura até a experimentação de novos formatos. Portanto, arrisque-se e experimente as diferentes habilidades que compõem uma escrita criativa!

Leia também: