Tag: internet

Você sabe como se faz um site?

Já parou para pensar como são criados os sites que você acessa diariamente? Como funciona o processo de desenvolvimento dessas plataformas informativas de empresas, jornais, instituições, etc?

Se você fizer uma busca no Google com a frase “como criar um site”, os primeiros resultados serão de plataformas que disponibilizam a criação de um site pessoal ou blog de maneira totalmente gratuita. Para quem está iniciando um negócio ou deseja mostrar o seu trabalho de maneira simplificada, essa é a melhor opção! Por meio dessas plataformas é possível criar layouts personalizados, com domínio próprio e utilizar a ferramenta de maneira gratuita, mas limitada. Grande parte dos sites disponibiliza opções de layout com personalização de cores, imagens e abas de maneira a atender necessidades simples. Se a sua ideia é ter diversas funcionalidades em seu site, o melhor é procurar uma empresa especializada na criação e programação de websites.

As empresas que trabalham na área possuem profissionais capacitados para entender as necessidades de cada cliente e criar soluções personalizadas para cada um. Em uma entrevista prévia, o cliente fornece detalhes sobre seu negócio, como público alvo, abrangência e qual o papel que o site terá: seja para venda de produtos, disponibilização de informações, portfólio, simulação de ambientes, etc. A partir disso, e com base em um perfil traçado pela empresa desenvolvedora de sites, inicia o processo de criação e programação de um site.

Para criar um layout, os designers precisam captar as ideias do cliente de maneira  que suas necessidades sejam atendidas e colocar na tela todas as funcionalidades desejadas por ele. Esse processo exige criatividade para que o trabalho seja bonito, funcional e atenda a diversos aspectos ligados a experiência do usuário com o site. A partir disso o trabalho passa para os programadores. Osprofissionais de programação são responsáveis por colocar no ar (no ambiente web), os layouts criados pelos designers. Dentre as suas funções estão o desenvolvimento de ferramentas para e-commerce, animações, integração de sistemas, criação de galerias, testes e muitas outras.

O resultado de todo este processo você pode conferir diariamente na internet, em todos os sites que você acessa. :)

Seja um empreendedor digital

Comodidade, variedade, preço competitivo e condições de pagamento. Esses são alguns dos motivos que fazem o comércio via internet cada vez mais popular na vida dos brasileiros. A facilidade de encontrar tudo o que se deseja ao alcance de um clique faz com que diariamente diversas lojas on line sejam criadas, vendendo todo tipo de produto e serviço.

Apesar de aparentemente simples, abrir um negócio na web necessita de alguns cuidados. Os empreendedores digitais muitas vezes ficam barrados em burocracias que envolvem licenças e alvarás de funcionamento, tal qual uma loja física. Quem está disposto a entrar nesse mercado precisa  lidar com riscos e estar ciente de que um bom planejamento é fundamental. O e-commerce (comércio eletrônico) está em pleno crescimento e a tendência é de que aumente nos próximos anos.

Se você tem uma ideia inovadora para empreender e não tem muito dinheiro para investir, a internet é o caminho mais indicado. Então, fique ligado nas dicas que a revista Você S.A. selecionou para evitar armadilhas no comércio on line.

1. Trâmites burocráticos

Tirar uma empresa do papel leva tempo. Você deve considerar todos os mecanismos legais para a criação de um empreendimento digital e se preparar financeiramente para os meses anteriores à inauguração do negócio.

2. Pequenos passos

Seja realista e invista em infraestrutura de acordo com a necessidade da empresa. Dê um passo de cada vez e de acordo com o que você tenha condições de bancar.

3. Dedicação exclusiva

Muitas pessoas abrem empresas enquanto ainda estão empregadas. Apesar de ser possível, o desgaste é muito grande e há risco de o novo negócio demorar a engrenar.

4. Área de competência

Você não é um especialista em tudo. Procure cercar-se de pessoas que tenham conhecimentos diferentes dos seus e que possa somar ao novo negócio.

5. Seja Paciente

É necessária muita coragem para encarar um desafio na internet. É um mercado relativamente novo, do qual ainda não há dados suficientes para saber o que dá certo e o que não dá.

6. Erre para aprender

Como tudo na vida, abrir um negócio virtual é um grande aprendizado. Não tenha medo de errar.

Fonte: Você S.A.

Senac/SC na Campus Party

Um dos maiores eventos de tecnologia  e inovação do mundo começa hoje em São Paulo. A quinta edição do Campus Party conta com 7.000 participantes, cheios de informações e novidades sobre as áreas de Ciência, Cultura Digital, Entretenimento Digital e Inovação. São 7 dias, com mais de 500h de programação! E claro, nossa equipe do @Senac_SC estará presente e contando tudo pra vocês!

Faremos uma cobertura online com todas as novidades através do nosso blog! ;)

Mesmo a cerimônia oficial de abertura só acontecendo às 23h, os campuseiros já fazem fila em frente do Anhembi.

Fotos(respectivamente): Flávia de Quadros e Cristiano Sant'Anna - indicefoto.com, no Flickr da Campus Party

E para galera que vai ao evento, encontramos 10 dicas bem bacanas que o site Terra fez para curtir a a Campus Party da melhor maneira possível:

  1. Ficar de olho na programação oficial não é demais. A Campus Party tem dezenas de palestras, debates e mesas redondas com personalidades da web e do mundo da tecnologia. A palestra do “físico do impossível”, Michio Kaku, por exemplo, é imperdível;
  2. Quando você estiver cansado, não perca tempo: deite em algum dos pufes espalhados pelo local e fique de olhos nas atrações cinematográficas que acontecem em estandes de empresas ao final da noite;
  3. Estar sempre com uma garrafa de água por perto é essencial. O calor do pavilhão e a pouca quantidade de bebedouros podem ser um obstáculo para quem tem sede constante;
  4. Faça contatos. A Campus Party recebe uma gama de blogueiros famosos, jornalistas, engenheiros de computação, entusiastas da informática e empresários ávidos por investir em novos talentos. Além disso, se a sua onda é compartilhar conhecimento, é sempre bom ter ao lado um HD externo e um pendrive;
  5. É sempre bom aproveitar os horários de café da manhã, almoço e jantar do restaurante dos campuseiros. Comidas pesadas expostas ao calor da época em São Paulo podem ser prejudiciais. Se nada agradar, tem como pedir pizza por delivery. A organização permite que os campuseiros encomendem comida e almocem ou jantem no acampamento;
  6. Quer garantir a sobrevivência de seus aparelhos eletrônicos? Leve um estabilizador de energia. O clima em São Paulo, as chuvas e as quedas de energia são frequentes neste período do ano. Além disso, é bom levar adaptadores de tomada com o novo padrão brasileiro de três pinos;
  7.  A Campus Party Brasil é um local seguro. No entanto, não é um exagero que se leve um cadeado ou dois para trancar a barraca onde ficarão os objetos pessoais durante o dia;
  8. As duchas dos banheiros ficam lotadas no final da manhã e durante a noite. Para quem quiser aproveitar melhor o tempo embaixo do chuveiro, tomar banho durante a tarde é uma boa escolha. Também é importante não esquecer básico: o xampu, o sabonete, a pasta de dente e o desodorante. E, é claro, a toalha, artigo importante na mochila de um geek;
  9. A madrugada não é para dormir. Depois que a programação oficial do evento se encerra, os campuseiros organizam passeatas, jogos, gincanas e concursos. Se você não é desse tipo, leve protetores auriculares e fones de ouvido. O barulho no pavilhão é bastante alto;
  10. Ande muito pela área da Arena, no pavilhão. A Campus é o local ideal para você esgotar todos os assuntos geek do ano. Falar de séries como Game of Thrones ou mesmo sobre todos os lançamentos de videogames do últimos meses é muito fácil: todas essas pessoas – de verdade – estarão por lá.

Quem quiser acompanhar no Twitter, pode buscar pela hashtag oficial do evento #cpbr5. E aqui você consegue assistir ao vivo as palestras das diversas áreas.

Uma boa Campus Party pra nós! :)