Senhas seguras

57

A quantidade de senhas que gerenciamos aumenta diariamente. Isso acontece graças ao crescente número de serviços digitais utilizados em computadores ou dispositivos móveis. Por isso, quando acontece uma falha na segurança com o comprometimento da senha é importante tratar o assunto com seriedade.

O primeiro passo é fugir do comum. Uma recente lista divulgada pela Splash Data, empresa internacional focada em soluções de segurança, identificou 25 das senhas mais usadas em 2014. Evite usar as populares 123456, password, qwerty ou palavras específicas como dragon ou football. As referências familiares como aniversário, nome dos filhos ou outras que possam ser facilmente adivinhadas com um pouco de conhecimento a seu respeito também precisam ser desconsideradas. Lembre-se de nunca utilizar uma mesma senha para serviços diferentes, afinal basta um deles ser comprometido para abrir uma grande brecha.

Sempre leia atentamente os termos de uso do serviço, pois quando alguém consegue roubar os dados e utiliza sua conta de maneira indevida, ameaçando a terceiros por exemplo, o proprietário da conta pode ser penalizado em multas ou mesmo detenção. Os cuidados devem ser dobrados quando o serviço estiver associado a dados monetários. Deste modo, fica evidente a necessidade de fazer a sua parte, garantindo a segurança das suas informações através de senhas fortes.

Não comprometa as facilidades do meio digital por ter senhas fracas. Ao cadastrar uma nova senha opte por mais de seis caracteres e varie entre letras maiúsculas e minúsculas, números, símbolos especiais e até mesmo espaços em branco.

Utilizando essas dicas do Senac/SC e, alternando com frequência sua senha, conseguirá preservar a integridade das suas informações.

Leia também: