Saiba os motivos para não ser um Workaholic

27

Ao longo da carreira é comum se deparar com alguém que seja viciado em trabalho. Este tipo de pessoa não consegue se desligar dos afazeres e dedica a maior parte do tempo da sua vida em prol do serviço. O Senac reconhece que para construir uma carreira de sucesso a dedicação é um fator importante, mas, se virar um vício, traz muitos problemas e prejudica o profissional.

A denominação, para quem tem no trabalho sua razão de vida, é Workaholic. Para eles trabalhar é uma atividade sagrada não importando sacrificar o lazer ou as relações pessoais para isso. Assim, trabalham em qualquer lugar e a qualquer hora, apresentando muita dificuldade em desligar-se das atividades da empresa, mesmo que esteja em férias ou em dias de folga. Ele é, geralmente, o funcionário que faz longos expedientes e não pausa o trabalho para almoçar. Normalmente há motivos que sustentam esse comportamento, tais como: a busca pelo status, a competição ou o poder. Ainda, nos casos mais graves, o Workaholic apresenta características como o individualismo e egóismo, não lidando bem com os problemas e fugindo de questões familiares.

O perfil mais frequente de profissional com esse distúrbio são os que ocupam cargos de liderança. Seu vício em trabalho apresenta uma natureza de motivação constante, contudo a insatisfação também está presente. Na maioria dos casos os problemas pessoais aumentam a permanência diária na empresa e quando as complicações chegam no campo profissional descuidam-se até mesmo da saúde.

Caso você se identifique com algumas características de quem está se tornando um Workaholic tenha atenção aos prejuízos de longo prazo. Somente reconhecendo seu distúrbio será possível tomar atitudes para manter a satisfação com o trabalho e evitar o vício. Algumas das dicas que podem lhe favorecer: procure manter o contato ativo com a família, valorize outras atividades, envolva-se com questões sociais,  compreenda seus sentimentos e modere sua dedicação no trabalho. Afinal, a melhor sensação possível é o bem estar e felicidade que o trabalho pode lhe proporcionar.

Não seja um Workaholic, mas sim um trabalhador dedicado. Seja apaixonado pelo que faz, lide com as dificuldades, procure sempre as soluções e garanta o equilíbrio profissional levando a satisfação do dia a dia para todas as áreas da vida.

Leia também: