Saiba como é feita a reciclagem do vidro

148

O vidro é um dos materiais que tem melhor aproveitamento para a reciclagem – 100% de sua matéria prima é transformada no mesmo material, formando um ciclo infinito, o que o torna sustentável.

Para realizar o processo de reciclagem, primeiramente os materiais são separados por cores: transparente, marrom e verde. Feito isso, os vidros são encaminhados para um triturador, que quebra a embalagem em pedaços, e para lavação, em que restos de rótulos ou conteúdo são retirados. Após esse processo, os cacos são aquecidos e fundidos a uma temperatura de 1300ºC, o que possibilita que o material seja moldado novamente.

Há uma estimativa de que, no Brasil, cerca de 40% das embalagens de vidro sejam produzidas a partir de material reciclado. Essa tendência contribui não só para o meio ambiente, mas também para a economia, pois reciclar o vidro é mais barato do que fabricá-lo. Para que esse processo seja contínuo e as embalagens de vidro não se percam em aterros sanitários ou no lixo comum, é imprescindível que seja feita a separação dos resíduos recicláveis. Fazendo isso, você está colaborando com o reaproveitamento de materiais e com a preservação de recursos naturais.

Apesar de ter alto índice de aproveitamento, nem todos os vidros podem ser reutilizados. Veja abaixo.

Recicláveis:

  • Garrafas de bebida alcoólica e não alcoólica
  • Frascos em geral (molhos, condimentos, remédios, perfumes, etc)
  • Potes de produtos alimentícios
  • Cacos de embalagens

Não recicláveis:

  • Espelhos, vidros de janela, box de banheiro, lâmpadas, cristal
  • Ampolas de remédios, formas, travessa e utensílios de vidro temperado
  • Vidros de automóveis
  • Tubos de televisão e válvulas.

Leia também: