Seja um empreendedor digital

Comodidade, variedade, preço competitivo e condições de pagamento. Esses são alguns dos motivos que fazem o comércio via internet cada vez mais popular na vida dos brasileiros. A facilidade de encontrar tudo o que se deseja ao alcance de um clique faz com que diariamente diversas lojas on line sejam criadas, vendendo todo tipo de produto e serviço.

Apesar de aparentemente simples, abrir um negócio na web necessita de alguns cuidados. Os empreendedores digitais muitas vezes ficam barrados em burocracias que envolvem licenças e alvarás de funcionamento, tal qual uma loja física. Quem está disposto a entrar nesse mercado precisa  lidar com riscos e estar ciente de que um bom planejamento é fundamental. O e-commerce (comércio eletrônico) está em pleno crescimento e a tendência é de que aumente nos próximos anos.

Se você tem uma ideia inovadora para empreender e não tem muito dinheiro para investir, a internet é o caminho mais indicado. Então, fique ligado nas dicas que a revista Você S.A. selecionou para evitar armadilhas no comércio on line.

1. Trâmites burocráticos

Tirar uma empresa do papel leva tempo. Você deve considerar todos os mecanismos legais para a criação de um empreendimento digital e se preparar financeiramente para os meses anteriores à inauguração do negócio.

2. Pequenos passos

Seja realista e invista em infraestrutura de acordo com a necessidade da empresa. Dê um passo de cada vez e de acordo com o que você tenha condições de bancar.

3. Dedicação exclusiva

Muitas pessoas abrem empresas enquanto ainda estão empregadas. Apesar de ser possível, o desgaste é muito grande e há risco de o novo negócio demorar a engrenar.

4. Área de competência

Você não é um especialista em tudo. Procure cercar-se de pessoas que tenham conhecimentos diferentes dos seus e que possa somar ao novo negócio.

5. Seja Paciente

É necessária muita coragem para encarar um desafio na internet. É um mercado relativamente novo, do qual ainda não há dados suficientes para saber o que dá certo e o que não dá.

6. Erre para aprender

Como tudo na vida, abrir um negócio virtual é um grande aprendizado. Não tenha medo de errar.

Fonte: Você S.A.

Cuidador de idosos: profissão em alta

A projeção é que a população de idosos será de 63 milhões de pessoas até 2050, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o aumento da expectativa de vida e a diminuição da taxa de natalidade, a tendência é que a demanda por profissionais qualificados aumente cada vez mais.

Hoje em dia os cuidadores já são bastante requisitados e podem trabalhar em centros de referência aos idosos, em clínicas especializadas ou fazendo visitas regulares na casa dos velhinhos – nesse caso eles podem ser tanto autônomos quanto funcionários de agências que fazem a intermediação do trabalho.

Para trabalhar com esse tipo de público, antes de tudo, é preciso ter vocação. Os idosos são mais frágeis, muitas vezes geniosos e requerem diversos cuidados com medicação e higienização. Para aqueles que se dedicam a este ofício as recompensas também são muitas. O carinho e conhecimento que essas pessoas passam para aqueles de seu convívio diário é tocante.

A jornada de trabalho de um cuidador de idosos varia bastante, podendo ser de horas, dias ou meses, dependendo do contrato firmado e da necessidade do contratante. A média da hora paga é de R$ 3,50. Já para o cuidador que trabalha só nos fins de semana ou faz plantão de 12 horas recebe R$ 4,15 por hora. O valor do plantão de 12 horas é de R$ 50 – porém estes variam de acordo com o estados.

Aqui no Senac você pode estudar e capacitar-se para ser um cuidador de idosos. Registre seu interesse pelo telefone: (48) 3330.9600

Finger Food, sabor e beleza ao alcance das mãos

Tecnicamente, finger food nada mais é do que uma comida para comer com as mãos. Sem pratos, talheres ou qualquer outro apoio diferente de um guardanapo. A diferença dele para os tradicionais salgadinhos de festas são as receitas. Miniaturas de recitas sofisticadas já conhecidas e também inovações em formatos, mistura de sabores e texturas. E não há limites, tanto pratos salgados, doces, quentes ou frios fazem parte dessa nova maneira de servir.

Uma vantagem de escolher esse tipo de menu para um evento é que as pessoas podem se servir e aproveitar a festa enquanto degustam a comida. Isso integra mais os convidados e dá uma dinâmica diferente para qualquer evento. Outro ponto diferencial é a economia, visto que não é necessário alugar louças. Além disso, as porções únicas contribuem para um clima mais descontraído e dão um toque de modernidade.

Os eventos de vanguarda já estão aderindo a essa prática e o mercado, para quem deseja investir em finger food, está em plena expansão. Seja um casamento, festa de 15 anos ou recepções corporativas, essa é  uma tendência nos grandes centros e também uma maneira de simplificar, baratear o buffet e inovar na maneira de servir. Está aí uma maneira de receber os convidados em grande estilo, já que além de prática a comida é bonita e serve também como decoração!

Óleo de cozinha no ralo? Nem pensar!

Seu óleo de cozinha jamais deve ser jogado no ralo da pia. Um litro de óleo é capaz de contaminar e inutilizar 25 mil litros de água e ainda formar pedras que obstruem o canal de descarte.

Mas então qual a maneira correta de descartar esse resíduo?

Ele deve ser acondicionado, depois de frio, em uma garrafa pet e entregue a entidades que são responsáveis por dar o destino adequado para esse material. O óleo de cozinha é a principal matéria prima para a fabricação de sabão em barra e também de biodisel. Em algumas cidades brasileiras a produção desses dois derivados, por meio de cooperativas, garante emprego e renda a muitas famílias.

Em Florianópolis, desde 1998 a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis – ACIF desenvolve um programa de reciclagem de óleo, o ReÓleo. Em parceria com diversas empresas e restaurantes, a entidade criou pontos de coleta pela Grande Florianópolis e recolhe periodicamente o dejeto que mais tarde vira matéria prima para a produção de produtos de limpeza.

Desde o início de setembro a ACIF lançou um desafio para os moradores de Florianópolis: juntar 10 mil litros de óleo em 1 mês e entrar para o livro de recordes Guiness Book. A campanha que começou em 1º de setembro bateu sua meta hoje devido a grande participação da comunidade e das empresas parceiras do programa. Mas ainda restam 10 dias para contribuir para um recorde ainda maior e a vida inteira para fazer o bem para o meio ambiente.

Então, que tal começar a praticar esse ato de cidadania hoje mesmo? É simples rápido e faz toda diferença para a natureza.

Os pontos de coleta você confere aqui. E se não houver um próximo a sua casa entre em contato com a ACIF e solicite a coleta. :)

A arte que nos dá prazer

Você já parou para pensar como seria o mundo sem arte? Muito possivelmente seria sem graça, sem cores e bem menos divertido. Enquanto alguns pensam que a arte é perda de tempo, outros ganham dinheiro e fama mundo afora mostrando a todos o que se passa dentro de suas inquietas mentes. Seja para retratar uma época, um pensamento, os costumes ou para dar vazão a sentimentos adversos, a arte que se traduz em pinturas, grafites, esculturas, música e dança, proporcionando sensação de prazer.

De acordo com o pesquisador Semir Zeki, especialista da University College de Londres, no Reino Unido, contemplar uma bela obra de arte em apenas 10 segundos pode realizar um aumento imediato no fluxo de sangue nas áreas do cérebro associadas com prazer. Segundo o pesquisador, o efeito é equivalente à sensação de estar apaixonado.

A pesquisa foi realizada com 28 indivíduos sem conhecimento prévio de arte, e após a análise de uma obra, os cientistas descobriram que as obras que produziram mais prazer foram a dos pintores John Constable e Dominique Ingres.

Mesmo que você não tenha o hábito de frequentar galerias, exposições fotográficas artísticas ou nunca tenha parado para observar uma obra em um museu, você também está convivendo com arte. Nos muros da cidade, nas embalagens de comida, na moda, até o design de automóveis pode ser considerado uma arte. Além disso, a arte não tem limites. Tudo o que pode ser imaginado e realizado faz parte desse universo mágico que permite as mais ousadas ideias.

Para quem ficou com vontade de entrar em contato com novos artistas, vale a pena entrar nesses sites:

Museo Del Prado – nesse site é possível ver diversas obras do acervo do museu em altíssima resolução e descobrir os detalhes em diversos quadros.

 Zupi – o site da revista de arte Zupi mostra trabalhos de diversos artistas do mundo todo. Para quem gosta de descobrir talentos esse é o lugar.

Banksy – o street artist inglês é conhecido por não ser conhecido. Até hoje ninguém viu seu rosto, mas suas obras estão espalhadas ao redor do mundo. Sua assinatura é seu estilo inconfundível de crítica social.

Fonte: Universia

Imagem: Banksy

Você fala outro idioma? Está na hora de aprender

Falar um segundo idioma é imprescindível para conseguir uma melhor colocação no mercado de trabalho. Considerado um diferencial na hora da escolha do candidato, ele ajuda a alavancar a carreira e também dá um up grade no currículo. O inglês é a língua mais recorrente em cursinhos e escolas de idiomas, mas outras línguas como o espanhol e, recentemente o mandarim, tem ajudado a lotar as salas de estudantes.

O mandarim, língua falada na China, entrou para o rol das línguas mais faladas no mundo devido a sua enorme população – são mais de 1 bilhão de pessoas – e também por conta da necessidade de gestores e empresários em conseguir negociar, sem intermediários, com os comerciantes chineses. É sabido que a China fabrica boa parte de tudo o que é consumido no mundo, e conseguir comunicar-se diretamente com eles é um diferencial para quem deseja ter competitividade no mercado.

Abaixo seguem 15 motivos por que você deve aprender um novo idioma

1. Salário maior
Quanto melhores suas habilidades e competências, maior sua remuneração no mercado de trabalho.

2. Consciente do mundo ao seu redor
Falar outros idiomas ajuda você a se manter consciente do mundo ao seu redor, pois você tem acesso a mais informações do que normalmente teria.

3. Torne-se indispensável
Quando você tem algo que é difícil de encontrar, como fluência em idiomas mais complicados como o russo ou mandarim, é muito mais fácil de tornar-se indispensável e requisitado no mercado de trabalho.

4. Intérprete
O fato de ter alguém na empresa que fala idiomas não tão comuns como o inglês e espanhol ajuda a cortar as despesas e burocracias de um intérprete.

5. Competências estrangeiras
Se seu objetivo é trabalhar para grandes empresas, então é essencial que você fale, pelo menos, dois idiomas além do português.

6. Ganhe independência
Ao falar mais de uma língua você se sentirá mais confiante e autossuficiente para lidar com situações desafiadoras como um intercâmbio ou conferência internacional.

7. Aprimora a memória
Além da leitura, você também melhora sua capacidade de memorização e mantém seu cérebro ativo e saudável.

8. Fazer novos amigos
Viajar é uma ótima oportunidade de conhecer novos amigos e fazer amizades ao redor do mundo, mas para isso você precisa saber se comunicar com essas pessoas.

9. Conheça os habitantes locais
É comum que os países com alta atividade turística “escondam” a vida real dos visitantes, com roteiros turísticos em locais mais bonitos e apresentáveis. Mas se você fala a língua local então conseguirá explorar o país em todas as suas vertentes e verdades.

10. Entender músicas estrangeiras
Grande parte dos brasileiros gosta de músicas estrangeiras em inglês ou espanhol. Falar um desses idiomas ajuda você a entender as letras e apreciar as músicas ainda mais.

11. Família
Se você possui parentes que moram em outros países pode aproveitar essa oportunidade para aprender a língua desse local.

12. Conectar-se com várias pessoas
Encontre mais amigos com interesses e hobbies parecidos com os seus e comunique-se com eles de maneira eficiente e correta.

13. Impressione os pretendentes
Você pode impressionar os pretendentes ou outra pessoa querida com um poema em um idioma romântico como o francês ou italiano.

14. Faça intercâmbios
Mesmo que você tenha perdido a oportunidade de fazer um intercâmbio no ensino médio, pode experimentar essa experiência no curso superior ou durante o mês de férias do trabalho.

15. Quanto mais idiomas, mais fácil
Quanto mais idiomas você souber, mais fácil será de aprender novas línguas, principalmente se a origem das línguas for similar, como o latim.

Então, que tal aprender uma nova língua? O Senac Idiomas possui mais de 20 idiomas para você aprender! Seja Alemão, Russo, Italiano, Francês, Mandarim, Inglês, Espanhol, Turco ou Sueco, você terminará o curso falando fluentemente. O Senac Idiomas possui uma parceria com o Rosetta Stone, sendo assim, o método de estudo todo a distância. As aulas são intuitivas e focadas na conversação. Você aprende como pronunciar, os sotaques e até mesmo a gramática. Conheça mais sobre o curso aqui! Ou se preferir, você pode entrar em contato conosco via telefone: 48 3357.4197.

Are you ready?

Você se deixa dominar pela ansiedade?

Qual a influência da ansiedade na sua vida? Ela não é considerada um problema pelos especialistas, mas sim uma reação normal do organismo. Em algumas pessoas esse pode ser um problema crônico, que origina transtornos psicológicos como síndrome do pânico, fobia social, transtorno obsessivo compulsivo e até depressão. Felizmente, para a maioria da população a ansiedade não tem resultados patológicos, é apenas um sentimento que antecede algum acontecimento especial.

Os sintomas vão desde sudorese exagerada, tremores, dor de barriga, palpitações, tensão muscular e, nos casos mais graves, falta de ar. Mas calma, não há motivo para ficar ansioso agora pensando que você pode desenvolver uma doença por causa disso! Algumas atitudes conscientes e alimentos podem te ajudar a evitar os sintomas e proporcionar uma vida com mais qualidade e mais tranquila.

1. Pare de reclamar. Em um mundo de chefes malas, vizinhos mal-educados e despesas infinitas, não faltam motivos para reclamar, mas passar a semana resmungando só fará você se sentir pior. Pesquisas mostram que 10 minutos de reclamações turbinam a produção de cortisol, o hormônio que causa estresse no organismo, deixando-nos mais irritadiços.

2. Coma amêndoas ou castanhas de caju. Essas oleaginosas contêm magnésio, mineral importante para o bom funcionamento do corpo. Não gosta de nenhuma das duas? Então, asse uma batata e tempere com sal, o efeito é o mesmo. Chamado de “mineral relaxante”, o magnésio acaba com o estresse.

3. Feche o dia com seu vinho preferido – se você for maior de idade. Uma taça ajudará você a se soltar rapidinho depois de toda a correria com a casa, as crianças e o trabalho. Álcool contém betaendorfina, um neurotransmissor que aumenta a sensação de bem-estar. Mas nada de exagero, o álcool em excesso pode causar depressão.

4. Respire fundo. Você talvez tenha percebido que quando o seu corpo está tenso isso influencia a maneira como você respira. O inverso também e verdadeiro: focar na sua respiração é uma técnica comum e eficiente para acalmar os nervos. Deixe a sua respiração e o seu pensamento alinhados, escute os movimentos da sua respiração e isso vai ajudá-lo a se acalmar.

5. Não deixe que as suas preocupações dominem sua vida. Pode parecer difícil fazer isso, mas você não pode deixar as suas ansiedades tomarem conta de quem você é e da maneira como vive. Saiba como separar as coisas importantes do que é desnecessário e, mais que isso, decida pelo que vale a pena se preocupar. Tomando esse tipo de atitude você será capaz de fazer melhores decisões na sua vida e manter a ansiedade longe.

6. Reconheça as verdadeiras emergências. Quando você é uma pessoa ansiosa, qualquer tarefa pode parecer uma emergência, o que coloca você para trabalhar com ainda mais preocupações. Esqueça esse tipo de pensamento e foque-se no que é urgente de verdade, só assim você aprenderá a se manter calmo quando tiver de priorizar alguma coisa.

Fonte: Universia e M de Mulher

Estou formado, e agora?

Quem concluiu um curso de graduação sabe que vários questionamentos vem à tona quando finalmente o diploma está em mãos. Fica a dúvida sobre onde trabalhar, como procurar um emprego, qual área seguir, etc. A responsabilidade que o conhecimento traz e a pressão por uma colocação profissional podem tornar as coisas ainda mais complicadas. Mas com organização e algumas dicas esse período pode ser um pouco menos turbulento.

Confira as dicas!

1. A iniciativa é sua. O primeiro passo deve ser seu. Muitas pessoas falam que é necessário esperar as oportunidades, mas a verdade é que a responsável por encontrá-las, e muitas vezes criá-las, é você.

2. Seja seu próprio representante. Ninguém sabe quem você é, o que fez, quais são suas habilidades e por que você seria a pessoa certa para a empresa. As únicas informações que os recrutadores sabem são aquelas colocadas em seu currículo. Por isso, muita atenção aos detalhes e informações.

3. Vai dar tudo certo. Mesmo com toda a ansiedade que essa fase pode trazer é importante que você não tenha uma visão fechada sobre as circunstâncias a sua volta ou pense que esses problemas só acontecem com você. Entenda que mesmo que você sinta todas as portas fechadas, cada erro e dificuldade contribuem com o seu desenvolvimento e amadurecimento.

4. Não aceite o não das pessoas como a resposta definitiva. Insista, mostre seu esforço, força de vontade e determinação. Eles podem falar mais alto do que qualquer currículo.

5. Converse com todo mundo. Talvez você esteja acostumado a conversar apenas com seu grupinho de amigos na faculdade, mas se está atrás de oportunidades essa é a postura errada. Não importa quem sejam as pessoas, converse com todas. Elas podem, de forma inconsciente, dar ideias e servir de inspiração para os próximos passos que você irá tomar.

6. Faça alguma coisa. Se você percebe que as coisas não estão evoluindo, não espere em casa para que sua vida de recém-formado vá para frente. Seja voluntário, faça um intercâmbio ou curso e mantenha-se ativo.

7. Não se compare com os outros. Assim como as personalidades são diferentes, os caminhos das pessoas também. Só porque o bagunceiro da classe está em uma multinacional não quer dizer que você deve jogar tudo para o alto e mudar de profissão.

8. NUNCA desista. Não importa por quantos problemas você esteja passando, sejam eles profissionais ou pessoais, não desista jamais. O tempo passa, as situações mudam e novas oportunidades aparecem todos os dias para transformar o cenário a sua frente e ao seu redor.

Fonte: Universia Brasil

Empregos temporários: qualificação faz a diferença!

O verão já está se aproximando e para muitas pessoas aqui no estado, essa é época de oportunidades. Diversas vagas temporárias de emprego são abertas possibilitando a chance do primeiro emprego. Para quem ainda está estudando e quer ganhar um dinheiro durante as férias ou para quem pretende aprender uma nova profissão agora é a hora.

Somente na Grande Florianópolis 12 mil vagas estão projetadas para a temporada do verão 2013, e estar preparado para preenchê-las é um diferencial na hora da contratação. Os setores de hotelaria e bares e restaurantes absorvem grande parte dessa mão de obra e por ser um segmento que lida diretamente com o público precisa de profissionais capacitados e aptos a atender bem os clientes. Os principais requisitos para conquistar uma vaga de emprego nesses setores é a disponibilidade e a vontade de aprender.

O Senac está com inscrições abertas para cursos de agente de informações turísticas, recepcionista de eventos, recepcionista em meios de hospedagem e garçom básico. Todos são gratuitos, presenciais ou a distância. Para se inscrever os candidatos devem cumprir os requisitos abaixo:

* Ser maior de 16 ou 18 anos (dependendo do curso escolhido)
* Ter renda familiar de até 3 salários mínimos (R$ 1.866,00)
* Estar incluido no CadÚnico do Governo Federal
* Se não estiver no CadÚnico procuraro Centro de Referência de Assistência Social para cadastrar-se.

Cursos presenciais:

* Agente de informações turísticas
* Recepcionista de eventos
* Recepcionista em meios de hospedagem
* Garçom básico

Onde se inscrever: No Cras mais próximo. Confira abaixo os telefones.

Em Florianópolis

::: Centro: (48) 3222-0148.
::: Trindade: (48) 3338-1076.
::: Itacorubi: (48) 3338-1068.
::: Estreito: (48) 3348-3150.
::: Capoeiras: (48) 3348-6237.
::: Jardim Atlântico: (48) 3244-0683.
::: Saco dos Limões: (48) 3222-9165.
::: Tapera: (48) 3338-1042.
::: Rio Tavares: (48) 3337-4028.
::: Canasvieiras e Ingleses: (48) 3369-0840.
::: Saco Grande: (48) 3338-2610.

Em São José

::: Areias: (48) 3346-0257.
::: Forquilhinha: (48) 3247-3483.
::: Jardim Zanellato: (48) 3343-9175.
::: Colônia Santana: (48) 3278-2075.

Em Palhoça

::: Barra do Aririú: (48) 3341-6208.
::: Brejaru: (48) 3286-3441.
::: Caminho Novo: (48) 3242-5279.
Em Biguaçu

(48) 3243-2800.
Cursos a distância (gratuitos)

Inscrições: site Senac.

Requisitos: os mesmos dos presenciais, além de conhecimento em informática e ensino fundamental completo. É de responsabilidade do aluno ter acesso a um computador com internet.

* Camareira em meios de hospedagem.
* Garçom básico.
* Recepcionista em meios de hospedagem.
* Governança em meios de hospedagem (precisa certificado de curso de camareira e experiência de um ano na função)
* Maître (certificado de curso de garçom e experiência de um ano)
*Vendedor
*Operador de caixa.

 

 

Empresas na internet: A receita para um bom relacionamento digital!

Todo artigo, texto, palestra, seminário, seja o que for que fale sobre internet, sempre começa com números e dados. Dados repetitivos, sobre o “tal e espantoso crescimento da super tendência chamada internet”, que convenhamos, todo mundo já sabe. Mas muitos ainda insistem em não querer enxergar e acordar para a nova realidade digital.

Então para ser bem breve e apenas reafirmar, dois dados que gosto sempre de mencionar: 90,8% dos usuários que acessam a internet, estão em pelo menos uma rede social e no Brasil, 48% da população tem acesso a internet. (Fonte: comScore e Ibope 2011). O que isso nos mostra? O Brasil ainda tem muito o que crescer, e proporcionalmente o número de usuários nas plataformas digitais irá aumentar.

As empresas hoje não devem optar por se inserir ou não nas mídias digitais, elas simplesmente devem estar lá. E com a entrada de diversas empresas nessas redes, os usuários passaram a ser mais exigentes. Não adianta estar nas redes só para jogar conteúdo e vender seus produtos. As relações de confiança do offline, devem migrar para o online! Nós usuários, queremos relacionamento! Queremos ser ouvidos, queremos ter problemas solucionados, queremos atenção e queremos poder contar com a marca sempre que precisarmos. Queremos ser amigos da marca! Sim, é isso mesmo!

O resultado dessa “amizade” será um usuário curtindo sua empresa e falando bem da sua marca para toda sua rede de contatos. A receita para criar esta amizade? Relacionamento, bom conteúdo e engajamento. Ninguém gosta de empresas egocêntricas. Portanto não fale só da sua empresa ou marca. Entenda e conheça as necessidades do seu público e crie soluções a partir delas! Fale os que seus fãs ou seguidores querem ouvir! Esteja presente, não force a barra, crie conteúdo de qualidade, interaja! Não censure os usuários, não exclua opiniões e comentários, posiciona-se, tenha um diferencial, responda em tempo real, promova experiências, crie engajamento e se destaque!

Texto por Carolina Lima, Analista de Comunicação Digital do Senac/SC e autora do livro Como acabar com sua #empresa em apenas 140 caracteres.

Se você tem interesse em se aprofundar no meio digital, o Senac/SC está preparando um evento de Lançamento da sua Pós-Graduação em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais! No dia 05 de setembro às 19h, no auditório da Fecomércio no centro de Florianópolis, a autora do best seller “Marketing na Era Digital”, Martha Gabriel fará uma palestra sobre Estratégias de Marketing nas Novas Mídias Digitais. Martha foi apontada pela Revista ProXXXIma em 2011 com um dos 10 profissionais mais inovadores em Marketing Digital. Ela também é palestrante internacional e autora de diversos artigos em congressos na área de tecnologia, marketing e artes. As inscrições encerram ainda hoje, então corre, pois temos pouquíssimas vagas. Faça a sua inscrição aqui!

E para quem tem interesse saber mais sobre sobre nossa Pós-Graduação em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais, deixe seu interesse registrado aqui!