Mundo dos jogos: quais são as carreiras que você pode seguir nesse universo

0602

A febre dos games é algo que vem evoluindo a cada ano. Os consoles são cada vez melhores e mais atualizados, novos jogos são desenvolvidos e vários passam por atualizações constantes para manter o público sempre engajado com a marca. Tudo isso é reflexo de um mercado que está em constante expansão e profissionalização, o que também possibilita diversas oportunidades de trabalho dentro desse ramo. Confira algumas carreiras que podem ser seguidas nesse universo dos jogos:
Programador

O programador de jogos desenvolve o código base do jogo, que é a parte física. Por exemplo, quando você está competindo com carros de corrida e a pista molhada deixa a direção do carro diferente, isso faz parte do código do jogo que é desenvolvido pelo programador. A função desse profissional é atuar na mecânica do jogo, movimento dos personagens e entre outros recursos.

Para trabalhar nessa função, é preciso ter uma formação bem completa em programação, e o domínio de linguagem C, C++ e JAVA. Essas são algumas características comuns para esse tipo de vaga, mas qualquer outro domínio de linguagem de programação é sempre bemvindo no currículo.

Designer Gráfico

A pessoa que ocupa esse cargo é responsável pela identidade do jogo, como paleta de cores, estilos, composição e toda a comunicação visual. Essa função define toda a estética do jogo, que é uma das partes mais atrativas para aqueles que gostam de jogar.

O designer gráfico também é responsável por dar o “tom” do jogo, por exemplo, uma composição de sombras mais pesada pode ajudar a identificar que um personagem é o vilão, ou quando temos um percurso mais denso, isso pode ser um alerta para um caminho perigoso. Essas percepções e sensações são pensadas pelo designer gráfico dos jogos.

Game Designer

O design de games, assim como em qualquer outra função dentro dessa área, passa por um ciclo de produção, onde temos a pré-produção e a produção em si. A primeira parte desse processo é responsável pelo desenvolvimento e as regras do jogo e a segunda é o trabalho bruto de criação mesmo, ambientação dos jogos, personagens, história e etc.

O Game Designer é responsável pela parte criativa do jogo, estruturando o aspecto artístico e o técnico. Dentro existem algumas subdivisões onde cada profissional cuida está a frente de algo mais específico, como mecânica de jogo, ambientação, sistema e etc.

Roteirista

O roteirista pode se dizer que faz parte da equipe anterior, de game design, porque ele ajuda a construir toda a escrita e fala do jogo. Ele é responsável por criar as falas dos personagens, a narrativa da história, comentários, dicas, enfim, toda a parte textual que aparece no jogo é de responsabilidade desse profissional. Essa função precisa criar todo envolvimento e coerência, porque isso será o fio condutor da história e o que ajuda a manter o jogador atento e ativo dentro do jogo.

Produtor

Esse profissional tem um papel de coordenar todas as outras funções. Não pense que isso facilita o trabalho dele, pelo contrário, ele deve entender de todos os processos para que consiga manter o trabalho sempre em desenvolvimento. Existem dois tipos neste caso: o produtor interno, que trabalha mais diretamente com o jogo e deve manter todos os prazos e orçamentos do projeto dentro do planejado, e o produtor externo, que é responsável pelo gerenciamento das atividades realizadas por fornecedores, como outras produtoras que possam estar envolvidas nesse projeto e a distribuidora do jogo.

Designer de Áudio

Esse profissional é um dos grandes responsáveis por dar a sensação de realidade no jogo, um grande exemplo são os jogos em primeira pessoa, onde os jogadores têm a sinestesia de serem o personagem em primeira tela graças aos sons da respiração, passos, e do ambiente. Isso garante e imersão do jogo através de um dos sentidos e coloca o jogador num plano de realidade incrível. O designer de áudio capta, manipula e cria os áudios que são necessários ao jogo.

Testador de Jogos

O sonho de muitos gamers com certeza é esse, ser testador de jogos. Basicamente a função desse profissional é jogar para avaliar a qualidade do jogo, verificar possíveis erros e bugs e depois enviar um relatório para que todos sejam corrigidos e o jogo colocado no mercado com a melhor qualidade e jogabilidade possível.

Imagine que legal seria entrar nessa área para trabalhar com jogos. Isso está mais perto do que você imagina. O Senac possui o Ensino Médio e Técnico em programação de jogos digitais. Com uma infraestrutura própria, o ensino é voltado para a formação de um profissional de qualidade que possa ingressar no mercado de jogos digitais. . Conheça o projeto em: http://senac.sc/gjtYT6

 

Leia também: