Mercado de Design de Interiores: descubra as oportunidades e os desafios da área

1409-blog-topo

Muitas pessoas podem imaginar que o trabalho do profissional da área de Design de Interiores se resume à decoração. No entanto, suas funções vão muito além: ele é responsável por elaborar o espaço de forma coerente, seguindo normas técnicas como ergonomia, acústica, térmica e luminotécnica. Além disso, é necessário analisar as necessidades e vontades do cliente para transformá-las em ideias que possam ser executadas.

Dessa forma, à medida que as tendências de decoração e os hábitos mudam, o trabalho do designer de interiores também precisa se adaptar.

Mas você sabe quais são as áreas de Design de Interiores que estão em alta hoje em dia? Confira e prepara-se para ingressar no mercado de trabalho:

Como decorar espaços pequenos?

Pequenos apartamentos, flats e quitinetes têm sido a alternativa mais prática e econômica para jovens casais e solteiros em início de carreira. E convenhamos que eles podem ser muito charmosos, não é?

No entanto, diante desse cenário, a decoração de imóveis compactos ganha destaque. Não à toa, cresce cada vez mais a demanda de profissionais da área de Design de Interiores que saibam aproveitar esses pequenos espaços de maneira otimizada e, claro, levando em conta a estética.

Algumas habilidades bastante requisitadas desses profissionais são:

  • Dar sensação de amplitude: pequenos espaços podem parecer bem maiores com simples truques de decoração. O uso de espelhos e cores claras são ótimas alternativas.
  • Soluções inteligentes: a falta de espaço para guardar todos os pertences também é um desafio constante desse tipo de projeto. Por isso, usar a criatividade e soluções personalizadas (como prateleiras, nichos e armários embutidos) são essenciais para aproveitar os espaços livres.
  • Apenas o essencial: pequenos ambientes podem gerar a sensação de excesso de itens com facilidade. Por isso, é importante saber priorizar móveis e decorações para que o espaço não pareça bagunçado.
  • Decoração moderna: ambientes menores combinam com móveis e objetos mais cleans e sofisticados – características comuns a um estilo mais moderno de decoração. Conhecer a fundo as possibilidades de decoração e uso desse estilo é fundamental para um profissional de Design de Interiores.

Design de Interiores em empresas de móveis planejados

Seguindo a tendência dos apartamentos pequenos que devem ter seu espaço bem aproveitado, outra vertente do Design de Interiores que está em alta é o de móveis planejados. Para isso, profissionais da área são cada vez mais procurados pelas empresas do segmento.

Com a função de escolher os melhores mobiliários e criar móveis planejados, esses profissionais têm uma ótima oportunidade para conquistar espaço no mercado de trabalho. Quer apostar nessa tendência? Conheça as principais demandas do público:

  • Móveis personalizados e específicos: atualmente existem muitos nichos e mercados. Com isso, os profissionais da área devem estar preparados para atender a essas demandas específicas. Por exemplo, utilizando materiais sustentáveis ou atendendo a estilos mais marcantes.
  • Móveis multifuncionais: o espaço é restrito? A criatividade é a solução! Móveis multifuncionais que atendem a várias necessidades podem ser muito úteis, como camas-baú ou divisórias de cômodo que atuam como estantes de livro.
  • Profissionalização do setor: cada vez mais exigentes, os clientes buscam profissionais competentes e capazes de superar suas expectativas. Portanto, invista sempre em formação e aperfeiçoamento profissional!
  • Qualidade dos móveis: a demanda por qualidade ao invés de preço é cada vez maior. Os profissionais de Design de Interiores podem auxiliar na avaliação dos fornecedores e dos materiais que serão utilizados para garantir a melhor entrega para seus clientes.

Paisagismo em ambientes internos

Com o aumento no interesse em sustentabilidade e a necessidade de estar próximo à natureza, outra demanda bastante frequente é o mercado de paisagismo e jardinagem em ambientes internos.

Apesar de parecer um pouco estranho a ideia de um jardim dentro de um apartamento, o resultado pode ficar muito bom! Existem diversas espécies de plantas propícias para ambientes menores, como cróton, cactos e palmeiras-leque. Basta criatividade para escolher o tipo e encontrar um cantinho ideal dentro de casa.

A varanda, sem dúvida, é um dos melhores cômodos para as suas plantas, por conta da luz e da ventilação. Se não houver muito espaço, uma alternativa interessante são os jardins verticais apoiados em paredes. Após escolher o local, o importante é decidir as plantas que melhores se enquadram àquela área do apartamento. Leve em consideração aspectos como luz, espaço e circulação de ar.

E pronto! Agora, além de mais ecológica, sua casa terá o charme e a vivacidade das plantas aliados ao toque de decoração que elas trazem ao ambiente.

E aí, ficou animado com a alta demanda do setor? Se você é uma dessas pessoas que gostam de acompanhar as tendências de decoração e, de tempos em tempos, resolvem remodelar os cômodos da sua casa, considere se aprofundar no assunto!  

A área de Design de Interiores é uma ótima opção a ser explorada. Conheça o Curso Técnico em Design de Interiores do Senac SC e garanta já a sua vaga. ;)

Leia também: