Internet móvel 5G: entenda como ela pode mudar a sua conexão

2108

Quantas horas você passa conectado por dia? Diante de tantas ferramentas disponíveis, o acesso à internet tornou-se fundamental na rotina da população. Com isso, por mais que a banda larga esteja acessível em muitos lugares, a internet móvel passou a ser uma alternativa bastante adotada por quem pretende assegurar o acesso a qualquer momento. Para essas pessoas, a chegada da conexão 5G pode trazer grandes benefícios, entre eles, o tão requisitado aumento da velocidade. 

Como funciona a 4G atualmente

Se falássemos de inovação alguns anos atrás, a internet 4G certamente seria um bom exemplo. Com um aumento significativo na velocidade, chegando a ser até 100 vezes mais rápida que a geração anterior, logo ela conquistou uma grande legião de adeptos. Mas você sabe quais foram as alterações? Ao propor maior cobertura, a internet 4G possibilitou uma melhorias na conexão em comparação à internet 3G, além de permitir um grande número de dispositivos simultaneamente conectados na rede, sem que a mesma seja prejudicada. Isso foi oferecido como uma novidade para os consumidores, já que nas versões anteriores a queda do sinal era comum em locais movimentados.

O que irá mudar com a internet 5G

Assim como a chegada da internet 4G, as mudanças propostas pela sua sucessora prometem revolucionar a rotina da população. Uma das maiores expectativas é o aumento da velocidade: se até então a sua rede conseguia alcançar até 100 Mb/s (Megabits por segundo), com a 5G será possível ter uma internet móvel de até 5 Gb/s. A nova opção permite uma variedade de aplicações com mais tráfego de dados, como se fosse uma banda larga.

Outra mudança que pode agradar ao usuário é a diminuição do tempo de latência. Se com a 4G esse intervalo costuma chegar a 50 milissegundos, na 5G ela passa a funcionar com base em 1 milissegundo. Na prática, essa mudança altera o tempo de resposta da conexão diante do comando do usuário, algo que é naturalmente mais lento em internet móvel. Essa característica ajuda a reduzir o consumo de bateria visto que a conexão acontecerá de forma mais rápida e automatizada, ou seja, a velocidade de resposta entre a ação do usuário e o funcionamento propriamente dito será mais rápida, o que aumentará a duração da bateria.  

Quando essa inovação chega ao Brasil?

Os testes para a implementação da internet 5G circulam por vários países do mundo, principalmente na China, Coreia do Sul e Estados Unidos. Por isso, a expectativa é que esses sejam os primeiros locais a disponibilizar o recurso. No Brasil, algumas operadoras já estão investindo na implementação, com a perspectiva de oferecer ao público ainda no próximo ano.  

Leia também: