5 razões para desenvolver a inteligência emocional e se dar bem no mercado de trabalho

inteligenciaemocionalblog

Após anos dedicados aos estudos e às especializações, diplomas e experiências na área, é normal que pensemos: estou preparado para o mercado de trabalho. Mas será que isso é mesmo verdade? Nos últimos anos, cada vez mais as empresas têm valorizado, além de capacidade técnica, inteligência emocional na hora de montar suas equipes.

Em tempos de constantes mudanças, a inteligência emocional é a capacidade de lidar bem com situações adversas, sejam pessoais ou profissionais. Por isso, no ambiente corporativo, essa característica tem sido cada vez mais procurada por setores de Recursos Humanos. Como se não bastasse, quer mais razões para desenvolver a inteligência emocional e se dar bem no mercado de trabalho? Confira as vantagens que só um profissional inteligente emocionalmente tem:

Adaptar-se a diferentes ambientes

Se você possui experiências no mercado, já sabe que a rotina de trabalho pode mudar bastante de uma empresa para a outra. Alguns locais são mais rígidos em questões de horários, outros mais flexíveis. Em algumas empresas, a organização é mais vertical e centralizadora, enquanto outras são mais horizontais e dão mais liberdade aos seus colaboradores.

Como cada companhia trabalha com suas próprias regras, é preciso aprender a se adaptar a elas. E a inteligência emocional nesses momentos permite que você perceba essas diferenças e saiba se adequar aos diferentes ambientes de trabalho.

Mostrar resultados mesmo sob pressão

Cada vez mais competitivo, o mercado de trabalho exige que você conquiste seu espaço com determinação e profissionalismo. A sua empresa, certamente, trabalha com resultados e, por isso, os exigirá de você. Ao desenvolver a inteligência emocional, você está preparado para lidar com situações tensas, como prazos apertados, clientes exigentes, pressão do chefe. Tudo isso, claro, sem se desesperar.  

Habilidades de liderança

Ainda que você não busque um cargo de liderança, você certamente deseja crescimento profissional, não é? Então acredite: você precisará se educar emocionalmente. Afinal, grandes profissionais, líderes ou não, devem ser capazes de controlar suas emoções, conciliar conflitos, ouvir e ponderar opiniões de terceiros.

Ser respeitado no ambiente de trabalho

Profissionais competentes inspiram confiança nos seus colegas de trabalho. E não medo ou por possuírem um cargo elevado dentro da empresa, mas por merecerem esse respeito. Seus chefes têm a segurança de que as tarefas delegadas serão cumpridas dentro do prazo de maneira correta e eficiente. Caso contrário, eles estarão preparados para dizer “não” quando necessário e certamente não assumirão mais do que são capazes de entregar.

Estar entre os melhores

Em todo setor de toda empresa, existem aquelas pessoas de confiança. Elas são consideradas referência devido a sua postura e sua capacidade de contornar adversidades com tranquilidade e segurança.

Então já sabe, para você estar entre os melhores, a inteligência emocional é um aspecto fundamental. Afinal, ninguém vai confiar tarefas importantes a uma pessoa imprevisível, não é?

E aí, está convencido que desenvolver a inteligência emocional é essencial para alcançar o sucesso profissional que você tanto almeja? ;)

 

Leia também: