Formas diferenciadas para gerar energia

101

Há muitas formas de gerar energia. A hidrelétrica, eólica e solar são exemplos que já conhecemos e estamos habituados a ouvir e falar sobre. Agora, você sabia que também é possível gerar energia a partir do calor corporal, do biogás e da biomassa? Descubra como funcionam algumas dessas tecnologias:

Biogás
O biogás é criado a partir do lixo orgânico de esgoto, aterros sanitários e dejetos de fazendas. Algumas tubulações acabam captando o metano – gás liberado pela matéria orgânica em decomposição – e o usam para gerar energia. Essa energia pode ser usada para cozinhar ou aquecer algo e, também, como combustível.

Biomassa
Através da queima de palha de milho, casca de arroz e bagaço de cana, por exemplo, pode ser obtida a biomassa. No período que cai o nível de água nos reservatórios das hidrelétricas é quando ocorre a safra da cana – o que acaba sendo uma grande vantagem para obter esse tipo de energia.

Geotérmica
Um exemplo de como esta tecnologia funciona é a forma que moradores dos arredores da cidade de Reykjavik, na Islândia, encontraram para se aquecer. Eles usam a água aquecida pela atividade vulcânica para levar eletricidade para a região em que moram.

Ondas
As ondas geram energia equivalente a aproximadamente cinco vezes o consumo mundial de eletricidade (muita coisa, não é mesmo?) e o Pelamis, equipamento criado na Escócia, em 1998, converte ondas em eletricidade.

Células a combustível hidrogênio
O hidrogênio, além de ser um elemento em abundância, tem alta taxa de energia. Quando produzido a partir de recursos renováveis, pode se tornar uma grande forma de armazenar eletricidade. A operação dele produz baixo impacto ambiental, não tem ruídos, combustão e vibrações, tendo uma baixa taxa de poluição. O motor de um planador, por exemplo, já foi criado para funcionar exclusivamente com hidrogênio.

Calor Corporal
Em Estocolmo, cerca de 250 mil pessoas utilizam a Estação Central todos os dias. O calor que elas emanam é o suficiente para aumentar a temperatura do local em 22 a 25 graus. A Suécia tem desenvolvido um sistema que extrai o excesso de calor produzido pelo corpo a partir de trocadores de calor de um sistema de ventilação que substitui o ar-condicionado.

E aí, você conhece mais alguma outra forma diferente de geração de energia? Nos conta, vai!

Leia também: