4 estratégias para estimular o cérebro e facilitar o aprendizado

blog-blog

Antigamente, sinônimo de aprendizado era uma sala de aula fechada, com carteiras enfileiradas, um professor à frente e um quadro negro cheio de anotações. Com o avanço das tecnologias, esse cenário mudou. No início, educadores tentaram controlar o uso de celulares e, assim, manter a atenção dos estudantes. Atualmente, já se tem certeza de que o conhecimento vai além das paredes da escola e que outros métodos e atividades podem, sim, facilitar o aprendizado.

Com a popularização da internet, a informação ficou mais acessível e pode ser consultada de qualquer lugar, com o uso de um smartphone. Ou seja, para que um estudante aprenda algo, não é mais necessário que ele esteja dentro de uma sala de aula ou então estudando em casa, junto aos livros.

Todas essas transformações tornam necessário repensar a forma de ensino. Isso porque não só os tempos mudaram como a forma como nosso cérebro lida com esses estímulos. Estudos de neurociência afirmam que adquirir o domínio em diversas áreas do conhecimento amplia e torna os sistemas neurais mais comunicativos. Ou seja, quanto maior a quantidade de informações e de meio para obtê-las, maior é a capacidade do cérebro em absorvê-las.

Portanto, é importante dedicar sempre um tempinho para aquelas atividades que são capazes de turbinar seu cérebro e facilitar o aprendizado! Então, que tal começar agora?

Rede de comunicação

Os aplicativos de comunicação instantânea como WhatsApp, Telegram, Viber, entre outros, são ótimas ferramentas para facilitar o aprendizado! Organize grupos para trocar ideias, compartilhar informações e, mais importante: fazer um bom networking!

Novas estratégias visuais

Antigamente, costumávamos estudar por meio de resumos, livros e anotações durante as aulas. Mas, hoje em dia, um método que tem ganhado bastante destaque devido a sua eficiência são os mapas mentais!

O mapa mental é uma ferramenta que permite a memorização, organização e representação de informações de modo que facilita o processo de aprendizagem.

E você pode fazê-los manualmente ou contar com a ajudinha da tecnologia: o site coggle.it é uma ferramenta gratuita que permite elaborar e visualizar com mais clareza todo o conteúdo que você estava com dificuldades em entender.

Faça contas de cabeça!

Essa sugestão não está ligada a nenhuma inovação tecnológica. Pelo contrário, é uma atividade para forçar o seu cérebro a trabalhar sem ajuda de calculadoras: sempre que possível, experimente calcular simples contas mentalmente. Com um pouco de treino, você logo poderá ser um “computador humano”. Além disso, existem alguns truques que facilitam e muito, é só pesquisar por “cálculo mental” e você verá! Assim você manterá seu cérebro sempre ativo e disposto a trabalhar, ajudando no aprendizado de qualquer matéria.

Mnemônicos

Você sente que tem dificuldades em se lembrar de informações? A mnemônica ajuda você! De acordo com pesquisas, o ser humano é capaz de memorizar dados mais facilmente quando associados a alguma informação pessoal ou “importante”. Por isso cursinhos pré-vestibulares criam músicas, siglas e outras técnicas que facilitam a memorização.

Então anota aí: quando quiser se lembrar de algo rapidamente, recorra à mnemônica.

Essas são algumas dicas que vão facilitar o seu aprendizado e o mais importante: deixar seu cérebro sempre disposto a aprender novas lições!

E você, faz uso de alguma outra estratégia? Compartilhe com a gente!

Leia também: