Você já ouviu falar em streetstyle? Este “movimento” vem ganhando os olhares do mundo da moda e tem dado o que falar. O termo vem do inglês e significa “estilo de rua”. Neste caso, as avenidas e ruelas das cidades se transformam em passarelas e, as pessoas, em modelos.

O estilo urbano pauta os estilistas, gerando um fenômeno inverso. No streetstyle a moda vem de baixo para cima, ou seja, não são mais as marcas que “ditam” as tendências; são as pessoas e seus estilos que acabam servido como inspiração para os designers e suas coleções.

Os criadores perceberam nas cidades uma fonte de inspiração muito forte, prova disso são tendências como o normcore, conhecido por trazer à tona um estilo simples, básico, descomplicado, mas, ao mesmo tempo, moderno.

Outro ponto importante no estilo de rua é o mix de elementos e culturas. Não há certo nem errado. Há o gosto, a valorização do estilo próprio e da atitude de quem veste determinado look.

Bill Cunningham, fotógrafo que trabalhou no The New York Times é considerado o pai do streetstyle. Já com 86 anos, Bill continua a clicar pessoas vestidas de uma forma excêntrica. Certa vez, o Times publicou uma galeria de imagens sem a autorização dos fotografados – o que gerou polêmica. Aproveitando a ideia, foi criada a coluna On the Street, com as fotos de Bill, ganhando sucesso na sociedade.

Em 2010 foi criado o documentário Bill Cunningham New York sobre o trabalho do fotógrafo. Confira o trailler:

 

Os blogueiros também viram no streetstyle uma oportunidade. Eles começaram a ganhar destaque em meados de 2006, mas este tipo de trabalho já era feito pelos coolhunters ou caçadores de estilo, que fotografavam looks nas ruas em busca de referências para grandes marcas.

O blog The Sartorialist, criado pelo fotógrafo Scott Schuman é tido como referência dentro do streetstyle. Ele traz looks de diversas partes do mundo, de pessoas famosas no mundo da moda ou não, clicadas pelas lentes de Schuman, que já trabalhou nas revistasVogue e GQ.

As fotografias renderam dois livros publicados pela editora Penguin: The Sartorialist e The Sartorialist Closer.

The Sartorialist, reprodução

Outros que também têm relevância são o francês Garancé Doré, que também aborda dicas de moda e beleza, e o Stockholm Streestyle.

O Brasil também tem blogs sobre o assunto. o Rio Etc., criado em 2007 pela consultora de moda Renata Abranchs e pelo jornalista Tiago Petrik, traz o melhor do estilo carioca. É impossível não ficar impressionado com as cores das fotografias e com os textos. As entrevistas e imagens também renderam livros, como o A Carioca, publicado há três anos em parceria com o Canal GNT.

Rio Etc. Reprodução

O Street-style Poa e o Street-style SP são blogs da mesma equipe, porém, um traz fotos de Porto Alegre e o outro de São Paulo. Eles vão além dos looks e retratam o modo de vida dos moradores das duas cidades.

Se você gostou do assunto e pensa em criar um blog, também temos dicas! E, se você quer se profissionalizar e aprender mais sobre moda, o Senac conta com diversos cursos na área. Acesse nosso site e confira! ;)

Publicações Relacionadas