Conheça o Vale do Silício e aprenda com os melhores em sua área

2903

Você já deve ter ouvido falar no Vale do Silício, não é? É o grande polo de tecnologia norte-americano onde se encontram as maiores e mais bem-sucedidas empresas de tecnologia do mundo. Agora imagine trocar experiências com alguns dos gestores dessas empresas e conhecer seu modelo de negócio! Essa é a ideia da Missão Técnica Vale do Silício do Senac Santa Catarina.

A Missão levará empresários brasileiros a uma viagem para entender e vivenciar a cultura do Vale do Silício. Serão diversas visitas técnicas orientadas a diferentes empresas com foco na cultura e educação empreendedora, negócios internacionais, aceleradoras e incubadoras de empresas de nicho. Para você ter uma ideia: nessa viagem você poderá conhecer organizações como o Airbnb, Google, Linkedin, Netflix, NASA e instituições de ensino renomadas, como a Universidade de Stanford. O objetivo das visitas é compartilhar experiências e fazer com que elas possam ser disseminadas e aproveitadas no mercado catarinense.

Durante esses encontros, os participantes ainda poderão estabelecer uma rede de contatos e parcerias que podem ajudar no futuro dos seus empreendimentos, trazendo ideias inovadoras e processos de gestão diferenciadas. A viagem também aproximará empresas, criando oportunidades de investimento.

Conheça alguns dos pilares da cultura de mercado do Vale do Silício:

A região do Vale do Silício, na Baía de São Francisco, é conhecida por ser disruptiva, inovadora e estar sempre em ritmo acelerado. Juntos, esses quesitos atraem investimentos robustos e permitem que as 19 cidades do grupo recebam cerca de 40% de todo o investimento anual nos Estados Unidos, de acordo com dados do Silicon Valley Indicators.

Mas como essa região se tornou um polo de tecnologia com lucros na casa dos U$ 130 bilhões anualmente? Devido a cinco pilares que, associados, criaram um ambiente perfeito para inovar e surpreender.

  1. Compartilhar experiências: trocar informações dentro do seu nicho de mercado ajuda no aprendizado e evolução do seu grupo. A parceria entre empresas da região e de fora dela auxilia no desenvolvimento de novas oportunidades. Cooperação é uma palavra-chave para o trabalho e pode ser a diferença no seu crescimento empresarial.
  2. Criatividade: criar, inventar e não se limitar ao comum, permitir-se ousar dentro do seu empreendimento para ser diferente dentro do seu segmento de mercado.
  3. Inovação: buscar novas estratégias e práticas pode ser o diferencial para a evolução de um negócio. Não se prender a padrões anteriores, trazer novas ideias e informações para conquistar resultados diferentes é fundamental para se manter competitivo.
  4. Aceitar os riscos: apostar em novas estratégias pode trazer riscos grandes – mas também benefícios incomparáveis. Não ter medo de arriscar e falhar, superar e melhorar com os erros é um método de aprendizado e desenvolvimento muito comum no Vale do Silício.
  5. Excelência no trabalho: seja o melhor naquilo que você faz. Seja de forma individual ou em grupo, buscar formação e educação na sua área pode trazer grandes benefícios para seu negócio.

Todos esse fatores somados tornaram a região de São Francisco um grande centro de companhias de sucesso. E é por isso que o Senac Santa Catarina criou o projeto de levar empresários para entrar em contato com esse ecossistema. Para Thiago Moraes, responsável técnico da Missão Técnica Vale do Silício, a viagem representa uma experiência única para o empresários, algo que deve ser aproveitado do início ao fim. “O que eu recomendo é vivenciar isso, entender a prática, o clima e a estrutura do Vale do Silício. A ideia é voltar com essa bagagem de métodos e ferramentas e adaptar isso para atender as necessidades do nosso mercado”.

A Missão Técnica do Vale do Silício é uma oportunidade única de aprendizado para quem quer desenvolver seus empreendimentos e aumentar suas realizações profissionais. Participe e procure mais informações sobre a Missão Técnica do Vale do Silício através do site: http://senac.sc/A4w5JQ.

Leia também: