Tecnologia

Santa Catarina fica em 4º lugar geral na Olimpíada do Conhecimento

No último sábado, dia 17, encerraram as competições da 7ª Olimpíada do Conhecimento, realizada em São Paulo, no Anhembi. No dia seguinte, em Barueri, aconteceram cerimônia de encerramento e premiação dos participantes.

A delegação de Santa Catarina, formada por 39 estudantes do Senac e Senai e, seus avaliadores, ficou em 4º lugar geral da Olimpíada, ficando atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Paraná, respectivamente.

Os competidores treinaram por cerca de onze meses, desenvolvendo trabalhos típicos de diversas ocupações, que simulam o ambiente de trabalho. Desta forma, cumprindo o objetivo da Olimpíada do Conhecimento.

O Senac, participou em quatro categorias: Cabeleireiro, Cozinheiro e Técnico em Enfermagem, com quatro alunos. Para a Mayara Silva Santos, de Joinville, competidora da categoria Cozinheiro, participar da Olimpíada do Conhecimento a fez crescer na profissão que ela escolheu. “Não há dúvida de que eu cresci e aprendi muito durante os meses de treinamento e mesmo na competição”.

Os alunos do Técnico em Enfermagem, Guilherme Sakurada e Leandro Radunz, voltaram para Jaraguá do Sul, satisfeitos com o que vivenciaram. “Se eu pudesse, participaria de novo, mas se tiver oportunidade, quero ir a Olimpíada em 2014 para trocar experiências com os próximos competidores”, afirma Guilherme. Para Leandro, participar de eventos desse porte, conta muito para o crescimento profissional, por se tratar de uma ótima vitrine de educação profissional.

A Bruna Silvestre, competidora na ocupação Cabeleireiro, trouxe para Florianópolis o Certificado de Excelência, por ter se destacado entre os competidores de todo o país, em sua ocupação. “Volto para casa com sentimento de dever cumprido. Me sinto vitoriosa por ter chego até a etapa nacional e ter sido reconhecida nacionalmente na vitrine da Olimpíada”, afirma Bruna.

O Senac Santa Catarina, mais uma vez, agradece os nossos alunos pelo comprometimento e dedicação em todos os momentos que envolveram a Olimpíada do Conhecimento. A torcida pelo crescimento profissional de vocês continua.

Confira na galeria algumas atividades práticas dos nossos competidores!

Olimpíada do Conhecimento é ótima oportunidade de aprendizado

Para os 640 competidores da 7ª Olimpíada do conhecimento participar da competição é mais do que um desafio, é uma oportunidade de conhecer pessoas, fazer contatos, crescer profissionalmente e viver uma experiência diferente. No dia 12 de novembro, durante a abertura do evento, estiveram presentes para contar um pouco de suas histórias de vida o ex-presidente Lula, o estilista Ronaldo Fraga, o maratonista Bernardo Fonseca, o maestro João Carlos Martins, além da apresentação de André Marques.

Os competidores de diversos estados brasileiros e de outros 24 países tiveram, no dia 13, tempo para a  ambientação, para verificar os equipamentos e conhecer os espaços. Dia 14, primeiro dia das competições, a presidente Dilma foi ao Anhembi prestigiar o evento. Em seu discurso ela falou sobre capacitação profissional, sobre as parcerias positivas entre Senac, Senai e o Governo Federal na iniciativa do Pronatec.

Competições – cabeleireiro

As competições iniciaram ainda na manhã do dia 14 e se estenderam até a noite. Na categoria cabeleireiro a nossa aluna de Florianópolis, Bruna Silvestre, produziu pela manhã, um penteado feminino com ornamentação para noivas e durante a tarde corte masculino estilo fashion com coloração. Nessa categoria as provas duram entre duas e quatro horas. Tudo depende do tipo de procedimento de corte, penteado ou coloração que eles devem fazer. Nesse caso, quatro  avaliadores observam os alunos durante a prova e outros avaliadores, que ficam isolados durante a prova, passam pelas bancadas avaliando minuciosamente o resultado das atividades.

No segundo dia, 15 de novembro, Bruna teve que produzir penteado feminino com coloração pela manhã e penteado criativo feminino com realce de cor, a tarde, totalizando 7 horas de prova.Os quatro avaliadores que acompanham os trabalhos, devem entrar em um consenso e dar uma única nota. Já os avalidores “cegos”, analisam e dão suas notas individuais. Após todas as avaliações, as produções ficam expostas para o público.

Cozinheiro

Na categoria cozinheiro, a Mayara Silvia dos Santos precisou preparar um prato principal e uma sobremesa com base na cozinha celíaca. As receitas escolhidas foram um peixe e um brownie. Nesta categoria o aluno inicia os trabalhos as 8h30 e deve apresentar os pratos entre 13h45 e 14h45. A cada prato finalizado, os avaliadores experimentam, fazem suas considerações e dão suas notas. Nessa categoria em especial houve uma avaliação chamada de avaliação cega, pois os jurados recebem os pratos sem saber de qual competidor ou estado pertencem. Após isso, com a receita, os pratos ficam expostos para os visitantes.

A nossa aluna de gastronomia, Mayara, preparou o seguinte prato: fraldinha com recheio de queijo brie, ao molho de mostarda dijon com fricassê de shitake e ervilhas. De sobremesa, um bavaroise de chocolate com recheio de creme bruleê. Nessa categoria, há ainda a necessidade de não esquecer ou deixar de utilizar os ingredientes obrigatórios, listados na receita.

Técnico em enfermagem

Já os meninos do Técnico em Enfermagem, Guilherme Augusto da Silva e Leandro Randünz, tiveram suas atividades baseadas na assistência integral ao paciente clínico. Nesta categoria os alunos são avaliados por três jurados simultaneamente, por quase duas horas. Os procedimentos são simulados com bonecos, que são interpretados por atores. Por exemplo: eles realizam o procedimento no boneco e quem conversa com eles como se fosse o boneco são esses atores. Após a prova, os alunos passam por uma breve etapa oral com os avaliadores. Depois de tudo, os três jurados se reúnem e entram num consenso para a nota final das duplas. No Técnico em enfermagem, os meninos realizaram procedimentos e orientações em assistência integral ao paciente materno-fetal e neonatal.

A competição segue até dia 18 de novembro, com premiação e cerimônia de encerramento, que será realizada em Barueri – SP.

Foto: Hélvio Romero

Senac Santa Catarina na Olimpíada do Conhecimento

Começam amanhã, 14/11, em Barueri – SP, as competições da 7ª Olimpíada do Conhecimento, o  maior torneio de educação profissional do país. Além de incentivar o desenvolvimento das competências profissionais dos alunos, o evento ensina os jovens a superar desafios, aproxima-os da realidade do mercado de trabalho e apresenta novos talentos à sociedade.

Entre os dias 14 e 17 cerca de 250 mil pessoas, interessadas nas diversas atividades, devem comparecer ao ginásio para acompanhar a performance dos atletas. A competição é realizada em três etapas: a escola, estadual e nacional. Os que alcançarem a melhor colocação na última etapa, garantem vaga para a WordSkills, a mais importante competição internacional de educação para o trabalho, que em 2013 será na Alemanha.

A primeira participação do Senac na Olimpíada do Conhecimento se deu em 2008, com alunos de oito estados brasileiros competindo nas categorias de Cabeleireiro, Cozinheiro e Serviço de Restaurante. Já em 2010, foram 18 estados competindo nas categorias de Técnico em Enfermagem, Serviço de Restaurante, Maquiagem, Cabeleireiro e Cozinha.

Em 2012, são 60 competidores de 22 regionais, divididos nas categorias de Cabeleireiro, Cozinha, Serviços de Restaurante e Técnico em Enfermagem. O Senac de Santa Catarina está representado por Bruna, na categoria Cabeleireiro, Mayara na categoria Cozinheiro e por Guilherme e Leandro na categoria Técnico em Enfermagem. Eles são alunos das Unidades do Senac Saúde e Beleza, em Florianópolis, Joinville e Jaraguá do Sul, respectivamente.

Agora é só cruzar os dedos e torcer pelos nossos atletas do conhecimento!

Boa sorte, pessoal!

Inscrições abertas para o processo seletivo Senac!

Você está pensando em começar um curso superior, mas tem medo de errar na escolha? Então conheça os cursos tecnólogos do Senac. São diversas opções para quem está focado em atividades práticas e que atendem diretamente a demanda das empresas.

Se você quer obter uma graduação para se inserir no mercado de trabalho, os cursos tecnólogos são a melhor opção. Por ter uma grade de matérias que prioriza a prática, os cursos superiores de tecnologia atualizam-se anualmente de acordo com as necessidades do mercado. O formato do curso tem agilidade para atender a dinâmica das mudanças por ter aulas práticas e por incentivar os estágios.

Nos últimos anos, a procura por esses cursos cresceu, o perfil dos alunos mudou e o mercado de trabalho criou nichos que só os tecnólogos conseguem ocupar. Em 2010, no Brasil, haviam 226.053 matriculados em cursos tecnólogos, sendo que 8.150 são alunos de Santa Catarina.

O perfil clássico de quem cursava o tecnólogo era o de pessoas que já estavam no mercado de trabalho, mas pensavam em fazer um curso superior por não haverem concluído a faculdade, ou mesmo nunca terem frequentado uma. Eram alunos, geralmente, entre 25 e 30 anos, que buscavam progressão na carreira. Esse tipo de aluno, ainda procura os tecnólogos e junto a ele, alunos que acabaram de sair do ensino médio e querem seguir uma carreira. Em Santa Catarina o Senac oferece cinco cursos de graduação tecnológica divididos em oito Faculdades de Tecnologia. São eles: Gestão Comercial, Processo Gerenciais, Gestão da Tecnologia da Informação, Gestão de Recursos Humanos e Logística. As inscrições podem ser feitas até dia 25 de novembro clicando aqui. 

Ficou com alguma dúvida? Ligue pra gente, e comece hoje mesmo a traçar seu caminho para o futuro.

Faculdade Senac Florianópolis: 48 – 3229-3200
Faculdade Senac Criciúma: 48 – 3437-9801
Faculdade Senac Blumenau: 47 – 3035-9999
Faculdade Senac Caçador: 49 – 3563-0000
Faculdade Senac Chapecó: 49 – 3361-5000
Faculdade Senac Jaraguá: 47 – 3275.8400
Faculdade Senac São Miguel do Oeste: 49 – 3621-0055
Faculdade Senac Tubarão: 48 – 3632-2428


 

Senac Wallpaper. Muitos prêmios pra você!

Está no ar o nosso Concurso Cultural Senac Wallpaper, você já conferiu?

Funciona assim: durante 15 dias iremos lançar na fan page oficial do Senac Santa Catarina 15 diferentes wallpapers relacionados as áreas de atuação da instituição: Design e Artes, Gastronomia e Lazer, Meio Ambiente, Saúde e Beleza, Tecnologia e Informação e Empreendedorismo e Negócios.

No início do dia você conhece o wallpaper e algumas horas depois fica sabendo a qual prêmio você estará concorrendo. Para participar você deve postar nos comentários do wallpaper do dia uma frase bem criativa, em 240 caracteres. Depois é só pedir para seus amigos curtirem sua frase e cruzar os dedos. As três frases mais curtidas serão avaliadas pelo nosso júri, e uma será a ganhadora.

Lembrando que, quanto antes você postar sua frase mais tempo você terá para pedir para seus seus amigos curtirem, ou seja, você tem mais chances de ganhar.

Todo mundo pode participar e enviar uma frase por wallpaper. Você tem 15 dias e 15 diferentes motivos para concorrer! Não fique fora dessa!

O regulamento você confere aqui.  :)

Dia 06 de Outubro – Dia do tecnólogo: você sabe o que fazem esses profissionais?

Ao contrário do que muita gente imagina um tecnólogo não é um profissional com formação em curso técnico ou aquele que trabalha com tecnologia. Os tecnólogos são especialistas com formação de nível superior, mas que fizeram cursos voltados para uma área específica do conhecimento, já focados no mercado de trabalho.

Por ter uma duração menor que as graduações superiores tradicionais – em média de 2 a 3 anos – os tecnólogos são logo absorvidos pelo mercado de trabalho, já que o ensino foca a parte prática da profissão e não uma formação tão abrangente e acadêmica.

O mercado de trabalho está aquecido para esses profissionais. Com o crescimento da economia brasileira e o avanço nos postos de  trabalho, a necessidade de qualificação tornou-se ainda mais evidente. As instituições de ensino superior passaram a oferecer mais cursos voltados para a prática mercadológica e com preços mais acessíveis.

Muito procurado por pessoas recém saídas do ensino médio, esta modalidade interessa, e é bastante válida também, para quem já está inserido no mercado de trabalho e está em busca de um melhor posicionamento. A qualificação profissional valoriza o currículo e ajuda a obter salários mais altos. Vale ressaltar que cursos deste tipo oferecem um diploma de graduação em nível superior como qualquer outro curso de bacharelado e podem ser continuados com pós-graduação, mestrado e doutorado.

Aqui no Senac você tem diversas opções de cursos para ser um tecnólogo e ter uma chance de se inserir no mercado de trabalho. Confira nossos cursos, as inscrições para o Processo Seletivo serão abertas a partir do dia 19 de outubro: http://www.sc.senac.br/processoseletivo

 

Você fala outro idioma? Está na hora de aprender

Falar um segundo idioma é imprescindível para conseguir uma melhor colocação no mercado de trabalho. Considerado um diferencial na hora da escolha do candidato, ele ajuda a alavancar a carreira e também dá um up grade no currículo. O inglês é a língua mais recorrente em cursinhos e escolas de idiomas, mas outras línguas como o espanhol e, recentemente o mandarim, tem ajudado a lotar as salas de estudantes.

O mandarim, língua falada na China, entrou para o rol das línguas mais faladas no mundo devido a sua enorme população – são mais de 1 bilhão de pessoas – e também por conta da necessidade de gestores e empresários em conseguir negociar, sem intermediários, com os comerciantes chineses. É sabido que a China fabrica boa parte de tudo o que é consumido no mundo, e conseguir comunicar-se diretamente com eles é um diferencial para quem deseja ter competitividade no mercado.

Abaixo seguem 15 motivos por que você deve aprender um novo idioma

1. Salário maior
Quanto melhores suas habilidades e competências, maior sua remuneração no mercado de trabalho.

2. Consciente do mundo ao seu redor
Falar outros idiomas ajuda você a se manter consciente do mundo ao seu redor, pois você tem acesso a mais informações do que normalmente teria.

3. Torne-se indispensável
Quando você tem algo que é difícil de encontrar, como fluência em idiomas mais complicados como o russo ou mandarim, é muito mais fácil de tornar-se indispensável e requisitado no mercado de trabalho.

4. Intérprete
O fato de ter alguém na empresa que fala idiomas não tão comuns como o inglês e espanhol ajuda a cortar as despesas e burocracias de um intérprete.

5. Competências estrangeiras
Se seu objetivo é trabalhar para grandes empresas, então é essencial que você fale, pelo menos, dois idiomas além do português.

6. Ganhe independência
Ao falar mais de uma língua você se sentirá mais confiante e autossuficiente para lidar com situações desafiadoras como um intercâmbio ou conferência internacional.

7. Aprimora a memória
Além da leitura, você também melhora sua capacidade de memorização e mantém seu cérebro ativo e saudável.

8. Fazer novos amigos
Viajar é uma ótima oportunidade de conhecer novos amigos e fazer amizades ao redor do mundo, mas para isso você precisa saber se comunicar com essas pessoas.

9. Conheça os habitantes locais
É comum que os países com alta atividade turística “escondam” a vida real dos visitantes, com roteiros turísticos em locais mais bonitos e apresentáveis. Mas se você fala a língua local então conseguirá explorar o país em todas as suas vertentes e verdades.

10. Entender músicas estrangeiras
Grande parte dos brasileiros gosta de músicas estrangeiras em inglês ou espanhol. Falar um desses idiomas ajuda você a entender as letras e apreciar as músicas ainda mais.

11. Família
Se você possui parentes que moram em outros países pode aproveitar essa oportunidade para aprender a língua desse local.

12. Conectar-se com várias pessoas
Encontre mais amigos com interesses e hobbies parecidos com os seus e comunique-se com eles de maneira eficiente e correta.

13. Impressione os pretendentes
Você pode impressionar os pretendentes ou outra pessoa querida com um poema em um idioma romântico como o francês ou italiano.

14. Faça intercâmbios
Mesmo que você tenha perdido a oportunidade de fazer um intercâmbio no ensino médio, pode experimentar essa experiência no curso superior ou durante o mês de férias do trabalho.

15. Quanto mais idiomas, mais fácil
Quanto mais idiomas você souber, mais fácil será de aprender novas línguas, principalmente se a origem das línguas for similar, como o latim.

Então, que tal aprender uma nova língua? O Senac Idiomas possui mais de 20 idiomas para você aprender! Seja Alemão, Russo, Italiano, Francês, Mandarim, Inglês, Espanhol, Turco ou Sueco, você terminará o curso falando fluentemente. O Senac Idiomas possui uma parceria com o Rosetta Stone, sendo assim, o método de estudo todo a distância. As aulas são intuitivas e focadas na conversação. Você aprende como pronunciar, os sotaques e até mesmo a gramática. Conheça mais sobre o curso aqui! Ou se preferir, você pode entrar em contato conosco via telefone: 48 3357.4197.

Are you ready?

Empregos temporários: qualificação faz a diferença!

O verão já está se aproximando e para muitas pessoas aqui no estado, essa é época de oportunidades. Diversas vagas temporárias de emprego são abertas possibilitando a chance do primeiro emprego. Para quem ainda está estudando e quer ganhar um dinheiro durante as férias ou para quem pretende aprender uma nova profissão agora é a hora.

Somente na Grande Florianópolis 12 mil vagas estão projetadas para a temporada do verão 2013, e estar preparado para preenchê-las é um diferencial na hora da contratação. Os setores de hotelaria e bares e restaurantes absorvem grande parte dessa mão de obra e por ser um segmento que lida diretamente com o público precisa de profissionais capacitados e aptos a atender bem os clientes. Os principais requisitos para conquistar uma vaga de emprego nesses setores é a disponibilidade e a vontade de aprender.

O Senac está com inscrições abertas para cursos de agente de informações turísticas, recepcionista de eventos, recepcionista em meios de hospedagem e garçom básico. Todos são gratuitos, presenciais ou a distância. Para se inscrever os candidatos devem cumprir os requisitos abaixo:

* Ser maior de 16 ou 18 anos (dependendo do curso escolhido)
* Ter renda familiar de até 3 salários mínimos (R$ 1.866,00)
* Estar incluido no CadÚnico do Governo Federal
* Se não estiver no CadÚnico procuraro Centro de Referência de Assistência Social para cadastrar-se.

Cursos presenciais:

* Agente de informações turísticas
* Recepcionista de eventos
* Recepcionista em meios de hospedagem
* Garçom básico

Onde se inscrever: No Cras mais próximo. Confira abaixo os telefones.

Em Florianópolis

::: Centro: (48) 3222-0148.
::: Trindade: (48) 3338-1076.
::: Itacorubi: (48) 3338-1068.
::: Estreito: (48) 3348-3150.
::: Capoeiras: (48) 3348-6237.
::: Jardim Atlântico: (48) 3244-0683.
::: Saco dos Limões: (48) 3222-9165.
::: Tapera: (48) 3338-1042.
::: Rio Tavares: (48) 3337-4028.
::: Canasvieiras e Ingleses: (48) 3369-0840.
::: Saco Grande: (48) 3338-2610.

Em São José

::: Areias: (48) 3346-0257.
::: Forquilhinha: (48) 3247-3483.
::: Jardim Zanellato: (48) 3343-9175.
::: Colônia Santana: (48) 3278-2075.

Em Palhoça

::: Barra do Aririú: (48) 3341-6208.
::: Brejaru: (48) 3286-3441.
::: Caminho Novo: (48) 3242-5279.
Em Biguaçu

(48) 3243-2800.
Cursos a distância (gratuitos)

Inscrições: site Senac.

Requisitos: os mesmos dos presenciais, além de conhecimento em informática e ensino fundamental completo. É de responsabilidade do aluno ter acesso a um computador com internet.

* Camareira em meios de hospedagem.
* Garçom básico.
* Recepcionista em meios de hospedagem.
* Governança em meios de hospedagem (precisa certificado de curso de camareira e experiência de um ano na função)
* Maître (certificado de curso de garçom e experiência de um ano)
*Vendedor
*Operador de caixa.

 

 

Empresas na internet: A receita para um bom relacionamento digital!

Todo artigo, texto, palestra, seminário, seja o que for que fale sobre internet, sempre começa com números e dados. Dados repetitivos, sobre o “tal e espantoso crescimento da super tendência chamada internet”, que convenhamos, todo mundo já sabe. Mas muitos ainda insistem em não querer enxergar e acordar para a nova realidade digital.

Então para ser bem breve e apenas reafirmar, dois dados que gosto sempre de mencionar: 90,8% dos usuários que acessam a internet, estão em pelo menos uma rede social e no Brasil, 48% da população tem acesso a internet. (Fonte: comScore e Ibope 2011). O que isso nos mostra? O Brasil ainda tem muito o que crescer, e proporcionalmente o número de usuários nas plataformas digitais irá aumentar.

As empresas hoje não devem optar por se inserir ou não nas mídias digitais, elas simplesmente devem estar lá. E com a entrada de diversas empresas nessas redes, os usuários passaram a ser mais exigentes. Não adianta estar nas redes só para jogar conteúdo e vender seus produtos. As relações de confiança do offline, devem migrar para o online! Nós usuários, queremos relacionamento! Queremos ser ouvidos, queremos ter problemas solucionados, queremos atenção e queremos poder contar com a marca sempre que precisarmos. Queremos ser amigos da marca! Sim, é isso mesmo!

O resultado dessa “amizade” será um usuário curtindo sua empresa e falando bem da sua marca para toda sua rede de contatos. A receita para criar esta amizade? Relacionamento, bom conteúdo e engajamento. Ninguém gosta de empresas egocêntricas. Portanto não fale só da sua empresa ou marca. Entenda e conheça as necessidades do seu público e crie soluções a partir delas! Fale os que seus fãs ou seguidores querem ouvir! Esteja presente, não force a barra, crie conteúdo de qualidade, interaja! Não censure os usuários, não exclua opiniões e comentários, posiciona-se, tenha um diferencial, responda em tempo real, promova experiências, crie engajamento e se destaque!

Texto por Carolina Lima, Analista de Comunicação Digital do Senac/SC e autora do livro Como acabar com sua #empresa em apenas 140 caracteres.

Se você tem interesse em se aprofundar no meio digital, o Senac/SC está preparando um evento de Lançamento da sua Pós-Graduação em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais! No dia 05 de setembro às 19h, no auditório da Fecomércio no centro de Florianópolis, a autora do best seller “Marketing na Era Digital”, Martha Gabriel fará uma palestra sobre Estratégias de Marketing nas Novas Mídias Digitais. Martha foi apontada pela Revista ProXXXIma em 2011 com um dos 10 profissionais mais inovadores em Marketing Digital. Ela também é palestrante internacional e autora de diversos artigos em congressos na área de tecnologia, marketing e artes. As inscrições encerram ainda hoje, então corre, pois temos pouquíssimas vagas. Faça a sua inscrição aqui!

E para quem tem interesse saber mais sobre sobre nossa Pós-Graduação em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais, deixe seu interesse registrado aqui!

Você tem medo de mudar?

Constante mesmo na vida somente a mudança, já dizia o velho ditado. Não há como fazer planos para o futuro sem inserir neles uma mudança de hábito, de visual, de emprego, de casa. O desafio de descobrir o novo e sair da zona de conforto mexe com o psicológico e muitas vezes amedronta. Para tranquilizar aqueles que temem seguir adiante com um plano de mudança vale lembrar que são os desafios que movem o mundo. A busca por novas experiências e novas possibilidades vem renovando diariamente a forma como sentimos, vemos, nos vestimos e nos comportamos diante de novas situações.

Quem não vive as mudanças fica irremediavelmente preso ao passado. Lembre-se que muitas vezes as pessoas não mudam porque querem, mas porque precisam. Antes que essa situação chegue pra você, esteja aberto a conhecer outros caminhos, provar outros sabores, até mesmo mudar o lado da cama em que você dorme – isso pode lhe apresentar um novo ponto de vista. Para novos destinos e novas perspectivas é necessário sempre estar pronto, e você só vai estar pronto quando acreditar que está. Portanto mude. Mude o cabelo, a roupa, o emprego, o caminho pra casa. Porque nada nessa vida é pra sempre e esse é o caminho da evolução.

O Senac está também mudando! Em breve teremos uma super novidade. Alguém se arriscaria em um palpite?

Seis livros para quem ama tecnologia

A tecnologia da informação tem sido uma das áreas de maior crescimento de mercado nos últimos anos. Num mundo conectado e que tem a mobilidade como principal tendência, conhecer a história das pessoas que foram responsáveis por tornar isso possível é essencial. Seja para servir como inspiração no modo de agir ou para ser modelo de como não se comportar no mercado de trabalho.

Veja 6 livros que contam a trajetória de profissionais da área que fizeram história no mundo da tecnologia e também quais as principais tendências nesse segmento.

1. Nos bastidores da Apple – Adam Lashinsky. O autor retrata um Steve Jobs extremamente controlador no comando da Apple, decidindo desde a publicidade criada na empresa até os participantes de reuniões ultrassecretas.

2. Estou com sorte – Douglas Edwards. Ex-diretor de marketing do consumidor e gerenciamento de marca do Google entre 1999 e 2005, o autor conta no livro  detalhes do dia a dia da corporação.Ele viu de perto os hábitos de trabalho que levaram ao seu desenvolvimento gigantesco e de que maneira cada um dos problemas eram sempre vistos como solucionáveis.

3. Nos bastidores da Amazon  – Richard L. Brandt. O livro relata a história de como Jeff Bezos montou a Amazon, a maior multinacional de comércio eletrônico do mundo. Sem poder falar diretamente com o personagem mais importante do livro (que se negou a dar entrevistas a ele), Brandt foi atrás de empregados da Amazon, concorrentes e observadores para poder escrever sobre ele e sobre o impacto do empreendimento em outras empresas de varejo.

4. Steve Jobs –  Walter Isaacson. O jornalista Isaacson fez mais de 40 entrevistas com Steve Jobs, ao longo de dois anos, para escrever o livro. Além de entrevistas com mais de 100 familiares, amigos, adversários e concorrentes. Embora tenha cooperado com a obra, Jobs não fez nenhuma ressalva ao conteúdo e não estabeleceu nenhum limite ao entrevistador e aos entrevistados. Queria que todos falassem com franqueza. O motivo: queria que seus filhos o conhecessem. “Eu nem sempre estava presente, e queria que eles soubessem o porquê disso e entendessem o que fiz”, disse a Isaacson.

5. O Efeito Facebook – David Kirkpatrick. O livro conta a história da companhia na versão de Mark Zuckerberg. Para escrever o livro, Kirkpatrick permaneceu em contato com o fundador do Facebook durante um ano e meio, quando se encontraram seis vezes. O autor também tomou como base muitas entrevistas com diretores da empresa. Além do perfil de seu fundador, o autor explica alguns dos efeitos do Facebook pelo mundo, descrevendo as inovações que o fizeram ser um sucesso mundial, tendo papel fundamental na política, nos negócios, na mídia, em mobilizações sociais e na privacidade das pessoas.

6. O poder das multidões – Jeff Howe Crowdsourcing é um modelo de produção que utiliza a inteligência e os conhecimentos coletivos e voluntários espalhados pela internet para resolver problemas, criar conteúdo, soluções e até desenvolver novas tecnologias. São pessoas comuns, que usam seus momentos livres para cooperar. Exemplos do que pode gerar são o sistema operacional Linux e o navegador Firefox. O termo foi identificado pela primeira vez pelo jornalista e autor do livro “Crowdsourcing – Como o Poder da Multidão Impulsiona o Futuro dos Negócios”, Jeff Howe. Na obra, ele descreve o processo pelo qual o poder da multidão pode se aproveitado para realizar tarefas que antes eram de especialistas. No crowdsourcing, o que importa é a qualidade do trabalho e não o currículo. Howe apresenta as consequencias positivas e as negativas desse novo fenômeno através de exemplos reais, mostrando as implicações econômicas, culturais e políticas.

Fonte: Portal Revista Exame.