Sem categoria

Animação para adultos? Sim, e nós listamos algumas obras para você

Quem nunca chorou com o final de Toy Story 3 não sabe o que é emoção. Esse é só um exemplo de filme de animação que não necessariamente é para criança. Na verdade, cada vez mais títulos desse gênero surgem nos cinemas e plataformas de streaming voltados para o público adulto. Confira nossas indicações:

Viva – A Vida é Uma Festa (Coco)

O filme se passa no México e toda a narrativa gira em torno do Dia dos Mortos, uma celebração muito típica desta região. O filme conta a história de Miguel, um menino que vem de uma família bem tradicional e que busca realizar os seus sonhos, mas encontra diversos percalços nesse caminho. A obra tem uma profundidade na emoção e garante pelo menos algumas lágrimas ao longo da história. A animação foi o primeiro filme da Pixar depois da compra pela Disney, ou seja, todo o enredo carrega um pouco desse clássico.

Toy Story

A sequência de filmes já tem mais de 20 anos contando desde o seu primeiro lançamento. A animação contabiliza diversos fãs infantis e adultos que acompanham a saga e as aventuras dos brinquedos, abordando temas como amizade e confiança. A novidade para o ano que vem é a quarta edição do filme, que pretende mostrar as aventuras dos brinquedos com sua nova dona, Bonnie. O lançamento está previsto para junho de 2019.

Rick and Morty

Fugindo dessa linha de filme, a série Rick e Morty é veiculada pela Netflix e fala sobre ficção científica. A história conta sobre um avô, Rick, que é um cientista maluco e leva seu neto, Morty, para diversas aventuras pelo universo. A série possui diversas referências que vão desde a filmes como O Planeta dos Macacos (1968), Os Invasores de Corpos (1978), Footloose – Ritmo Louco (1984), Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros (1993) e A Origem (2010). Para quem gosta da cultura pop é um ótimo entretenimento.

F is for Family

A série também, exibida no Netflix, conta a história de uma família típica da década de 70. Três filhos e muitas contas para pagar, um cenário clássico de uma família de classe média. Os episódios trazem uma sensação de nostalgia, pela época em que se passam e pelas referências aos período de infância e adolescência.

Pronto para maratonar? Assista aos filmes e séries e conte se gostou das indicações.

Como planejar seus gastos no fim de ano?

O ano está acabando e com ele vem os diversos eventos: amigo secreto, confraternização no trabalho, ceia de Natal, festa de ano novo, entre outros. Com tanta comemoração sempre tem aquele gasto extra, seja com presentes, ingressos, comida ou bebida,, sendo fácil perder o controle das finanças e gastar mais do que o previsto. Por isso, nós temos algumas dicas para ajudar a controlar a sua carteira neste fim de ano:

Planilha de Finanças

Se você ainda não tem, coloque como nova meta para 2019. Controlar o seu dinheiro é essencial para saber onde e quanto você gasta. Isso ajuda a medir qual área mais custa dentro da sua vida e assim você pode economizar em pequenos itens, como aquele cafézinho da manhã na padaria que ao final do mês pode custar bastante.

Não esqueça de poupar parte do dinheiro extra que entra no fim de ano ou utilize-o para pôr em dia dívidas existentes. Caso haja várias dívidas acumuladas, comece pela mais alta.

Calendário de Eventos

Primeiramente organize todos os eventos que você possui no fim de ano, começando pelas datas e depois contabilizando os gastos com deslocamento, comida, bebida, possíveis presentes. Assim você consegue projetar melhor quanto esses eventos vão custar ao seu bolso. Lembre-se que equilíbrio é a palavrachave. Economize onde for possível, divida a corrida com um colega, compre presentes mais baratos e não exagere nos gastos não planejados, assim você pode comparecer a todos os eventos que for chamado.

Compras

No fim de ano algumas coisas se tornam mais caras por conta do volume de compras nessas época. Programe-se e antecipe as compras que puder, aproveite a época de black friday e garanta os presentes com desconto. Outra dica é, se possível, faça as compras à vista, além de conseguir desconto você ainda não precisa se preocupar com o pagamento futuro.

Faça sempre suas compras com uma lista programada, isso evita aquela dúvida sobre o que  comprar e ajuda a manter o foco no que realmente importa e, assim, você não gasta com supérfluos.

Gostou das nossas dicas? Aproveite e conheça nossos cursos de gestão e finanças para aprofundar ainda mais seus conhecimentos nessa área: http://senac.sc/d38VW8

Tensão pré Enem? Confira algumas dicas para relaxar antes da prova

Neste final de semana acontece a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM. Muitos estudantes se preparam por meses e é comum ocorrer aquela tensão nas vésperas da prova. Esse é um fator que pode prejudicar a concentração e execução das questões, por isso nós temos algumas dicas para você relaxar nesse período anterior ao exame.

Ouça Músicas Relaxantes

Já sabemos que a música pode influenciar em nosso humor e até no paladar. Por isso, ela pode ser um bom recurso para relaxar antes da prova. Procure escutar músicas que provoquem uma sensação de aconchego e ajudem a relaxar sua mente. Ritmos mais agitados são indicados ao acordar, para dar aquele ânimo no dia.

Segundo uma pesquisa do Spotify, escutar músicas com 80 batidas por minuto, como o hit “Happy”, de Pharrell Williams, ou “Sing”, de Ed Sheeran são boas indicações para começar o dia com energia. Os estudos também mostraram que música clássica entre 60 e 70 batimentos por minuto melhoram o humor. Estudantes que se sentem desestimulados podem ouvir peças como “I giorni”, de Ludovico Einaudi, e “Closing act”, de Andrew Bayer, para se reenergizar.

Ao final da prova, para relaxar, uma trilha sonora mais calma é o indicado, algo entre 50 e 80 batidas por minuto, a sugestão é “All of me”, de John Legend. Mas para quem não quer se preocupar com a playlist, pode aproveitar essa para focar nos estudos.

Leia um livro divertido

Ler também é uma forma de descontração, mas não adianta ser aquele resumão da prova, aproveite para tirar aquele livro da estante que está há tempos na sua lista de espera. Procure obras mais leves, com um enredo suave e cativante, assim a história ajudará você a desligar um pouco do nervosismo da prova e você ainda consegue ler aquele livro que estava empoeirado na estante. Os bests sellers são boas indicações nesse momento, porque geralmente possuem um enredo bom e que podem desligar a sua mente do nervosismo.

Assista suas comfort series

Sabe aquele dia que você chega exausto em casa e só quer ver algo para relaxar, rir e descontrair, algo que te faça desconectar da rotina do dia a dia? Essas são as comfort series.

Em geral, são aquelas que você já assistiu diversas vezes, sabe as falas, os episódios, mas mesmo assim ela te anima e ajuda a relaxar. Um dos clássicos mais assistidos e que seguem nessa linha é a série Friends, uma comédia leve com episódios curtos e que cumprem bem esse papel de relaxar. Se você ainda não tem a sua comfort serie, talvez essa seja uma boa hora para descobrir.

Gostou das nossas dicas? Não fique nervoso, relaxe e boa prova!

Conheça as melhores séries adaptadas dos livros

 

Para os amantes da leitura, as séries adaptadas para livros podem ser uma grande recriação da sua série (ou uma decepção), mas em geral são apreciadas por traduzirem em imagens aquilo que vários leitores imaginam ao percorrer as páginas. Veja algumas das séries famosas adaptadas de títulos literários:

Game Of Thrones

Uma das séries mais aclamadas dos últimos tempos, Game Of Thrones baseia-se nos livros de George R. R. Martin e conta a história de Westeros, uma região que abriga diversas famílias ricas e poderosas que batalham pelo controle central, o trono de ferro. A obra gira em torno dessas famílias nobres que brigam por terras, poder e dinheiro.

Foi considerado um dos seriados mais caros produzidos para televisão, com média de 6 milhões de dólares por episódio. Além disso, foi muito bem recebido pelo críticos e fãs por ter um elenco muito bom e seguir bem a linha da história dos livros. Inclusive o autor foi roteirista de alguns episódios e a série recebeu diversos prêmios e quebra frequentemente recordes de audiência.

O conto da Aia

O Conto da Aia (The Handmaid’s Tale, no título original) fala sobre uma sociedade que passa de uma democracia para uma ditadura militar teocrática, onde as mulheres perdem os seus direitos. Além disso, elas são divididas entre férteis e inférteis, porque a degradação do meio ambiente causou sérios danos a várias mulheres. Assim, as férteis são abusadas para repovoar o país.

O romance da escritora canadense Margaret Atwood foi lançado em 1985 e adaptado recentemente. A série foi bem recebida pela crítica por trazer à ficção especulativa temas que ainda são relevantes no século 21, como a opressão feminina.

Orange is the New Black: My Year in a Women’s Prison

Adaptada do livro com o mesmo nome, a série foi um sucesso por abordar diversos temas importantes, como empoderamento feminino, a transfobia, a homofobia, o preconceito, entre outros. Com um certo tom de comédia, a autora relata o tempo que passou presa numa penitenciária de segurança mínima. A personagem principal é condenada após um longo tempo por um crime do passado, e agora deverá passar 15 meses na prisão, onde ela descobre um universo diferente, com muita tensão e companheirismo num grupo de detentas.

Uma das atrizes do elenco, Uzo Aduba, ganhou o prêmio do Emmy nas categorias Drama (2015) e Comédia (2014) por seu papel como Crazy Eyes.

Você já assistiu algumas dessas séries? E leu os livros? Se ainda não fez, essa é a oportunidade para atualizar sua lista de leituras e séries.

Exercitando a escrita: dicas para melhorar sua redação

Escrever sob pressão, com tempo determinado e tema definido pode ser um grande desafio para quem não tem o hábito de escrever. Mas, na maioria dos processos seletivos de vestibular e no Enem, a redação possui um peso maior e pode ser o detalhe crucial para ingresso nessas instituições. Acompanhe algumas dicas que podem ajudar nesse momento:

Leia muito

Ler sempre será o melhor exercício para quem gosta de escrever ou quer melhorar sua redação. Isso aumenta o seu conhecimento sobre um assunto, melhora sua argumentação textual e ajuda a construir um bom vocabulário. O ideal é ter uma leitura variada, desde notícias e grandes reportagens até literatura clássica. É preciso estar atento para os assuntos que estão em alta na mídia e aparecem recorrente nos jornais e revistas, buscar a informação  é a melhor forma de preparo nesses casos para contribuir com a argumentação do texto.

Tenha calma e calcule o tempo

Esse deve ser o maior desafio, administrar o tempo disponível para a escrita. Em provas mais longas, como o Enem, você precisa calcular o tempo médio que  leva para responder as questões objetivas, para assim definir o tempo restante para a redação. Por isso, mantenha a calma e coloque as ideias no rascunho para ir aprimorando e melhorando para a redação final.

Faça tópicos e seja objetivo

Após descobrir o tema, você pode estruturar seu texto através de tópicos, sempre atento ao assunto e ao estilo de narrativa que foi solicitado. Organize suas ideias da forma que você acredita ser coerente, para que elas se conectem e tenham uma conclusão clara e argumentativa condizente com a condução do texto. Cuidado para não enrolar muito para dizer algo, seja objetivo, direto e conciso ao expor suas ideias.

Leia em voz alta

Sempre que escrever algo leia em voz alta. Isso ajuda a identificar certas incoerências e até erros de ortografia no texto. Apenas tenha cuidado para não atrapalhar seus colegas de sala durante a prova. Faça uma revisão bem detalhada do texto, pois pequenos erros podem valer muitos pontos descontados.

Exercite

A melhor forma de adquirir naturalidade e identidade na escrita é praticando. Fale sobre assuntos diversos, faça várias argumentações, corrija, leia e releia seus textos. Exercitar isso faz com que a escrita se torne um hábito rotineiro, e você acaba descobrindo como funciona seu processo de produção textual e pode ficar mais tranquilo no dia da prova.

Gostou das dicas? Então, use elas para garantir seu lugar no Vestibular 2019/1 do Senac SC. Inscreva-se em : http://vestibular.sc.senac.br/

Nota sobre o VI Concurso Literário Senac SC

 

Há seis anos que o Concurso Literário idealizado por nossa Rede de Bibliotecas é motivo de orgulho para o Senac Santa Catarina. É o momento que abrimos as portas para a imaginação de nossos alunos e colaboradores e conseguimos encontrar excelentes talentos na escrita, na narrativa e na arte de contar histórias.

Em 2018, chegamos à expressiva marca de 338 textos concorrentes, que foram lidos por uma Comissão Avaliadora que atribuiu notas aos seguintes critérios: criatividade, respeito ao gênero literário e língua portuguesa. Infelizmente, nesta etapa os avaliadores identificaram 10% de textos plagiados e 30% de textos inadequados quanto ao gênero escolhido para este ano, que foi a lenda em contexto urbano.

Coincidentemente, no mesmo ano em que o Brasil passa pelo importante momento que é a eleição de novos representantes frente a diferentes instâncias governamentais, optamos por colocar em votação os cinco melhores textos elegidos pela Comissão Avaliadora. Embora dois processos com impactos completamente diferentes, ambos imbuídos de atos que necessitavam estar envoltos em compromisso, responsabilidade, reflexão e, acima de tudo, ética.

Seja pela sua natureza, seja pelo seu teor competitivo, da mesma forma que, porventura, possamos questionar o processo eleitoral, deflagramos em nosso processo de votação maneiras que o burlaram. Inversamente proporcional ao que sentimos em oferecer esta oportunidade, é o que sentimentos quanto a este ato que vai contra o que idealizamos em nosso modelo pedagógico, no desenvolvimento e conteúdo das disciplinas de nossos cursos e no nosso Código de Conduta Ética.

Contextualmente, declaramos que a sexta edição do Concurso Literário do Senac Santa Catarina está cancelada. É uma decisão que não vem como uma forma de punir, mas sim para refletir. Manter o processo de votação seria ir contra ao que é justo e ao que idealizamos no ensino e na aprendizagem. Que nos atos de premiação do Concurso, previstos para acontecer na Semana Nacional do Livro e da Biblioteca (22 a 26 de outubro), possamos ter momentos educacionais para refletir sobre plágio, ética, moral; pois tanto num prêmio, como numa eleição, são nossos atos e escolhas que definem o que somos e o que queremos no futuro e precisamos estar preparados para tal.

Comissão Organizadora

Florianópolis, 09 de outubro de 2018.

concursoliterario@sc.senac.br

 

 

 

4 motivos para conhecer Ingolstadt

Localizada no sul da Alemanha, no estado da Baviera, a cidade de Ingolstadt é conhecida por apresentar duas características bem distintas, como a preservação da cultura e arquitetura da cidade, que relembram as eras medievais, e a inovação com locais tecnológicos como a fábrica da Audi e a universidade da cidade. Conheça um pouco da história e pontos turísticos de Ingolstadt.

Um pouco sobre a cidade de Ingolstadt

Situada no Sul da Alemanha, Ingolstadt é conhecida como uma das maiores cidades do Estado de Bayern, assim como uma das que mais crescem no país atualmente. Mencionada pela primeira vez na escritura do reino de Carlos Magno no ano de 806, a região preserva antiguidades importantes da cultura alemã, principalmente na arquitetura. Com um pouco mais de 120 mil habitantes, as últimas pesquisas relataram uma taxa de desemprego de apenas 3%, um resultado bastante influenciado pela quantidade de indústrias sediadas na região. Mas o seu reconhecimento industrial não é algo recente, antes da segunda Guerra Mundial Ingolstadt já abrigava um número significativo de fábricas, nesta época seu ponto forte era o setor de armamentos.

Destaques no turismo

Por ser uma região muito antiga, o que não falta em Ingolstadt são belas paisagens e opções de turismo, principalmente em relação a seus museus. Um deles é o Audi Forum & Headquarters, que retrata a evolução dos carros e da própria marca, uma das maiores da Alemanha. Além disso, as diversas igrejas medievais e construções podem render boas fotografias e uma viagem pela história. O portão Kreuztor, por exemplo, é um cartão postal da cidade. Retrato da arquitetura romântica e um dos mais belos pontos conservados em Ingolstadt.

A universidade de ciências aplicadas de Ingolstadt

Ultrapassando seus 24 anos de história, a universidade de ciências aplicadas de Ingolstadt é referência quando o assunto é tecnologia e economia, áreas com mais aplicações em projetos científicos. Com uma estrutura de ensino que preza a excelência e a inovação, a instituição é denominada uma universidade internacional. Por isso, utiliza seus dois centros de pesquisa aplicada, ZAF e CARISSMA, como possibilidades para aplicar projetos do setor comercial. Por ser uma das melhores experiências para quem busca conhecimentos sobre mercado e inovação, ela faz parte do Programa Executivo Internacional do Senac.

Programa Executivo Internacional do Senac

Ter contato com experiências inovadoras sempre faz com que gestores estejam preparados para o mercado. Com o objetivo de oferecer um programa com foco em inovação para gestão de negócios do comércio, o Senac criou o Programa Executivo Internacional. A delegação participará de workshops de inovação e aceleração de negócios, tendências e mercado, visitas técnicas em grandes empresas europeias para conhecer os processos de implementação de inovações em gestão. Ainda poderão desenvolver um projeto de melhoria para implementar em seus negócios com intuito de acelerar o resultado de suas empresas no Brasil. A Universidade de Ingolstadt é referência em Programas Internacionais de Gestão Comercial e facilitará toda a agenda de atividades do Programa.

A primeira edição do Programa Executivo internacional Senac está marcado para acontecer entre os dias 27 de outubro e 05 de novembro de 2018. Acesse o site para mais informações e participe! http://senac.sc/7Oy35R

Como dar o primeiro passo na busca por uma nova carreira

Quantas vezes você já planejou uma nova possibilidade profissional e por insegurança acabou desistindo de alcançá-la? Um emprego fixo normalmente é visto como um grande motivo para que muitos planos sejam adiados, principalmente quando o primeiro passo requer a desistência da carreira atual. No entanto, ao contrário do que muitos pensam, renunciar algo para investir em um novo projeto não é sinônimo de fracasso. Muito pelo contrário, essa pode ser a decisão fundamental para que o futuro aconteça da forma como está sendo planejada. Nesse caso, misturando experiências profissionais com boas estratégias, os bons resultados acabam sendo apenas uma consequência.

Pergunte a si mesmo: você está satisfeito?

Certamente você passa uma boa parte da rotina envolvido com a sua profissão, certo? Por isso, é fundamental que ela não seja uma obrigação, mas sim algo que proporcione realização ao fazer. Se o fato de ter que ir trabalhar é motivo de desânimo e monotonia, comece a analisar as suas próprias expectativas e como é possível concretizá-las. Nem sempre a área que você atua é aquela que combina com a sua personalidade e aptidão. Nesses casos, buscar novas possibilidades além de interessante pode ser uma alternativa fundamental para trazer novos conhecimentos e desafios para o seu dia a dia!

Trace um plano com metas profissionais

Se o seu sonho sempre foi ser chef de cozinha do seu próprio restaurante, insista naquilo que possa satisfazer a sua vida profissional. Nesse caso, planejar maneiras de alcançá-lo é sempre a melhor opção. Caso haja insegurança em abandonar uma carreira para tentar construir algo novo, uma boa alternativa é usar apenas uma parte do seu tempo para esse objetivo. Por exemplo, comece um curso de pequena duração na área de gastronomia, aos poucos você aprende sobre a área que se interessa e logo poderá exercer no seu dia a dia. Até porque, muitos projetos começam com pequenos passos, e desistir de algo que não motiva a sua rotina pode ser o primeiro deles.

Como o Design Thinking pode ajudar você a alavancar a carreira

Você já deve ter ouvido falar nas diversas aplicações do Design Thinking, mas provavelmente ainda não pensou nele como uma forma de construir estratégias para a sua própria carreira. Portanto, saiba que essa é uma das boas alternativas que podem auxiliar nos seus planos! Tente relembrar os 4 passos do processo, todos eles remetem a planejamento e produção de estratégias, algo certeiro para quem pretende encontrar possibilidades de alcançar um objetivo, principalmente quando ele inclui a abertura de um novo negócio.  

Voltando ao exemplo do profissional que sonha em ser um chef de cozinha, para abrir um restaurante e ter mais chances de crescimento, ele deve começar conhecendo o seu possível público. O que eles desejam e quais os obstáculos para oferecer o melhor produto são alguns dos tópicos a serem analisados nesse primeiro passo. No caso de outras profissões, conhecer o mercado onde irá atuar é um importante passo na fase de planejar a mudança de carreira.

Com todos os aspectos listados chega a hora de organizar as informações e definir um exemplo de cliente que seria o alvo do seu negócio, para então prototipar estratégias que possam atraí-lo. Por último, as ideias vistas como ideais devem ser testadas, para que, caso os resultados sejam positivos, elas possam ser seguidas com segurança pelo empreendedor.

Plástico: como evitar o uso e como reciclar?

 

O plástico está em praticamente tudo o que consumimos no dia a dia. Dos produtos de limpeza aos de saúde, passando pela comida e pelo vestuário, praticamente tudo contém uma embalagem plástica. Com isso, o acúmulo desse material no meio ambiente é cada vez maior, já que com o tempo (cerca de 450 anos) o plástico apenas se quebra em micropartículas, invisíveis a olho nu, que penetram no solo e poluem a água. Se considerar as toneladas diárias de plásticos descartadas, a necessidade de reduzir seu uso e achar novas formas de reutilizá-lo ficam ainda mais evidentes. As alternativas para quem deseja consumir menos plástico estão se tornando cada vez mais práticas e acessíveis, assim como ideias para empreender com foco na reutilização desse material estão se tornando mais populares.  

5 dicas para evitar o uso do plástico

  1. Escolha o material menos poluente. Ao invés de consumir produtos embalados em plástico, priorize aqueles que ofereçam materiais facilmente recicláveis, como o alumínio ou papel.
  2. Recuse as sacolinhas de plástico! Substitua as sacolas plásticas por bolsas retornáveis.
  3. Programe suas compras a granel. Dê preferência para produtos sem embalagens, vendidos a granel, e leve seus potes e saquinhos para não precisar das embalagens plásticas descartáveis.
  4. Evite os fast-foods! Os lanches rápidos costumam ser sempre acompanhados por muitas embalagens descartáveis. Experimente substituir esse hábito por uma receita caseira. Além do cuidado com o meio ambiente, essa ideia pode trazer mais benefícios para o seu próprio corpo.
  5. Dê preferência aos retornáveis. Ao comprar refrigerantes e cervejas, por exemplo, dê preferência para as embalagens de vidro retornáveis. Esse hábito pode render também bons descontos nas suas compras.

Entenda como funciona a reciclagem do plástico

Para que os materiais possam ser reciclados, o próprio consumidor deve ter como hábito a separação correta do seu lixo. E, além disso, deve ter em mente que é necessário higienizar os materiais antes de descartá-los. Isso evita a proliferação de fungos e bactérias, que podem impossibilitar a reciclagem do material.

No caso do plástico, ao ser recolhido pela coleta seletiva ou cooperativas, ele é enviado para os centros de triagem e diferenciado por tipo de resina, onde é identificado o processo ideal de cada grupo. A garrafa PET, utilizada nas embalagens de bebidas, por exemplo, possui um tipo de material diferente das sacolas plásticas, que são compostas por plástico PEAD.

Após a separação dos diferentes tipos de resina, cada grupo de material é moído, lavado e seco. Com isso, ele estará pronto para passar pelo aglutinador, onde ocorre o aquecimento e resfriamento necessário para o conteúdo ser fundido e transformado em tiras. Por fim, ele é encaminhado para a indústria que irá colocá-lo novamente no ciclo de produção de novos itens.


Todos os tipos de plásticos são recicláveis?

Por mais que a reciclagem possa ser uma boa forma de gerar uma nova vida ao plástico descartado, nem todos são considerados aptos para serem reutilizados. O grupo dos materiais conhecidos como termorrígidos possuem alta resistência quando submetidos ao calor, e são considerados de difícil reciclagem. Por isso, é importante identificá-los na hora da compra de cada produto. Alguns exemplos de resinas termorrígidas são o poliuretano (PU), que compõe as esponjas e espumas de estofamentos em geral; o EVA, presente em artesanatos e brinquedos infantis e o baquelite, material usado nos cabos de panelas.

Empreender de forma sustentável

A reciclagem criativa, conhecida como upcycling, pode render diversas oportunidades para quem pretende pensar em um novo negócio. Isso porque, em vez de reutilizar o plástico para produzir outros utensílios com menor qualidade, essa opção investe justamente em dar uma nova utilidade para produtos com a intenção de atrair o público. Na área do design de interiores, por exemplo, essa opção pode ser bastante inovadora, já que resulta em novos objetos decorativos e mobílias criativas e únicas.

Outro setor com muitas oportunidades é a moda. A reutilização de materiais plásticos está em alta e evita o acúmulo de lixo no ambiente. Algumas marcas de ecojoias e vestuário têm como principal matériaprima embalagens de shampoo, produtos de limpeza, entre muitas outras, para criar peças únicas, que são produzidas sob demanda, seguindo o conceito chamado de slow fashion.

Diversas outras áreas da economia buscam alternativas para evitar o uso de plástico e transformar os materiais que já estão no meio ambiente. Observe a quantidade de plástico que você adquire por meio de produtos e o quanto isso poderia ser transformado em novas ideias. Ao empreender com foco na sustentabilidade é possível construir um negócio inovador e, ao mesmo tempo, fazer a sua parte para cuidar do meio ambiente.

 

5 livros para ler durante as férias

A época das férias é um ótimo período para relaxar, descansar e colocar tudo aquilo que está pendente em dia, principalmente quando se trata de séries e livros. Mas se você faz parte daquele grupo que tem dificuldade para escolher o que ler ou se já conseguiu finalizar as leituras que estavam paradas, nós montamos uma lista com obras de diversos gêneros e estilos que podem ajudar você a eleger seu próximo livro de cabeceira.

1) Outros Jeitos de Usar a Boca: o livro escrito por Rupi Kaur reúne pequenos poemas e grandes emoções. A obra é dividida em quatro partes: a dor, o amor, a ruptura e a cura. A ideia é mostrar a superação de um grande trauma através da poesia, passando por todas as quatro fases descritas acima. A escrita é voltada para o público feminino, por trazer temas e situações desse universo. E, para os homens que querem saber mais sobre essas experiências, a leitura também é recomendada.

2) Uma Breve História do Tempo: escrito pelo famoso cientista Stephen Hawking, a obra fala sobre grandes dúvidas da ciência, como a origem do universo, sobre como isso começou e se haverá algum fim. Com ilustrações criativas e um texto bem-humorado, o livro fala sobre mistérios da física de partículas até a dinâmica da movimentação das galáxias. Apesar de falar sobre temas não tão usuais, o texto é uma ótima recomendação àqueles que gostariam de entender esses questionamentos, ou, quem sabe, ficar com aquela certa inquietação sobre essas dúvidas.

3) A garota no trem: o livro de suspense conta a história de uma mulher que passa por um momento turbulento da vida, mas que tem como uma terapia pessoal andar de trem. Em uma das viagens, ela descobre um possível crime durante seu caminho e, juntamente com a polícia, tenta desvendar esse mistério. A narrativa é cativante, realista e prende o leitor até as últimas páginas. O livro também foi adaptado para o cinema com o mesmo título.

4) Ensaio Sobre a Cegueira: não poderíamos deixar de fora um clássico da literatura como este. O livro escrito por José Saramago traz uma reflexão sobre as relações de poder e instinto de sobrevivência dos seres humanos. A história se passa em cidade não nomeada e com personagens sem nome também, onde cada um desses moradores vai perdendo a visão pouco a pouco. Depois de algum tempo, a cidade fica sem saneamento básico, sem comida e sem serviços essenciais, e a grande dúvida é: como os personagens reagem a isso? Essa é a grande questão do livro, onde Saramago nos faz refletir sobre a humanidade e até que ponto ela existe em condições extremas.

5) Por Que Fazemos o Que Fazemos?: escrito por um dos grandes pensadores desta geração, Mário Sérgio Cortella aborda questões relacionadas ao trabalho e como podemos nos sentir melhor nesse ambiente. A obra possui 20 capítulos onde o autor aborda diversas dificuldades que giram em torno do assunto principal sobre a importância de ter um propósito na vida. Com uma leitura dinâmica e fácil, Cortella pretende bagunçar um pouco sua cabeça com muitas dúvidas, mas também oferece direcionamentos para todas essas perguntas.

Agora você já tem uma lista de livros com diferentes opções, com clássicos da literatura, poesia, e até obras para pensar e refletir sobre a vida. Escolha o que mais combina com você e boa leitura.

 

Como a Técnica de Feynman pode melhorar os seus estudos

Ler e reler textos, discutir questões em aula ou concluir exercícios, quais dessas técnicas você considera mais importante para aprender um conteúdo? Se a resposta inclui todas as alternativas, ela está correta! Para que os seus estudos consigam trazer melhores resultados, é importante mesclar diferentes formas de aprendizado, e priorizar a que mais favorece o seu raciocínio.

Pensando em resultados, a técnica de Feynman é uma das maneiras  que mais auxiliam nesse processo, isso porque ela busca traçar suas dúvidas com a intenção de solucioná-las desde o ínicio. Se você já tentou explicar para alguém um assunto no qual sentia segurança para falar, deve saber o quanto é importante ter confiança e domínio do tema a ser abordado. Então, imagine como essas características podem auxiliar nos seus estudos! É nisso que se baseia a técnica de Feynman, fortalecer o seu conhecimento e sanar as suas dúvidas!

Conheça os 4 passos para adotar a técnica de Feynman:

Estude o conteúdo – O primeiro passo para compreender qualquer assunto é a leitura, por isso, procure resumir textos e anotar pontos importantes. Ao longo dessa etapa, qualquer dúvida pode ser vista como uma possibilidade de aprofundar a pesquisa através de outras fontes de informação e novas listas de exercícios.

Tente explicar o que foi aprendido – É nesse quesito que a técnica de Feynman propõe os melhores resultados. Isso porque, ao tentar explicar o que foi lido, a probabilidade de encontrar dúvidas é muito maior. Procure expor o assunto detalhadamente, criando analogias e abordagens criativas, pois durante esse processo diversas questões podem aparecer, e é justamente esse o objetivo da explicação!

Trace as dúvidas e tente compreendê-las – Com as dúvidas anotadas, essa é a hora de esclarecer o que falta para dominar o assunto! Para isso, releia o texto e procure outras fontes de informação disponíveis. Nesse caso, a internet pode ser uma aliada, já que diversos livros e conteúdos são oferecidos gratuitamente. Só não esqueça de optar por sites seguros e confiáveis!  No fim dessa etapa, elabore um mapa mental para ajudar a conectar as informações, essa é uma boa forma de memorizar o que você aprendeu.

Simplifique ainda mais a explicação – Após esclarecer todos esses pontos, tente resumir o assunto novamente com suas palavras. Dessa vez, de forma simplificada, como uma tentativa de memorizar detalhes importantes do conteúdo. Caso note alguma dificuldade, tente repetir o processo até sentir que dominou o tema!

E aí, já conhecia  a técnica de Feynman? Que tal colocar em prática essas dicas na sua rotina? Elas podem fazer diferença no seu aprendizado. Por isso, escolha a sua e mãos à obra!