Gestão e Mercado

10 Aprendizados da Missão Técnica New York 2018

Em 2017, Santa Catarina terminou o ano com um aumento das vendas no setor varejista em 13,5%, segundo dados da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada pelo IBGE, o maior entre todos os estados. De acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio SC), isso é reflexo de um mercado interno consolidado que possui as menores taxas de informalidade. O aumento do crédito para os consumidores e a retomada do emprego e da renda são fatores que também contribuíram para o crescimento das estatísticas.

No entanto, assim como em qualquer outro ramo do mercado, é preciso estar sempre atento às mudanças e aberto à inovação para manter o  crescimento do seu segmento. Para isso, o conhecimento é um fator chave na conquista desses objetivos. E é aí que o Senac SC pode contribuir com o mercado comercial: dentro do Programa Senac Varejo a Missão Técnica New York busca estabelecer uma ponte entre os empresários e gestores e o que há de mais novo sobre o mercado varejista mundial.

A Missão oferece aos gestores do setor uma oportunidade de conhecimento para aperfeiçoar práticas e estimular novos formatos e meios de gestão para alcançar o sucesso em seus negócios. Além disso, o programa ajuda na profissionalização das empresas, melhorando as técnicas e ferramentas utilizadas no dia a dia. Tudo isso é realizado por consultores experientes, que trazem novas abordagens teóricas e práticas para sofisticar os resultados da sua empresa.

Durante a Missão Técnica NY de 2018, muitos conceitos foram apresentados por grandes gestores das companhias visitadas. Saiba quais foram os aprendizados repassados:  

Integração entre on e offline

Manter a união entre os ambientes de compra física e online foi um dos pontos comentados nas visitas. Os clientes querem a facilidade de procurar o seu serviço ou produto online para saber todas a especificações e a oportunidade de comprar o mesmo na loja física, ou até realizar todo esse processo por meios digitais e apenas retirar o produto diretamente na loja. Com os avanços tecnológicos, os clientes querem saber sobre os produtos, ter transparência nesses processos e a facilidade para adquirir o que ele deseja.

Tecnologia e inovação

O item acima nos leva a tecnologia e inovação, onde, no comportamento do consumidor atual, a pesquisa e informações sobre os produtos ou serviços de seu interesse estão ao alcance de suas mãos, em uma tela de celular. Como ser o diferencial entre os concorrentes? Simples, facilidade! Quem compra quer ter acesso ao produto de forma ágil e objetiva, quer saber sobre ele, ter informações de fácil acesso através de dispositivos que facilitem essa experiência. Além de pensar nas novidades tecnológicas, uma gestão arrojada que pense novos conceitos e formatos também é importante na hora de inovar.

Novas Estratégias

Ousadia. Essa é a palavra que norteia esse ponto. Dentro de um mercado tão dinâmico e concorrente é preciso ter a coragem de mudar os planos, potencializar as mudanças nos processos de trabalho, nos produtos, no formato. Isso tudo pode trazer erros, algo comum quando se tenta algo novo, mas é necessário ter a ousadia de fazer para saber como melhorar.

Cultura de Experimentação

A dica anterior nos leva a isso, experimentação. Quando adquirimos um produto novo nós queremos testá-lo a fim de garantir a sua usabilidade e funcionalidade, dentro do mercado isso não é diferente. Novas estratégias exigem experimentação para que se possa ter ideia do seu resultado, e somente assim podemos mensurar o sucesso de uma novidade. Neste passo, os erros vão aparecer e devemos procurar as estratégias para corrigi-los.

Personalização e boa experiência de compra

Esses conceitos estão juntos porque podem ser a consequência um do outro. A personalização no atendimento faz com que o cliente tenha acesso ao seu perfil de compra, seja por itens que ele deseja adquirir ou por orçamento. O consumidor, geralmente,  tem em mente o que ele quer quando realiza uma compra e oferecer a ele exatamente isso é uma forma de personalização. Consequentemente, isso nos leva à satisfação na hora da compra, o que garante uma experiência positiva e agradável nesse processo. Um cliente que se sente confortável e tem facilidade de acesso àquilo que deseja, tende a fidelizar e ser um multiplicador do serviço ou produto que sua empresa oferece.

Valorizar os colaboradores

E por último, mas tão essencial quanto todos os outros aprendizados é a valorização dos seus colaboradores. Sam Walton, fundador do Walmart disse: “Para o funcionário cuidar bem do cliente, é indispensável à empresa cuidar bem dele”. Valorizar quem atende o consumidor é uma forma de garantir uma boa experiência de compra, afinal, quem não gosta de ser bem recebido e atendido? Alguns exemplos do que pode ser feito para valorizar seu colaborador: boas remunerações, oportunidade de crescimento dentro da empresa, valorização do conhecimento adquirido ao longo do trabalho e entre outros.

Confira no infográfico abaixo os 10 aprendizados da Missão Técnica de NY:

info_2607

Faça o download do infográfico aqui.

Se você quer aperfeiçoar e potencializar a presença do seu negócio no mercado, o Senac SC oferece o Programa Senac Varejo que tem como objetivo colaborar com o processo de profissionalização das empresas do setor varejista e ampliar a visão de mercado de gestores e colaboradores. Tudo isso por meio de palestras, workshops, cursos EaD e Missão Técnica, capacitações que podem ser customizadas para atender as necessidades de cada empresa. Visite nossa página e saiba mais sobre os programas: http://senac.sc/PSC2GW

Pós-graduação e MBA: o caminho para o seu sucesso profissional

A graduação é um passo muito importante para a carreira. Ela nos oferece diversos caminhos para seguir dentro de uma área específica de estudo. Mas para crescer profissionalmente, é preciso agregar conhecimento e uma das melhores formas é fazendo uma pós-graduação. Esse tipo de curso permite que você escolha uma área de interesse específica dentro do seu trabalho e aprofunde seus conhecimentos.

Entenda as diferenças entre um curso de pós-graduação e MBA no Senac:

Pós-graduação: a pós-graduação traz para o seu currículo a experiência do mercado de trabalho. Os docentes do curso trazem a prática aliada com novos conhecimentos, tudo isso atrelado a um projeto pedagógico que trabalha com cases de sucesso e workshops que ajudam a trabalhar todo esse conhecimento na prática. O curso tem duração de aproximadamente um ano e meio.

MBA: Master Business Administration (MBA) é um laboratório de experiências onde existe uma grande troca de informações entre colegas e professores, e o aprendizado gira em torno dessa experiência, seja ela dos professores ou dos alunos. O curso trabalha mais a análise crítica e solução de problemas e cases de sucesso. As aulas são mensais e o curso tem duração de aproximadamente dois anos.

Parcerias e projetos integradores

Os cursos de pós-graduação oferecem uma série de experiências incríveis, onde os professores trazem a expertise do mercado de trabalho e aplicam nas aulas, aliando a sua prática com a parte acadêmica. Além disso, ambos os cursos trazem professores com experiência internacional para enriquecer o currículo das aulas.

O MBA Senac, por exemplo, oferece diversas oportunidades de aprendizado com instituições que são referências internacionais. No curso de MBA de Gestão, a parceria é com a Ashlan University, uma instituição dos Estados Unidos, que possui empresas super conceituadas na área de gestão e os professores trazem essa experiência para o curso. O MBA em Varejo traz professores da Universidade Ingolstadt da Alemanha. Essa instituição tem cursos que são específicos para o varejo e são considerados referência mundial. No MBA em Inovação, a associação é com a IXL Center, que é um instituto mundialmente reconhecido na área de inovação. Nessa parceria, os alunos têm aulas com consultores que trabalham no mundo todo desenvolvendo negócios inovadores.

O módulo internacional também oferece a possibilidade de uma viagem de estudos para uma instituição parceira, onde o aluno pode ter a experiência de viver durante alguns dias como estudante. São visitas técnicas, workshops e diversas atividades que vão agregar uma vivência mais real e aplicada dos conhecimentos adquiridos no curso.

Ao final desses cursos, todos os alunos devem produzir um projeto integrador, uma espécie de trabalho de conclusão que procura aplicar cientificamente todo o aprendizado do curso de forma prática, ou seja, o aluno identifica um problema dentro da empresa em que trabalha e, munido de todas as ferramentas que aprendeu durante a pós-graduação, propõe soluções para resolver. É possível sugerir também ações inovadoras para a corporação.

Depois de um aprendizado baseado não somente na parte técnica, mas também na prática, os resultados são apenas positivos. A pós-graduação reforça sua experiência no mercado de trabalho de forma inovadora, além de ser muito positiva no seu currículo.

E você, está esperando o quê para a fazer a sua pós-graduação no Senac SC? Aproveite o período de inscrições: http://senac.sc/q82h0F.

[Infográfico] Entenda as diferenças entre as gerações Baby Bommer, X, Y, Z e Alpha

Você sabe o que são as gerações? Pois é fácil! Basta lembrar aquelas festas de família em que seus pais e tios se juntam e começam a falar sobre os seus hábitos e costumes da adolescência. Ou então o encontro da turma do colégio que vocês percebem como os jovens de hoje em dia são completamente diferentes de como vocês eram.

Continue lendo

Dicas para a sua empresa se destacar na Black Friday

Um dos maiores eventos para o varejo, a Black Friday ocorrerá, neste ano, no dia 24 de novembro. A estimativa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) é que as vendas cresçam 15% em 2017, se comparadas ao ano anterior. Então, se você está de olho nas oportunidades que a data pode trazer, é a hora de pensar em ações que façam o seu negócio se destacar!

Continue lendo

Resiliência: por que essa habilidade é tão buscada pelo mercado?

Quem nunca teve um daqueles dias em que nada parece dar certo? Chegou atrasado no trabalho, precisou desmarcar uma reunião importante, tem mil relatórios para entregar e todos os imprevistos resolvem ocorrer justamente na hora em que você está mais ocupado. Nesses momentos, é difícil manter tudo sob controle, não é? Por isso que a resiliência é, cada vez mais, uma habilidade valorizada pelo mercado de trabalho.  

Continue lendo

Gestão Disney para encantar clientes: o que você pode implementar na sua empresa?

Há exatos 94 anos, os irmãos Walt e Roy Oliver Disney fundavam a Disney Brothers Cartoon Studios, empresa que foi pioneira na indústria de animação. Com o passar do tempo, os produtos se diversificaram para filmes em live-action, redes de televisão e, claro, os parques temáticos. Desde então, a Disney vem estabelecendo um padrão em sua gestão: a de encantar clientes e propor um novo patamar de atendimento.

Continue lendo

Crowdfunding: como começar um negócio com pouco ou nenhum investimento

Você tem o sonho de empreender? Trabalhar para si e ter a possibilidade de ser um empresário de sucesso é o desejo de vida de muitas pessoas. No entanto, na hora de colocar o plano em prática, surge sempre a dúvida: como faço para começar um negócio com pouco ou nenhum investimento? E foi para solucionar esse problema que surgiu o crowdfunding.

Imagine que você tem uma ótima ideia para um novo projeto, mas não possui recursos suficientes para executá-lo. Diante dessa situação, quais eram as suas opções até alguns anos atrás? Tentar encontrar um sócio que acreditasse no potencial e tivesse condições de investir na sua proposta, fazer um empréstimo bancário ou juntar dinheiro até que fosse possível colocar seu plano em prática. Entretanto, tais opções não são acessíveis a todos e podem ser bastante demoradas.

Hoje em dia, você pode fazer uso do crowdfunding, um sistema de financiamento coletivo que usa a internet para conectar pessoas que têm boas ideias a outras interessadas em contribuir para tirá-las do papel. De forma simples: é a famosa vaquinha – mas com um auxílio da tecnologia. Como forma de recompensa, os investidores ganham incentivos que podem variar de acordo com o projeto proposto.

Vamos supor que você queira publicar um livro. Por meio do crowdfunding você pode estipular que com a ajuda de R$ 10 a pessoa vai ganhar uma cópia do livro; com R$ 20 será uma edição autografada; com R$ 100 ela estará nos agradecimentos da publicação, etc. O objetivo é criar camadas de recompensas para que as pessoas sintam-se incentivadas a apoiar o projeto.

Como funciona o Crowdfunding?

Desde games, livros, filmes até o desenvolvimento de drones, aplicativos e produtos de alta tecnologia. O crowdfunding é utilizado para qualquer tipo de mercado, seja ele cultural, científico, industrial, de saúde, entre outros. Além disso, ele funciona não apenas para quem busca começar algo do zero, mas também para empreendedores que precisam levantar uma grande quantia a fim de investir no seu negócio.

Funciona da seguinte forma: você apresenta a sua ideia ao público utilizando uma plataforma específica de crowdfunding. Lá, você descreve sua proposta e o quanto precisa arrecadar até determinada data. As pessoas acessam o site, conhecem o projeto e, caso se identifiquem com ele, contribuem para tirá-lo do papel. Caso você alcance o valor total estipulado no financiamento coletivo, o site que divulgou recebe uma comissão – que gira em torno de 5%. Do contrário, o dinheiro é devolvido aos investidores.

Quero criar uma campanha de Crowdfunding! Como faço?

O primeiro passo é ter uma boa ideia. O que vai ser exatamente o seu projeto? Se for um livro, é interessante definir o gênero e qual será a história. Se for um aplicativo, quais as funcionalidades e os objetivos. Isso faz com que as pessoas se identifiquem com a sua proposta e tenham mais vontade de investir nela.

Em seguida, planeje. De nada adianta uma boa ideia se você não souber a estrutura necessária para a sua execução. Descubra quantas pessoas precisarão se envolver no projeto e qual o valor necessário para que ele possa ser colocado em prática. Não se esqueça de criar um cronograma de cada etapa até a conclusão.

O terceiro passo é juntar o dinheiro! Agora que você já sabe o quanto precisará arrecadar, divulgue o seu projeto para o mundo. Crie páginas nas principais redes sociais e utilize-as para promover a sua ideia. Assim, você tornará a captação de recursos muito mais fácil e rápido.

E aí, será que o crowdfunding era o que faltava para você colocar em prática aquela ideia que sempre pareceu tão distante? Invista no financiamento coletivo e torne-se um empreendedor de sucesso!

O Senac SC também possui diversos cursos de curta duração nas áreas de Gestão e Negócios que podem ajudá-lo a planejar e executar o seu projeto da melhor forma! Confira nossas opções e inscreva-se naquela que se adequa melhor ao seu perfil.