Gestão e Mercado

4 tendências de mídias sociais para 2017

Já faz dois meses desde a virada, mas alguns dizem que só depois do Carnaval que o ano começa de verdade, não é? Então, se você é um profissional da área de marketing, essa é a hora de estudar as tendências de mídias sociais e traçar as estratégias de sucesso que serão executadas no decorrer de 2017.    

Continue lendo

5 razões para desenvolver a inteligência emocional e se dar bem no mercado de trabalho

Após anos dedicados aos estudos e às especializações, diplomas e experiências na área, é normal que pensemos: estou preparado para o mercado de trabalho. Mas será que isso é mesmo verdade? Nos últimos anos, cada vez mais as empresas têm valorizado, além de capacidade técnica, inteligência emocional na hora de montar suas equipes.

Continue lendo

5 habilidades necessárias para se destacar no mercado de trabalho

As inúmeras especializações e o nível cada vez mais alto dos candidatos faz com que as empresas procurem por muito mais. Possuir as qualificações técnicas, estar interessado e atualizado, ter boas referências são peças-chaves na hora de concorrer a uma vaga de emprego. No entanto, para se destacar e gerar interesse por parte do empresariado, é preciso mais. Quer saber o quê? Então confira as 5 habilidades necessárias para você se destacar no mercado de trabalho.

Continue lendo

Lean Healthcare: como potencializar resultados na área da saúde

Inspirado em práticas e resultados do Sistema Toyota, o lean é uma filosofia de trabalho que tem sido usada por organizações de todos os setores. O objetivo fundamental é transformar realidades gerenciais, aproveitar melhor o potencial humano e alavancar resultados. Ele é focado na redução dos sete tipos de desperdícios: superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimento e defeitos.

Continue lendo

Floriculturas sobre rodas: uma nova maneira para empreender

Há alguns anos, surgiam os food trucks e, com eles, um inovador modelo de negócios sobre rodas. Desde então, a gastronomia móvel se popularizou em eventos de rua e se adaptou para diferentes veículos: minicaminhões, kombis, trailers, bicicletas. O número de rodas podia variar, desde que estivessem nos mais diferentes lugares da cidade, atraindo os moradores da região.

Depois de se consolidar na gastronomia, a iniciativa chegou a outros setores de mercado. Carregados de lindos arranjos e buquês de flores, esses veículos se transformam em charmosas floriculturas móveis. E assim mesmo circulam pelas grandes cidades, deixando-as mais coloridas e atraindo olhares curiosos por todos os lados.

Continue lendo

Marketing Digital: o que as mídias sociais podem fazer pela sua empresa?

No início dos anos 2000, as mídias sociais tinham um propósito basicamente pessoal. Você reencontrava antigos colegas de escola, amigos de infância, familiares distantes e até mesmo fazia novas amizades. Era possível manter contato com todos, ao mesmo tempo e independente da distância geográfica.

No entanto, os tempos mudaram e, com eles, mudaram também as funcionalidades desses canais. Orkut, Facebook, Twitter, “distrações” que precisavam ser bloqueadas dentro das empresas, viraram ferramentas de trabalho de muitos profissionais que hoje atuam na área de Marketing Digital.

Continue lendo

Cinco características de um bom gestor

Atuar como gestor é um desafio. Além de executar o seu trabalho da melhor forma possível, é preciso fazer toda a equipe se dedicar pelos mesmos objetivos. Como em outras funções, não existe um segredo para o sucesso, mas algumas características, quando bem desenvolvidas, podem fazer o profissional se destacar.

Continue lendo

O futuro começa agora: você sabe o que é a Hora do Planeta?

Se alguém lhe desafiasse a desligar as luzes de sua casa e se desconectar durante uma hora, em pleno sábado à noite, você conseguiria? Essa é a proposta da Hora do Planeta, movimento da ONG WWF Brasil para promover uma conscientização quanto ao aquecimento global.

O projeto teve sua primeira edição em 2007, em Sidney, na Austrália, e, desde então, outras cidades do mundo passaram a apagar as luzes durante 60 minutos, no último sábado de março, para alertar a população sobre os problemas ambientais causados devido ao aumento da temperatura média dos oceanos. A escolha da data não é por acaso, o mês coincide com o equinócio de primavera, no Hemisfério Norte e, com o de outono, no Hemisfério Sul.

O Hour of Earth – como é conhecido em outros países -, chegou ao Brasil em 2009 e foi aderido inicialmente por mais de 100 cidades. De acordo com o site da ONG, em 2015 as luzes de 626 ícones foram apagadas, 185 municípios (incluindo todas as capitais) participaram e, aproximadamente 4 mil pessoas se reuniram no evento oficial, realizado na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro.

Com o slogan O Futuro começa Agora, a campanha da Hora do Planeta 2016, vai além do “apagar as luzes”, ela promove uma reflexão sobre como podemos nos comprometer e colaborar com a preservação da Terra. É um ato simbólico e voluntário.

Para participar, neste sábado, dia 19 de março, desligue as luzes de sua casa durante 1 hora – das 20h30 às 21h30. Se possível, também desconecte-se, mas, se não der, utilize a hashtag #tamojunto para colaborar com a iniciativa nas redes sociais.

Em Santa Catarina, de acordo com o site oficial da WWF Brasil, seis cidades participarão da Hora do Planeta: Balneário Camboriú, Caçador, Itajaí, Joinville, Nova Veneza e São Bento do Sul. Para mais informações, acesse: www.wwf.org.br. Assista ao vídeo oficial da campanha e participe! ;)

Invista no Marketing Verde e fortaleça sua marca.

O consumidor tem cada vez mais subsídios para identificar se as marcas estão de acordo com seus valores. Sendo que, para conquistar o mercado, toda empresa precisa fazer uma série de esforços para desenvolver seus produtos e serviços. Dentre elas, estimular a responsabilidade socioambiental acompanhando a crescente preocupação da população com a sustentabilidade.

Conhecido como Marketing Verde, essa abordagem do mercado foca nos benefícios que uma empresa, serviço ou produto traz para o meio ambiente, reforçando o comprometimento da marca com um futuro melhor. Um verdadeiro diferencial na hora da compra, atendendo ao nicho de pessoas engajadas em prol de um consumo consciente.

Através dessa postura, o valor agregado aos produtos torna-se maior, uma vez que o cliente não quer o mais barato e sim o mais sustentável. O desejo dele é consumir o que for melhor para o meio ambiente, nem que para isso precise investir mais. Essas estratégias são aplicadas desde a utilização de um material reciclável, a diminuição dos impactos de produção ou a forma de distribuição e logística.

Após a implantação das ações de Marketing Verde é importante torná-lo público. Uma boa forma é utilizar as mídias sociais para divulgar o posicionamento da marca. Contundo, tenha cuidado, seja transparente, não faça apenas uma ação isolada e já queira ser reconhecido. Do que adianta reciclar e reutilizar de um lado se do outro houver desperdício? Lembre-se, há muitos meios do usuário descobrir a verdade, por isso adote os valores de forma genuína.

O reconhecimento dos clientes dos seus processos sustentáveis podem trazer valorização única para sua marca. Caso você queira adequar sua empresa dentro dessas perspectivas, uma maneira é se aprofundar no marketing, entendendo o cenário mercadológico,  gestão estratégica e como tudo pode impactar no negócio contando com a ajuda do Senac na Pós Graduação em Marketing Estratégico.

Então que tal refletir sobre quais empresas que você conhece e realmente são sustentáveis? Compartilhe com a gente ;-)