Estética e Saúde

Blogueiros fitness: cuidado ao seguir essa moda

Ser saudável está na moda, literalmente. A tendência fitness invadiu as passarelas, supermercados, redes sociais e trouxe para os holofotes pessoas comuns que acabaram tornando-se referência do health lifestyle – o estilo de vida saudável.

Praticar atividades físicas, alimentar-se bem e usar looks da moda durante os treinos fazem parte da rotina dos chamados blogueiros fitness. As dicas compartilhadas em seus perfis nas redes sociais são, muitas vezes, patrocinadas por marcas, que contam com o poder influenciador destas pessoas para divulgar seus produtos. Constantemente é possível ver postagens que citam de forma direta ou indireta os benefícios de determinados alimentos, cápsulas, cremes e peças de vestuário. O número de seguidores aumenta dia a dia e o estilo de vida saudável vem se disseminando cada vez mais.

A tendência é positiva e muitas pessoas comuns se inspiram nos perfis fitness para começarem a levar uma vida mais saudável. E é neste momento que é preciso ter cautela. Influenciadores digitais da área fitness fizeram de seu estilo de vida sua profissão e contam com orientação de especialistas para realizar treinos e dietas especiais. Quando se trata de saúde é importante ter cuidado e saber que cada organismo tem suas particularidades. Nem sempre as dicas de alimentação e exercícios dadas pelos blogueiros fitness irão se encaixar na rotina de uma pessoa comum.

Antes de praticar uma atividade física ou começar uma dieta é muito importante procurar profissionais habilitados, que irão desenvolver planos de exercícios e alimentação personalizados de acordo com suas necessidades. Utilizar as dicas de redes sociais para para perder peso ou criar tônus muscular, por exemplo, é perigoso e pode causar danos à saúde. Para evitar qualquer tipo de problema tenha consciência do seu corpo, de suas vontades, limites e capacidades. Antes de entrar em qualquer dieta, começar uma atividade física ou um treino na academia, procure um profissional formado na área que você deseja melhorar e tenha os blogueiros fitness como uma inspiração para seu novo estilo de vida.

Se você possui formação na área da saúde e quer compartilhar dicas úteis e embasadas, invista nas redes sociais para divulgar seu trabalho e ter um diferencial no mercado. O Senac está com vagas abertas para a Pós-graduação em Gestão da Comunicação em Mídias Sociais, que pode ajudar você a ganhar novos clientes.

Fique atento e compartilhe estas dicas com aquele seu amigo que já é viciado em novos exercícios. ;)

Saiba os motivos para não ser um Workaholic

Ao longo da carreira é comum se deparar com alguém que seja viciado em trabalho. Este tipo de pessoa não consegue se desligar dos afazeres e dedica a maior parte do tempo da sua vida em prol do serviço. O Senac reconhece que para construir uma carreira de sucesso a dedicação é um fator importante, mas, se virar um vício, traz muitos problemas e prejudica o profissional.

A denominação, para quem tem no trabalho sua razão de vida, é Workaholic. Para eles trabalhar é uma atividade sagrada não importando sacrificar o lazer ou as relações pessoais para isso. Assim, trabalham em qualquer lugar e a qualquer hora, apresentando muita dificuldade em desligar-se das atividades da empresa, mesmo que esteja em férias ou em dias de folga. Ele é, geralmente, o funcionário que faz longos expedientes e não pausa o trabalho para almoçar. Normalmente há motivos que sustentam esse comportamento, tais como: a busca pelo status, a competição ou o poder. Ainda, nos casos mais graves, o Workaholic apresenta características como o individualismo e egóismo, não lidando bem com os problemas e fugindo de questões familiares.

O perfil mais frequente de profissional com esse distúrbio são os que ocupam cargos de liderança. Seu vício em trabalho apresenta uma natureza de motivação constante, contudo a insatisfação também está presente. Na maioria dos casos os problemas pessoais aumentam a permanência diária na empresa e quando as complicações chegam no campo profissional descuidam-se até mesmo da saúde.

Caso você se identifique com algumas características de quem está se tornando um Workaholic tenha atenção aos prejuízos de longo prazo. Somente reconhecendo seu distúrbio será possível tomar atitudes para manter a satisfação com o trabalho e evitar o vício. Algumas das dicas que podem lhe favorecer: procure manter o contato ativo com a família, valorize outras atividades, envolva-se com questões sociais,  compreenda seus sentimentos e modere sua dedicação no trabalho. Afinal, a melhor sensação possível é o bem estar e felicidade que o trabalho pode lhe proporcionar.

Não seja um Workaholic, mas sim um trabalhador dedicado. Seja apaixonado pelo que faz, lide com as dificuldades, procure sempre as soluções e garanta o equilíbrio profissional levando a satisfação do dia a dia para todas as áreas da vida.

Descubra a importância de desconectar-se para reconectar

A internet trouxe grandes benefícios para a população, como a diminuição das distâncias, distribuição da informação, além de funcionar como ferramenta de aprendizado. Porém, também trouxe efeitos colaterais cada vez mais evidentes. Vivemos em meio uma crise de ansiedade, nos tornando menos sociáveis, com pouco tempo e dispersos. Não nos damos conta de como estamos agindo da maneira errada, fazendo com que os meios que deveriam nos unir estejam na verdade construindo muros ao nosso redor.

A internet é importante, mas quando é um meio e não um fim. Reflita sobre os melhores momentos que você teve nos últimos anos. Perceba que, por mais que o virtual estivesse presente, foram as situações reais que ficaram registradas na memória.

De acordo com o livro Conecte-se ao que importa: um manual para a vida saudável, de Pedro Burgos, nossa desconexão do real só aumenta. O autor coloca que, do tempo online, no mínimo um terço já é gasto nas redes sociais e, de tudo o que consumimos, poucas informações realmente são relevantes. Nossa ansiedade por novidade torna aceitável tudo que nos é imposto.

Como a internet está nos smartphones em todos os momentos, torna-se tarefa difícil não distrair-se com ela. Mesmo os mais conscientes do problema deixam as notificações, notícias, vídeos e o mar de informações invadir suas vidas, atrapalhando o lado pessoal e profissional. Os motivos para isso têm fundamentos científicos:

“Redes sociais fornecem uma série de minirrecompensas mentais que não necessitam de muito esforço para serem recebidas. Essas recompensas servem como descargas elétricas que recarregam o motor de compulsão, algo bem parecido com o frisson que um jogador recebe no cassino quando uma carta é aberta na mesa. Cumulativamente, o efeito é potente e difícil de resistir” – Judith Donath – Pesquisadora do MIT

Envolvido por estas sensações o usuário acaba por ser dominado e responder apenas ao estímulo. Por isso precisamos desenvolver hábitos saudáveis para evitar cair nas armadilhas dessa era de viciados em informação. Lembre-se, você não precisa ver todas as notícias, responder notificações e mensagens um minuto depois de recebê-las, ou registrar todos os momentos em fotos. Afinal, de que adianta o excessos de registro virtual se você está parando de construir as lembranças do real?

O que é Psicoterapia Cognitiva Comportamental?

Aaron Beck desenvolveu a Psicoterapia Cognitiva Comportamental no final dos anos 50 na Universidade da Pennsylvania, Philadelphia. A sua proposta foi estudar um modelo cognitivo de depressão que, após passar por aprimoramento, começou a ser chamado de Teoria Cognitiva. Este tipo de terapia é bastante investigada e existem diversas evidências científicas de sua eficácia. Por isso, os estudos para ampliar o conhecimento nesta área são constantes.

A Terapia Cognitiva Comportamental (TCC) é focada em encontrar soluções para lidar com os problemas do cotidiano. Essa terapia evidencia como os processos da cognição são importantes para compreender e tratar transtornos. Um dos seus diferenciais é a possibilidade de integrar diferentes abordagens psicoterâpeuticas podendo envolver conhecimentos funcionais do behaviorismo, gestalt, técnicas de psicodrama, dentre outras.

Nesse tipo de psicoterapia o foco está na resolução dos problemas seguindo um processo no qual o paciente estabelece metas e objetivos de maneira colaborativa com seu terapeuta, a fim de trabalhar comportamentos, o que irá resultar na alteração de emoções e sentimentos. A técnica auxilia desde o tratamento de ansiedade, dependência química e depressão a problemas de âmbito profissional, como medo de falar em público e dificuldades de relacionamento, por exemplo.

A identificação e tratamento dessas patologias pode ser o divisor de águas na vida do paciente. Com o intuito de atualizar e capacitar psicólogos e médicos psiquiatras para atuação terapêutica no tratamento individual e em grupo, o Senac oferece especialização em Psicoterapias Cognitivas que contribui para aquisição de conhecimentos nesta abordagem. Gostou dessa área? Saiba mais em nosso portal: http://senac.sc/Mp1k2v

Fontes:

  • http://scienceblogs.com.br/socialmente/2012/04/o-que-e-a-terapia-cognitiva/
  • http://www.psicoterapiacognitiva.com.br/
  • http://www.elianaferrarez.com.br/terapia_cognitiva/sobre_terapia_cognitiva

Não derreta neste Carnaval

Todo mundo sabe que o Carnaval é o momento de abusar das cores e do brilho. Por isso, não é preciso ter medo de usar tons mais vibrantes, como verde, azul, laranja, lilás e o glitter! Aliás, se existe uma hora certa para o glitter é a folia de Carnaval.

Agora se a make não é motivo de muita preocupação já que a festa permite elementos mais divertidos e extravagantes, tem um outro fator que pode atrapalhar na hora de pular atrás do bloco: o calor.

Para que as altas temperaturas não se tornem inimigas da sua maquiagem, procuramos algumas dicas para ajudar a conservar a sua make. Tudo começa com uma boa preparação da pele, limpando, tonificando e hidratando o rosto.

Para garantir a fixação do batom, a dica é passar base ou corretivo nos lábios antes de aplicá-lo. Para os olhos, o ideal é investir no lápis e rímel à prova d’água.

Outro coringa para essa hora é a utilização de cremes multifuncionais, que reúnem em um único produto benefícios como filtro solar, primer, hidratante e base. Para que a produção dure o dia inteiro, faça o check list dos produtos que você não pode deixar de levar: protetor solar, primer, blush e sombra cremosos, máscara de cílios e delineador à prova d’água e lencinhos umedecidos.

Agora é só aproveitar a festa e se divertir! :D

 

 

Fonte: Gnt (http://gnt.globo.com/beleza/fotos/veja-truques-para-maquiagem-de-carnaval-nao-derreter-durante-folia.htm#4671=12)

Conheça opções de aplicativos para saúde

O cotidiano está cada vez mais conectado ao uso de celulares. Por esse motivo, surgem diariamente aplicativos para atender as necessidades do usuário, abrangendo os mais diversos assuntos, o que inclui também a área da saúde. Os apps podem auxiliar a prática de exercícios e até monitorar a pressão arterial, possibilitando um acompanhamento da rotina.
Para que você mantenha sua saúde em dia com a ajuda digital, selecionamos alguns aplicativos que auxiliam o monitoramento de sua rotina em busca de mais qualidade de vida. Confira:

Beba água – Water Your Body

O consumo de água é importante para manter a forma. Mas costumamos nos esquecer de beber a quantidade adequada no dia. O aplicativo auxilia na lembrança e indica a quantidade necessária de acordo com o peso, além de registrar toda a evolução em gráficos.

Calendário Menstrual

Por meio do aplicativo, é possível registrar e controlar os períodos com configurações personalizadas. Faça anotações sobre seus sintomas, humor, peso, pílulas anticoncepcionais, ou seja, uma série de recursos para garantir o controle eficaz do ciclo da mulher.

Contador de Calorias

Gratuito, o aplicativo facilita o monitoramento de exercícios e alimentação, disponibilizando um banco de dados de alimentos em uma calculadora de calorias. Pela qualidade e facilidade de uso, é destaque de diversos portais especializados. O app permite definir metas, acrescentar exercícios, apresenta gráficos do seu consumo e informações nutricionais detalhadas.

Luminosity

Garantir a saúde mental é tão importante quanto a corporal, por isso o Luminosity oferece uma série de exercícios para desenvolver suas habilidades cognitivas. O aplicativo é desenvolvido por meio de estudos científicos feitos por neurocientistas e seus testes são capazes de aprimorar habilidades como atenção, memória, velocidade de raciocínio, resolução de problemas e flexibilidades.

Pressão Arterial (My Heart)

Com uma interface simples e fácil de usar, o app auxilia no monitoramento da pressão arterial. Inclua a data e hora das medições e veja a construção de gráficos interativos. Ainda é possível gerar relatórios facilitando o acompanhamento e diagnóstico médico.

Runtastic Corrida & Caminhada

O aplicativo rastreia suas corridas e atividades esportivas, além de avaliar seu desempenho por meio de gráficos que consideram diversos dados, como tempo, distância e calorias consumidas. Uma boa opção se você gosta de correr.

Zombies, Run!

O aplicativo mistura corrida com narrativas proporcionando uma experiência diferenciada. Você se sente em uma catástrofe, onde zumbis estão à solta e precisa correr para fugir deles. O aplicativo possui mais de 30 missões e promete envolver o usuário pela criatividade, alterando o ritmo tradicional das corridas. Mesmo com a pegada lúdica, a proposta é construída sobre uma série de treinamentos. O ponto negativo fica pela falta de opção em português, mas essa pode ser uma boa oportunidade de treinar outro idioma.

Torcemos que você tenha descoberto o aplicativo ideal para seu perfil. Conte-nos sobre o que funcionou para você!

Conheça o movimento Novembro Azul e saiba como participar do projeto

Você já deve ter visto muitos homens deixando o bigode crescer neste mês e provavelmente ficou se perguntando se essa é a mais nova tendência em moda e beleza masculina. Acredite: em novembro, o bigode vai muito além da estética e do modismo. Ele é sinônimo de saúde, de cuidados e, principalmente, de precaução.

O Novembro Azul, também conhecido como Movember, é um movimento que promove a conscientização da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.

A causa foi criada em Melbourne, Austrália, há 14 anos e se espalhou em mais de 21 países, incluindo o Brasil. Nesse tempo, a Movember Foundation, tida como a principal organização do Novembro azul, arrecadou cerca de 560 milhões de dólares e financiou mais de 800 programas anualmente, auxiliando os portadores do câncer de próstata e testicular.

De acordo com o site do INCA – Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva –, o câncer de próstata no Brasil é o segundo mais comum entre os homens e o sexto mais comum no mundo. Grande parte dos casos dessa doença ocorre durante a terceira idade. Percebe como é importante que os homens se previnam?

Instagram do projeto

O Desafio

Agora que você já conhece o movimento e sabe da importância do mesmo, que tal também participar do desafio? Durante o mês de novembro os homens devem barbear o rosto, deixando apenas o bigode. Eles devem alertar outros homens sobre a importância de ir ao médico e de se prevenir de doenças. As mulheres também podem participar incentivando o público masculino e desenhando o “mustache” no dedo, ou em um papel. A criatividade é sempre bem-vinda.

O Senac também apoia esta ideia. Vamos fazer a nossa parte? Incentive seus amigos, seu pai, seu avô, irmão… Vamos todos lutar pela saúde e contra o câncer de próstata. Quer saber mais sobre o Movember? Acesse www.ex.movember.com/pt ou www.novembroazul.com.br.

Descubra em quais áreas um profissional de Estética e Cosmética pode atuar

  • Atualizado em 09/01/2018

O brasileiro está cada vez mais preocupado em cuidar do corpo e, dessa forma, ter uma vida mais saudável. Não à toa, no ranking mundial da indústria da beleza, nosso país fica em terceiro lugar, atrás apenas dos Estados Unidos e do Japão. Diante desse cenário, esta é uma grande oportunidade para investir na área e optar por um curso profissionalizante em Estética e Cosmética.

Continue lendo

Saiba a importância de manipular corretamente os alimentos

Você já parou para pensar na importância de saber manipular de maneira correta os seus alimentos? E em como pode ser complicado fazer isso em grande escala, como por exemplo, nas indústrias ou empresas que prestam serviços alimentícios? Um alimento seguro é aquele que, além de conter os nutrientes esperados, não apresenta risco à saúde. Microorganismos prejudiciais à saúde e toxinas podem estar presentes no alimento que não é manipulado da maneira correta, causando as DTAs (doenças transmitidas por alimentos).

Os sintomas causados por uma DTA podem ser bastante desagradáveis e trazer riscos maiores para crianças, idosos e mulheres grávidas. As boas práticas de manipulação de alimentos, portanto, são indispensáveis desde a compra dos produtos que serão utilizados no preparo até a venda ao consumidor.

É por isso que o Senac promove o Programa de Segurança Alimentar, que tem o objetivo de reduzir esses riscos de contaminação por alimento. O programa atua com conteúdos, tecnologias e metodologias, além da formação e capacitação de técnicos para disseminar, implantar e certificar ferramentas de controle em segurança de alimentos.

Exemplos de ferramentas utilizadas são as Boas Práticas e o Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC). Os profissionais capacitados pelo programa atuam em empresas integrantes da cadeia dos alimentos em todo o país – em Santa Catarina são 71 estabelecimentos, em 13 municípios, atestados pelo Programa de Segurança Alimentar Senac.

Confira a cartilha sobre Boas Práticas para saber mais sobre o assunto:

Massagens alternativas para quem quer relaxar e cuidar do corpo

Quando você está vivendo um período estressante de sua vida, ou teve um dia complicado no trabalho, nada melhor do que terminar o dia com uma boa massagem. Seja para relaxar, muitas vezes aliviar dores e até mesmo, modelar o corpo, a partir de técnicas tradicionais e alternativas e materiais variados como bambus, pedras quentes, velas e pindas, vários objetivos podem ser atingidos. A orientadora do Senac, Lucilaine Regina Stein, explica algumas dessas técnicas:

Massagem com velas

Desenvolvida em 2004, nos Estados Unidos, a vela corporal que é usada nas massagens é composta por manteigas vegetais, cera de abelha ou soja e óleos vegetais. A desintoxicação do organismo, prevenção de estrias, melhorias no fluxo intestinal, assim como a nutrição e hidratação da pele estão entre os benefícios da massagem com velas. A técnica é recomendada principalmente para idosos e quando as velas são acesas, derretem a uma temperatura menor do que às tradicionais, não correndo o risco de queimar o cliente.

Massagem com bambus

A bambuterapia melhora a circulação sanguínea, ajuda a desintoxicar o organismo, aliviar dores, a tonificar músculos, entre outros. A técnica foi desenvolvida pelo fisioterapeuta francês Gill Amsallem, com o objetivo de criar uma massagem que ajudasse a relaxar. Os bambus em diferentes larguras e tamanhos serviriam como uma espécie de “prolongamento dos dedos”. As hastes de bambu maiores proporcionam um relaxamento em uma área maior, enquanto os menores trabalham pontualmente a musculatura.

Massagem com pedras quentes

Segundo Lucilaine, usar pedras quentes em massagens é algo que já vem sendo feito há mais de 3 mil anos. No início eram usadas pedras vulcânicas – ricas em ferro e com maior retenção de calor. No Brasil as mais comuns são pedras de rio e quartzos. A seleção ocorre de acordo com a zona do corpo onde a massagem será aplicada. A técnica é ideal para combater o estresse, aliviar sintomas de TPM, celulite, fadiga e prisão de ventre.

Massagem com pindas

Pindas são trouxinhas feitas com plantas, ervas, alguns alimentos e temperos em um tecido de algodão. Geralmente estes elementos estão moídos ou secos e, a escolha dos componentes, depende do objetivo da massagem – camomila, calêndula e capim-limão são calmantes e anti-inflamatórios, por exemplo. A técnica geralmente é realizada com pindas quentes no corpo e frias no rosto. As quentes proporcionam relaxamento muscular, melhora quadros de dor e aumenta a nutrição de tecidos, já as frias diminuem a inflamação e tonificam a pele.

Descubra as vantagens de exercitar a respiração

Por ser um ato automático, poucos se preocupam com a respiração. Porém, respirar corretamente é essencial para o bom funcionamento do corpo e pode ajudar a emagrecer, diminuir o estresse e ter uma boa postura, por exemplo.

Só o fato de inspirar, segurar o ar e o soltar lentamente ajuda a corrigir alguns hábitos negativos e a conectar o corpo com a mente. A respiração correta faz com que os órgãos trabalhem melhor, beneficia aqueles que têm hipertensão e que sofrem de ansiedade. Dá mais energia, melhora o sono, aumenta a concentração, fortalece o organismo e melhora a qualidade de vida. Além disso, pode diminuir as chances de problemas como rinite e adenoide.

Que tal dar uma atenção para a sua respiração e melhorar sua saúde? Descubra quatro técnicas utilizadas no yoga, pratique e se sinta bem!

Em momentos de crise:
Sente-se e mantenha a postura reta. Coloque o dedo médio e o indicador da mão direita entre as sobrancelhas. Expire pelo nariz e, em seguida, tampe a narina direita com o polegar e inspire apenas pela esquerda.
Depois, tampe a narina esquerda com o dedo anular e solte o ar pela direita.
Inspire pela direita, tampe a narina com o polegar e solte o ar pela esquerda, completando um ciclo. É recomendado fazer 12 ciclos para relaxar durante uma crise.

Para buscar a alegria:
Ao sentar em uma cadeira, inspire pelo nariz e ao expirar pela boca, imite o zumbido de uma abelha.

Para recarregar:
Deitado ou sentado, inspire profundamente e elimine o ar pela boca. Fazendo isso de 10 a 20min, você elimina a energia viciada no corpo.

Para ativar a memória:
Afaste as pernas na linha dos ombros e respire de uma forma curta e rápida pelo nariz. Deixe o corpo sacudir junto com o ar que entra e sai. Faça durante 3 a 5min. Esse exercício aumenta a vitalidade e desobstrui as fossas nasais, além de ativar a memória.