Design e Artes

Método experimental produz tecidos com a ajuda de fungos e bactérias

Junte química, biotecnologia e moda. O resultado, com certeza, será inovação. É isso que a designer Suzanne Lee propõe nas suas criações, realizadas com a ajuda de fungos e bactérias. Não entendeu nada? Calma que a gente explica.

Suzanne, pesquisadora da Universidade Central Saint Martins de Arte – em Londres, coloca bactérias e fungos microscópicos em uma cuba com chá verde e muito açúcar. Os micro-organismos consomem o açúcar e demoram de duas a três semanas para produzir o tecido de celulose, que a designer usa em suas criações.

O resultado é uma camada fibrosa de 1,5 centímetros de espessura, que pode ser moldada n o formato da roupa. Em seguida é seca, tornando-se mais fina e pronta para ser tingida, recortada e finalmente costurada.

O trabalho está apenas começando e ainda encontra algumas limitações. A principal delas é que é um material muito absorvente. Quando molhado, o tecido tende a ficar com o aspecto de uma esponja encharcada. Ainda estão sendo estudados métodos para tratar as fibras para tornar o material resistente à água.

A intenção de Suzanne em longo prazo é usar um molde e fazer com que as bactérias produzam o tecido já no formato desejado, dispensando as costuras. No vídeo (disponível apenas em inglês), a designer mostra como trabalha:

O que faz um Técnico em Design de Interiores?

Imagine a satisfação de chegar em casa ou no local de trabalho e se sentir à vontade, com todo conforto que você merece. Imaginou? Pois saiba que o Técnico em Design de Interiores pode te ajudar. É ele quem planeja e organiza a composição dos espaços internos com criatividade e responsabilidade, conjugando as diferentes possibilidades de linguagens estéticas, sem interferir nas questões estruturais dos espaços, respeitando o meio ambiente e os recursos naturais.

Em outras palavras, ele é o responsável por transformar os espaços internos de residências, empresas, além de outros ambientes, em lugares únicos que refletem o jeito e a alma dos clientes, visando o conforto, e principalmente a qualidade de vida de quem vive ou trabalha nesses espaços. Entre as atividades relacionadas ao Técnico em Design de Interiores, podemos destacar a sua atuação como autônomo ou em escritórios de design e em lojas de decoração.

Um exemplo de trabalho muito bem feito e criativo, foi o novo ambiente e decoração feito pelo estúdio 1-18 na agência CuboCC localizada em São Paulo. Este trabalho para a CuboCC colocou a agência entre as 10 mais “Coolest Offices in the World” segundo pesquisa publicada no The Grindstone. (fonte: http://senac.sc/poKv7w)

Confira as fotos de como ficou a agência:



Se você acredita que essa profissão tem tudo a ver com você, nós estamos com inscrições abertas para o curso Técnico em Design de Interiores. É uma oportunidade para você colocar em prática toda sua criatividade e se capacitar para um mercado de trabalho extremamente competitivo.

Quer fazer o curso Técnico em Design de Interiores? As matrículas estão abertas:

Senac Brusque
Período de: 06 de agosto de 2012 à 11 de dezembro de 2013
Horário: 18h45 às 22h
Dias das aulas: Segunda à sexta
Investimento: 17x de R$ 290,00
Mais informações: 47 3351-2626

A Faculdade Senac Florianópolis também oferece este curso, porém não tem turmas abertas.
Mas os interessados, podem ligar e fazer seu registro de interesse através do número: 48 3229-3200.

Este conteúdo foi enviado por Gil Guzzo, colaborador do Senac do Eixo Produção Cultural e Design.

Visual Merchandiser: conheça o mais novo curso do Senac Florianópolis!

Quer um lugar para colocar sua criatividade artística em prática? O Eixo Tecnológico Produção Cultural e Design é o lugar certo para isso.  Aqui você poderá encontrar itinerários formativos a partir de cursos na área de artes, audiovisual, comunicação, design, fotografia, moda e multimídia. Atividades que exigem criatividade e inovação, em sintonia com conceitos de expressão, informação e comunicação, articulando-se com o mercado e as necessidades dos alunos. Foi com esse pensamento que o Senac Florianópolis lançou um curso inédito no Brasil: Visual Merchandiser.

Este é um curso de capacitação profissional na área de design que permitirá ao aluno atuar tanto em lojas como em redes de varejo, em empresas organizadoras de eventos e feiras, bem como trabalhar em conjunto com equipes de produção de eventos. Um profissional que poderá responder pela produção e comunicação visual, iluminação, produção de vitrines e disposição de mobiliário no ponto de venda. Por estar ligado ao design de interiores, à cenografia e às artes visuais, o Visual Merchandiser também poderá explorar a estética e a comunicação visual na apresentação de marcas e produtos.

O Eixo Tecnológico Produção Cultural e Design tem um amplo horizonte para que o aluno possa desenvolver diferentes habilidades técnicas e artísticas. O curso de Visual Merchandiser é seu mais novo e inédito exemplo.

E por falar em Visual Merchandiser, olhem que bacana esta loja nos Estados Unidos! Toda essa decoração inovadora, criativa e cheia de cores contrastantes foi feita pelo designer Jaime Hayon. As fotos são da Loja Camper e foram retiradas deste blog aqui! Nós adoramos, e vocês?

Vitrine vista de dentro!

Outra vitrine, vista por fora!

Olha só o piso, que lindo!

Espelhos, chão vermelho e pufe preto!

Quer fazer o curso de Visual Merchandiser? As matrículas estão abertas:

Faculdade Senac Florianópolis
Período: 09 de julho à 05 de dezembro de 2012
Horário: 19h às 22h
Dias das aulas: Segunda, Quarta e Sexta
Investimento: 6x de R$ 318,33
Telefone: (48) 3229-3200

No nosso próximo encontro falaremos sobre os cursos relacionados a área de moda. Até lá! =)

Formação Continuada: Fotógrafo

E chegou a vez de falarmos da área de Produção Cultural e Designer. Neste eixo você poderá encontrar possibilidades de formação, nos seguintes segmentos: artes; audiovisual; comunicação; design; fotografia; moda e multimídia.

Atividades que exigem criatividade e inovação, em sintonia com conceitos de expressão, informação e comunicação, articulando-se com o mercado e as necessidades dos alunos.
Na organização curricular dos cursos deste eixo, ética, raciocínio lógico e estético, empreendedorismo, normas técnicas e educação ambiental são componentes fundamentais para a formação de técnicos que atuam em equipes, com iniciativa, criatividade e sociabilidade.

Uma das possibilidades capacitação são os cursos relacionados ao segmento de fotografia onde os alunos podem construir um conhecimento dirigido a partir de Programas Socioculturais, como o de Fotografia Digital, até o desenvolvimento de uma capacitação no curso de Fotógrafo.

Com esses cursos o aluno será capaz de registrar imagens, por intermédio de equipamentos fotográficos, em estúdios e em locações internas e externas, valendo-se de fundamentos da linguagem e técnica fotográfica, de princípios de composição e de recursos de iluminação. Um profissional que, ao final do curso, estará apto a atuar em laboratórios e estúdios fotográficos, em editoras, em escolas de fotografia, em agências de publicidade, em veículos de comunicação como jornais, revistas e televisão, bem como em produtoras de cinema e vídeo.

O Fotógrafo pode trabalhar também em documentações científicas e antropológicas, em registro de eventos sociais, assim como em fotografia editorial, de moda, publicitária e de produto, de arquitetura ou autoral. Este eixo tem um amplo horizonte para que o aluno possa desenvolver diferentes habilidades técnicas e artísticas.

E para 2013, o Senac está preparando uma novidade, o programa de aperfeiçoamento em Fotografia de Estúdio.

Se interessou? Então confira as Unidades que estão com vagas abertas!

Faculdade Senac Florianópolis – Fotógrafo
Período de: 31/07/2012 à 21/12/2012
Horário: das 14h às 18h
Dias das aulas: Terça e Sexta
Valor: 7 x R$ 426,00
Turno: Vespertino

Senac Lages – Fotografia Digital
Período de: 10/07/2012 à 11/10/2012
Horário: das 19h às 22h
Dias das aulas: Terça, Quinta e Sábado
Valor: 5 x R$ 192,00
Turno: Noturno

E fiquem ligados que no dia 30/04, aqui no Blog do Senac, vamos falar do curso de Visual Merchandiser. Uma capacitação recém lançada e que só é oferecida no Senac de Santa Catarina.

Concurso de fotografia revela talentos

Um dos mais importantes concursos de fotografia do mundo divulgou na semana passada os vencedores da edição 2012. O Sony World Photography Awards premiou imagens nas categorias Aberta, para amadores e entusiastas, e Juventude, para qualquer pessoa menor de 20 anos.

As fotos que ganharam são de tirar o fôlego e terão exposição em Londres, na Somerset House entre abril e maio. Um pouco longe… Então, para facilitar, você pode conferir algumas das obras neste post do Blog do Senac/SC, ou todas, clicando aqui.

Foto de Piotr Stasiuk, da Polônia, categoria Aberta com Casamento, cortesia do Sony World Photography Awards 2012

 Fotógrafos da Itália, México, Rússia, Estados Unidos, Alemanha, Índia, Eslovênia e Polônia foram premiados na categoria Aberta. Já na Juventude, a Rússia se repete, unindo-se a Ucrânia e África do Sul. O Brasil não está na lista, como vocês podem reparar. Mas quem sabe em 2013?

As inscrições para a próxima edição do concurso abrem no dia 1º de junho de 2012. Você, que é entusiasta de fotografia, pode começar a caprichar nas imagens e participar.

Tobias Bräuning, melhor foto de fração de segundo, categoria Aberta, cortesia do Sony World Photography Awards 2012

O Sony World Photography Awards temamissão de descobrir talentos nos mais diversos campos da fotografia. Além de premiação, o fotografo conta com exposição do seu trabalho em sites e exposições internacional, nas campanhas de marketing da Sony e publicação no livro oficial do concurso.

Tá bom pra começar, né? ;)

Reciclagem: Garrafas PET

Garrafas de Politereftalato de etileno, também conhecidas como garrafa PET, podem levar até 400 anos para se decompor no meio ambiente. Mas, a boa notícia é que este material possui propriedades termoplásticas, e por isso, pode ser reprocessado diversas vezes.

No Brasil, segundo dados do IBGE, quase 55% da matéria prima utilizada pelas Indústrias de embalagens PET são recicladas. Parece razoável, mas é um número que ainda pode melhorar muito. O alumínio, por exemplo, tem seu índice de reciclagem perto dos 99%.

A coleta seletiva de lixo e a conscientização da população para a reciclagem podem aumentar não só a eficiência da reciclagem, como também trazer melhorias na qualidade de vida de catadores e de outros trabalhadores que lidam com resíduos.

Além disso, o descarte correto ajuda a reduzir o volume de lixo e a melhorar a decomposição do mesmo. Pois, quando são misturados ao lixo orgânico resíduos que não se decompõem, estes acabam se transformando em barreiras impermeáveis, o que dificulta a absorção do material, e também dos líquidos e gases da decomposição.

Assim, antes de descartar as garrafas PET, mesmo que corretamente, que tal pensar em alguma forma de aproveitá-las? Como são facilmente moldáveis, são uma ótima matéria prima para diversos tipos de objetos.

Veja alguns e se inspire!

Pinguim

PufeVassoura

Luminária  (foto de abertura)

Mais idéias do que se pode fazer com garrafas PET:

Candelabro, Porta-revista e vaso

Luminária

Cortina

As informações são do site do IBGE e do Inbrametais.

Colmeia urbana

Já pensou criar abelhas dentro da sua casa e poder colher o mel sempre que você quiser? Aposto que isso nunca passou na sua cabeça ou na cabeça da maioria das pessoas. Além de inusitada e inovadora, a ideia da empresa americana Philips também é sustentável e segura. O desenho segue este conceito, também é pouco convencional e muito bonito.

Funciona da seguinte maneira: de um lado fica o pote de flor, por onde o pólen vai entrar; do outro, a casa das abelhas, onde existem diversas chapas de colmeia protegidas por um vidro. Este vidro deixa você ver tudo o que se passa e como funciona o complexo sistema das abelhas. Para facilitar o processo de retirada do mel, o design também contempla uma passagem para colocar um calmante, que vem em forma de fumaça.

 

 

Inteiramente sustentável e ecologicamente correto, o projeto vem repleto de boas intenções. Há propósitos educacionais e benefícios a saúde pelo uso do mel e, do própolis. Tudo fica ainda fica mais interessante quando consideramos que o número de abelhas e suas colônias estão diminuindo drasticamente no mundo por conta da urbanização e desmatamento. Isso significa que se o produto for às lojas teremos um aparelho decorativo, que produz mel e ainda ajuda a preservar uma espécie.

E você, adotaria a ideia?