As 9 linguagens de programação mais utilizadas pelo mercado

programacao_mercado_blog

Steve Jobs, certa vez, afirmou: “Todo mundo deveria aprender a programar um computador… porque isso ensina a pensar”. Polêmicas à parte, é preciso aceitar que o (ainda mais polêmico) fundador da Apple tinha a sua razão.

O fato é que a programação influenciou a formação do mundo como conhecemos hoje e, para o futuro, as coisas parecem continuar a seguir este caminho. Se agora já parece que tudo o que fazemos tem algum tipo de código envolvido, daqui a 5 ou 10 anos essa sensação deve se tornar cada vez mais evidente.

Por isso, se você tem interesse em aprender uma linguagem de programação, mas não sabe muito bem por qual delas deveria optar, não se preocupe. Para facilitar o seu processo de decisão, criamos uma lista com as principais características das linguagens mais importantes para o mercado atual. Confira!

    Criada na década de 90 pela Sun Macrosystems, empresa que foi adquirida pela Oracle Corporation em 2009, Java é uma das linguagens de programação mais usadas no mundo. Seu uso é bastante abrangente, desenvolvendo desde softwares empresariais e sistemas web até aplicativos para tablets e smartphones da plataforma Android

      Você sabia que quase todos os sites possuem algum código em Javascript? Para entender o porquê, imagine uma casa. O tijolo e o cimento dão a estrutura, a tinta deixa o aspecto visual mais agradável e a energia elétrica faz as coisas funcionarem lá dentro. Nas páginas da web acontece a mesma coisa: enquanto o HTML as estruturam e o CSS as deixam mais “bonitas”, mas é o Javascript que faz tudo funcionar. Seu objetivo é executar scripts do lado do cliente, sem ter a necessidade de passar pela interpretação do servidor.

        Outra linguagem bastante popular. É utilizada principalmente para desenvolver sites dinâmicos e softwares, especialmente na parte back-end. É também a base para a construção de páginas como Facebook e WordPress – então, se você planeja se tornar um programador web, essa é uma das linguagens a dominar.

          Uma linguagem rápida e poderosa criada na década de 70, cuja aplicação se dá principalmente na formação de softwares para sistemas embarcados. Diferentemente de outras linguagens mais antigas, o C continua bastante ativo no mercado – especialmente no desenvolvimento de sistemas operacionais, aplicativos e games.

          Por funcionar como base para outras linguagens, a sua aprendizagem é bastante recomendada para programadores iniciantes – fica a dica! :-)

            Inicialmente projetada para complementar a linguagem acima, C++ ganhou adeptos o suficiente para se emancipar, tornando-se uma das melhores linguagens de programação para desenvolvimento de softwares para desktop e jogos que exigem bastante do hardware.

            Em dezembro de 2014 foi lançada uma nova versão, chamada informalmente de C++14.

              É uma linguagem desenvolvida pela Microsoft que combina características de C e C++. Sua aplicação vai desde serviços e plataformas web a dispositivos móveis que utilizam a plataforma Windows Phone. Portanto, se você pretende desenvolver alguma coisa para Windows 7, 8, 10, etc. vale a pena aprender C#!

                Essa é a linguagem principal para a plataforma da Apple, como iOS e OS X. Possui uma programação flexiva orientada a objeto que usa transmissão de mensagens no estilo Smaltalk e C. Com essa linguagem, é possível desenvolver aplicativos para iPhone, o que tem gerado uma grande demanda por profissionais especializados.

                  Linguagem dinâmica utilizada em sites e aplicativos para sistemas móveis. Foi projetada para ser simples e fácil de programar, portanto é considerada bastante amigável para iniciantes. Desenvolvida no Japão em 1995, sua popularidade aumentou bastante por meio do framework Ruby on Rails, elevando-a para a 11ª posição na lista de linguagens de programação mais populares do mundo, segundo o Índice Tiobe.

                    Outra linguagem excelente para quem está aprendendo a programar. Utilizada para desenvolver sites e aplicativos para celulares e tablets, é uma linguagem rápida e versátil que promove a integração de sistemas de forma eficaz. Google, Youtube, Pinterest e Netflix são apenas algumas das empresas que utilizam Phyton para desenvolver tarefas críticas do seu dia a dia – nada mal, não é?

                    Sabemos que a variedade de linguagens pode gerar confusão. Mas, antes de sair desesperado atrás de mais informações, saiba que aprender uma linguagem não é a coisa mais importante para quem está começando. Antes de qualquer coisa, você precisa compreender a lógica por trás da programação, só assim você estará apto a dominar qualquer das opções acima sem grandes dificuldades. Quer uma mãozinha? Conheça os cursos da área de Informação e Comunicação do Senac e adquira o conhecimento necessário para se tornar um programador profissional. No nosso portal você pode fazer uma busca específica por essa área, indicando a cidade em que deseja estudar. :-)

                      Leia também: