5 dicas para se tornar um leitor melhor

dicas_ler_melhor_blog

Lembre-se da sua primeira aula de história do ensino médio. Naquela época, o seu professor provavelmente desenhou uma linha no quadro, separando-a com cinco risquinhos. Esse desenho era a Linha do Tempo da humanidade e o primeiro risquinho era a invenção da escrita – fenômeno que marcou o fim da pré-história.

Você pode estar se perguntando: por que esse acontecimento era tão importante? Aquele mesmo professor que desenhou a linha deve ter sinalizado que, graças à escrita, os nossos antepassados puderam transmitir conhecimentos e informações uns aos outros, sem interferência do temido “telefone sem fio”.

Hoje, centenas de milhares de anos depois, escrever virou profissão e ler se tornou hobbie. O mercado literário brasileiro, por exemplo, é avaliado em R$5,4 bilhões pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) e atende as necessidades de mais de 88 milhões de amantes da leitura – um número que representa metade da população brasileira.

Ler, nesse sentido, é mais que um momento de busca de informações ou de lazer. Para muitos a leitura é a única forma de conhecer outras regiões e culturas, sejam elas reais (como o famoso O Código Da Vinci) ou não (como a trilogia do Senhor dos Anéis). Algumas vezes, essas histórias se passam em um futuro distante (Admirável Mundo Novo). Outras, em um ou mais planetas estranhos (O Guia do Mochileiro das Galáxias). Mas, qualquer que seja o destino, o que importa é que ler pode ser uma ação muito mais íntima do que assistir um filme, pois os livros trabalham com a nossa imaginação e, diferentemente do que acontece na telinha, a nossa imaginação não tem limites.

Aliás, Se você tem entre 20 e 30 anos, temos uma lista de livros incríveis que você precisa conhecer.

Falando em termos mais práticos, o hábito da leitura fortalece as habilidades gramaticais do indivíduo, trazendo mais riqueza para o seu vocabulário. Dessa forma, o bom leitor tem mais capacidade de manter uma boa conversa, fazer negociações bem sucedidas e crescer profissionalmente. Por isso, se você gosta de ler mas sente alguma dificuldade em fazer da leitura uma rotina, não se preocupe. Talvez com as nossas dicas você consiga melhorar a sua habilidade com os livros. Confira:

1. Pratique, pratique e pratique

    Estamos falando de leitura e, por isso, o primeiro passo não poderia ser outro senão começar a ler, certo? Portanto, tenha sempre um livro a seu alcance. Já imaginou aproveitar os momentos de espera diários para aprimorar sua leitura? Seja no ônibus, na fila do banco, nos intervalos do trabalho ou dos estudos, você pode sempre ter um livro consigo, tornando esse tempo muito mais divertido e proveitoso. Pode até parecer pouco, mas garantimos que, quando você menos esperar, estará lendo três a quatro livros por mês.

    2. Cuidado para não enjoar

      Você já deve ter ouvido falar que tudo de mais faz mal, certo? Na leitura essa máxima também pode ser verdade. Se você gosta, por exemplo, de romances, não é recomendável entrar de cabeça apenas nesse gênero ou você corre o risco de cansar a mente. Ler somente um tipo de história enjoa qualquer um, por isso é importante abrir os horizontes. Quanto mais você se envolver com assuntos diferentes, mais terá facilidade para ler no futuro.

      3. Interaja

        Ler pode ser muito mais do que folhear um livro do início ao fim. Um bom leitor se envolve com a história, aproveitando-a ao máximo. Faça anotações, procure palavras no dicionário, busque conhecer o contexto histórico em que a narrativa se passa, grife as partes mais interessantes e anote as suas dúvidas. Se tiver a chance, debata-o com amigos e familiares. Cada pessoa tem uma visão própria de uma história, por isso compartilhar ideias pode agregar ainda mais conhecimento para a sua vida.

        4. Leia com os olhos, não com os lábios

          Algumas pessoas têm o hábito de ler em voz alta. Outras, de movimentar os lábios enquanto passam os olhos pelas linhas de um livro. Se você se identifica com esses costumes ou conhece alguém que o faz, cuidado. Ler somente com os olhos pode até parecer um desafio, mas ao fazê-lo você acaba exercitando mais a sua mente e a sua concentração. Além disso, recitar as palavras pode atrapalhar as pessoas ao seu redor, limitando e muito os lugares em que você pode fazer a sua leitura diária.

          5. Comprometa-se

            É bem provável que você já tenha escutado alguém dizer: “O livro ‘X’? Quase desisti. Ele só fica bom depois da metade”. Isso ocorre, especialmente, se o livro for um clássico da literatura. Por ter a linguagem mais rebuscada, muitas pessoas perdem a chance de conhecer histórias maravilhosas que servem de referência para inúmeros filmes, séries e outros livros famosos de hoje. Então, que tal lançar um desafio pra si mesmo? Evite abandonar um livro antes de um número razoável de páginas. Quer uma sugestão? Que tal começar com 50? Assim você consegue dar tempo para que a história se desenrole o suficiente para prender a sua atenção – ou não.

            Ler pode ser muito prazeroso, mas você precisa estar aberto para isso. Faça um teste, siga as nossas dicas por um ou dois meses e confira o resultado. Acredite: você irá ficar tão apaixonado pelo mundo literário quanto a gente!

              Leia também: