5 dicas para criar uma identidade visual que é a cara do seu negócio

2906-blog-topo

Se você está pensando em abrir a sua própria empresa, provavelmente já sabe quais seriam os produtos ou serviços oferecidos, certo? Este costuma ser o primeiro passo dos empreendedores iniciantes. No entanto, já parou para pensar em um nome e em uma identidade visual que seja ideal para o  seu negócio?

Essa tarefa não costuma ser fácil. Afinal, o logotipo da sua empresa é a primeira e uma das mais importantes impressões que o seu potencial cliente vai ter do seu produto. E por isso, você deve garantir que ele transmita a mensagem que você quer passar. Sua marca é mais descolada? Mais séria? A identidade visual deve seguir o mesmo caminho.

Pensando nisso, nós separamos algumas dicas para você ficar atento na hora de criar uma identidade visual para o seu negócio. Confira:

Entenda a sua marca

Antes de começar a pensar na identidade visual, você deve entender exatamente a sua marca. Como ela se posicionará no mercado, quais causas apoia, que ideias defende. Sem ter todos esses pontos muito claros, nada fará sentido.

Por isso, defina objetivamente qual a missão, os objetivos e os valores da sua empresa. Só então, será possível sintetizar tudo isso em um só elemento: o logo.

Conheça a concorrência

Entender a sua marca é essencial, mas saber o que seus concorrentes estão fazendo também é muito importante. Antes de definir a identidade no seu produto, veja o que empresas semelhantes – seja na posição de mercado ou no produto oferecido – estão fazendo. Essa atividade serve tanto para você descartar ideias muito parecidas quanto para se inspirar com as boas ideias!

Fique atento à tipografia

Agora levando em conta questões mais técnicas, tipografia é muito importante para um bom resultado. E, às vezes, pode ser um trabalho muito difícil encontrar a fonte ideal para o seu logo, afinal de contas, é uma escolha que vai acompanhar a sua marca por muito tempo. Quem não identifica facilmente fontes clássicas como as da Coca-Cola ou da Nike?

Cada uma delas tem suas características, como, por exemplo, as sem serifa são mais leves e, por isso, costumam ser usadas em logos minimalistas. Apesar desses padrões, não há regras: o importante é conseguir passar a mensagem desejada pela sua marca.

Seja simples e objetivo

Simples não significa algo feito rápido ou de qualquer jeito. O simples, muitas vezes, pode ser mais elegante e eficaz do que logos muito rebuscadas e cheias de informação. Entenda que a identidade visual do seu negócio precisa passar uma mensagem de maneira rápida. Ou seja, se você não for objetivo, corre o risco de não ser compreendido pelo seu público.

Psicologia das cores

Na hora de montar uma identidade visual cores e formas são de extrema importância. Alguns exemplos clássicos defendem que cores quentes – como o vermelho e o amarelo – são ótimas para passar uma mensagem mais dinâmica, forte e rápida. Já as cores frias – como o azul e o verde – têm um viés que remete à paz, ao frescor e à seriedade.

Ufa! Deu para ver que criar uma identidade visual que seja a cara do seu negócio não é fácil, né? A tarefa fica bem mais simples se você puder contar com profissionais capacitados na área, com expertise suficiente para indicar as melhores estratégias!

No Senac SC, nós possuímos diversos cursos na área. Acesse o site para mais informações e garanta já a sua vaga.

 

Leia também: