4 Startups brasileiras que transformam tecnologia em acessibilidade

2005

Você conhece alguém que já teve dificuldades em se comunicar por falta de acessibilidade? E como a tecnologia pode trabalhar em favor dessas pessoas? Infelizmente, nem todos os recursos da rotina são adaptados para pessoas que convivem com essas restrições. Por isso, a criação de ferramentas que contemplam esse propósito são extremamente importantes. No Brasil, são diversas as Startups que viram na tecnologia a possibilidade de acessibilizar o cotidiano. Da locomoção até a comunicação, conheça as invenções oferecidas por essas empresas!

Conheça algumas destas Startups

Hand TalkCom o objetivo de espalhar o conhecimento sobre libras e facilitar a comunicação de pessoas com deficiência auditiva, a startup Hand Talk utiliza a tecnologia como uma aliada. Imagine um aplicativo que traduza qualquer frase dita em português para a linguagem de sinais, esta é a base da ferramenta criada por eles!  A tradução é feita por um personagem virtual que consegue simular todos os gestos da boca e acompanhar uma conversa em tempo real. Interessante, não é mesmo? Além da própria empresa, Hand Talk é também o nome do aplicativo, que pode ser encontrado tanto em Android quanto iOS.

Livre – Quando a questão é mobilidade, a startup Livre é outro bom exemplo de criatividade e inovação. Na intenção de proporcionar mais autonomia aos deficientes físicos, a empresa criou um encaixe motorizado que transforma qualquer cadeira de rodas tradicional em um triciclo. Leve, prático e seguro, o Kit Livre permite passeios de até 20km/h com motores de 350w a 1500w de potência. Contando com freios a disco, espelhos retrovisores e farol, ele facilita a mobilidade com segurança!

LivoxAssim como a Hand Talk, a Livox é outra importante startup que trabalha para aprimorar a comunicação com acessibilidade. Diferente da conversação em libras, o aplicativo criado pela empresa disponibiliza um teclado inteligente que transcreve tudo o que a pessoa pretende comunicar. Para entender melhor, imagine alguém que passou por um acidente vascular cerebral e tenha sua fala comprometida, o Livox pode facilitar a rotina dessa pessoa oferecendo desenhos e botões virtuais que esclareçam o que ela queira dizer.

Prodeaf – Com o mesmo objetivo de facilitar a comunicação em libras, a Prodeaf é mais uma opção que se preocupa em acessibilizar a rotina de deficientes auditivos. Nesse caso, a startup desenvolveu um software que traduz conteúdos online tanto no computador quanto em aparelhos móveis para a linguagem de sinais.

A tecnologia é a melhor alternativa para permitir a inovação, por meio do conhecimento e pesquisas é possível desenvolver grandes ideias. Caso você tenha interesse em se tornar um profissional da área e seguir com projetos similares, o Senac SC pode te ajudar a conquistar uma formação. Confira mais nesse link: http://portal.sc.senac.br

 

Leia também: